Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 03 de Junho de 2016 - 21:05

Com golaço de Danilo Pires e estreia positiva de Régis, Bahia bate o Paysandu

por Ulisses Gama

Com golaço de Danilo Pires e estreia positiva de Régis, Bahia bate o Paysandu
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias
Apesar de não mostrar o melhor do seu futebol, o Bahia conseguiu o objetivo de conquistar os três pontos ao vencer o Paysandu por 3 a 0, na noite desta sexta-feira (3), na Arena Fonte Nova, pela sexta rodada da Série B. Os gols da partida foram marcados por Danilo Pires, Hernane, e Régis, que fez a sua estreia com a camisa tricolor.
 
Com o resultado, o Esquadrão subiu para o terceiro lugar, com onze pontos conquistados. A equipe comandada por Doriva volta a atuar na próxima terça-feira (7), contra o Goiás, no estádi o Serra Dourada, pela sétima rodada da competição nacional.
 
O JOGO


Pressionado após um empate sem gols na última terça-feira (31), o Bahia entrava em campo com a necessidade do triunfo. O Paysandu, próximo da zona de rebaixamento da Série B, tentava somar pontos fora dos seus domínios.
 
Aos quatro minutos, a primeira tentativa tricolor: Renato Cajá cobrou falta com força, a bola desviou na defesa do time paraense e ficou nas mãos do goleiro Emerson.
 
Paysandu assusta
 
O Paysandu não demorou a responder. Depois de falha de Lucas Fonseca no campo defensivo aos oito minutos, Rafael Costa recebeu passe na grande área, cruzou, Fabinho Alves bateu fraco para o gol e Jackson rebateu. Na sobra, Alexandro mandou para fora. 
 
As duas equipes tentavam manter a posse de bola. O Paysandu, pressionado pelo tricolor no campo defensivo, evitava dar chutes e buscava o passe. O Bahia voltou a atacar aos 16, quando Juninho arriscou de fora da área e viu a bola ir para a linha de fundo. Quatro minutos foi a vez de Renato Cajá, que tentou da mesma forma e a bola teve o mesmo destino.
 
Bahia perde boa chance
 
Aos 24 minutos, após troca de passes, Renato Cajá deu grande lançamento para Hernane, que estava livre de marcação e só raspou com a cabeça. Emerson defendeu facilmente.
 
Na sequência, o Paysandu chegou na base da bola área. Após cruzamento em cobrança de falta, Domingues cabeceou para fora. Com 28, Juninho tentou novamente da fora da área e a bola passou longe da meta. Um minuto depois, Alexandro recebeu passe em profundidade, chutou rasteiro e Marcelo Lomba fez a defesa.
 
Danilo Pires marca golaço e abre o placar
 
Depois de muitas tentativas desde o jogo contra o Náutico, o torcedor do Bahia tirou o grito de gol da garganta. Aos 35, Hayner cruzou na área, Lucas cabeceou para trás e a bola sobrou para Danilo Pires, que emendou um voleio e venceu o goleiro Emerson.  
 
Aos 41 minutos, o Hernane Brocador recebeu passe de Hayner fora da área, e chutou sem força para a linha de fundo. Três minutos depois, o que faltou na finalização do camisa 9 sobrou na finalização de Danilo Pires, que arriscou de fora da área e quase marcou para o Esquadrão.
 
No último minuto da primeira etapa, Rafael Costa, do Paysandu, recebeu passe na meia-lua da grande área e finalizou para fora.


Segunda etapa
 
No segundo tempo, Doriva promoveu a entrada de Luisinho no lugar de Edigar Junio. Logo no primeiro minuto, o camisa 17 fez boa jogada, tabelou com Renato Cajá e marcou o gol, que foi anulado em virtude de posição irregular.
 
Nos minutos seguintes, o jogo seguiu truncado, sem maiores chances para as duas equipes e com muitos erros do setor ofensivo tricolor.
 
Paysandu pressiona
 
A partida voltou a ter maiores emoções para o torcedor aos 13 minutos, quando Alexandro recebeu cruzamento livre na grande área e errou na hora de concluir com a cabeça. Logo depois, Rafael Costa cobrou falta lateral com força para rebatida do goleiro Marcelo Lomba.
 
Régis entra, sofre pênalti, e Emerson é expulso
 
Aos 17 minutos, o meia Régis entrou em campo pela primeira vez com a camisa do Bahia no lugar de Renato Cajá e não demorou a ser importante para o Esquadrão. Ele recebeu passe nas costas da defesa, driblou Emerson, foi derrubado e o juiz não hesitou ao marcar o pênalti.
 
Hernane amplia para o Bahia
 
Na cobrança, Hernane avançou com calma para a bola, bateu com o pé direito e venceu o goleiro Marcão aos 22 minutos. O segundo gol tricolor alegrou a torcida presente na Arena Fonte Nova, que cantou alto para o time
 
Bahia pressiona o Paysandu
 
Aos 32 minutos, Danilo Pires recebeu passe de Feijão na direita do campo, cruzou e o goleiro Marcão afastou a bola com um tapa. Na sequência, Juninho chutou colocado e o goleiro do bicolor paraense fez uma grande defesa.
 
Régis perde gol incrível
 
Após jogada de contra-ataque do Bahia, Thiago Ribeiro avançou na área, limpou o lance e achou Régis na frente do gol. O meia, muito próximo ao gol, chutou pra fora.

Régis marca de pênalti

Aos 40, Luisinho foi derrubado pelo goleiro Marcão e o juiz apitou outra penalidade. O estreante Régis foi para a cobrança e marcou o terceiro gol tricolor.
 
FICHA TÉCNICA
Série B - 6ª rodada
Bahia x Paysandu
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 03/06/2016
Horário: 19h15
Árbitro: Francisco de Paula dos Santos Silva Neto (RS)
Auxiliares: Mauricio Coelho Silva Penna e Leirson Peng Martins (RS)

Cartões amarelos: Feijão (Bahia) / Edson Ratinho, Celsinho, Emerson (Paysandu)
Cartões vermelhos: Emerson (Paysandu)
Gols: Danilo Pires, Hernane, Régis (Bahia)
 
Bahia: Marcelo Lomba; Hayner, Lucas Fonseca, Jackson e João Paulo; Feijão, Juninho, Danilo Pires e Renato Cajá (Régis); Edigar Junio (Luisinho) e Hernane Brocador (Thiago Ribeiro). Técnico: Doriva.
 
Paysandu: Emerson; Edson Ratinho, Domingues, Pablo e Lucas; Ricardo Capanema, Rafael Costa (Marcão), Jhonnatan e Celsinho; Fabinho Alves (Wanderson) e Alexandro (Raphael Luz). Técnico: Dado Cavalcanti


Histórico de Conteúdo