Sexta, 28 de Fevereiro de 2020 - 15:00

GastrôBahia: Famiglia Valduga promove Vin Première em Salvador

por Cris Montenegro

GastrôBahia: Famiglia Valduga promove Vin Première em Salvador
Eduardo Valduga

Uma verdadeira imersão no universo do vinho! Esta será a experiência oferecida pelo Vin Première Famiglia Valduga, evento que acontecerá no dia 26 de março, a partir das 18h, no Yacht Clube da Bahia, em Salvador. Na ocasião, o público poderá participar do circuito de degustação dos produtos do Grupo Famiglia Valduga, uma ótima oportunidade para conhecer a qualidade do diversificado portfólio da empresa sediada na Serra Gaúcha.

Os visitantes poderão apreciar vinhos e espumantes da Casa Valduga e Ponto Nero (muitos deles premiados mundialmente), e as cervejas especiais da Cervejaria Leopoldina, tudo isso harmonizado com os deliciosos itens gourmet da Casa Madeira. Além dos rótulos brasileiros, os enófilos poderão ainda degustar vinhos de diversas partes do mundo, representados no Brasil com exclusividade pela Domno Importadora, outra marca do grupo. Produtores internacionais estarão presentes no evento, assim como o CEO do grupo Eduardo Valduga, que representará a família.

Todos os rótulos apresentados durante o evento estarão à venda com descontos especiais. Os ingressos, que dão direito à degustação dos produtos das vinícolas participantes, uma taça, buffet de frios, queijos, pães e antepastos, além de serviço de estacionamento com manobrista, estão à venda exclusivamente pelo site: https://uhuu.com/evento/ba/salvador/vin-premiere-salvador-8967#/.

MASTERCLASS – Nesta segunda edição do evento na capital baiana, o público ainda poderá participar de uma degustação Master Class, que será exclusiva para apenas 30 pessoas. Além dos vinhos degustados no salão principal, serão apresentados, a partir das 20h, num espaço reservado, ícones do grupo, entre eles os mais premiados na última edição do Descorchados, publicação anual do enólogo chileno Patricio Tapia. Entre os vinhos exclusivos estão Ponto Nero Icon, Casas del Bosque Pequeñas Producciones Syrah, Era (sem adição de conservantes – SO2 Free), Sur Lie Rosé e Storia.

Sexta, 28 de Fevereiro de 2020 - 14:50

Concha recebe show de despedida do Skank na próxima semana

Concha recebe show de despedida do Skank na próxima semana
Foto: Divulgação

O Skank desembarca em Salvador no dia 7 de março com sua turnê de despedida, intitulada “30 Anos”. A apresentação acontece a partir das 19h, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador.


O show, que celebra as três décadas de estrada do grupo mineiro, reunirá canções que marcaram vários momentos na trajetória da banda e dos fãs, a exemplo de "Vamos Fugir", "Garota Nacional", "Vou Deixar", "Resposta", "Acima do Sol". O público poderá conferir ainda algumas músicas inéditas.

 

SERVIÇO
O QUÊ:
Skank – “30 Anos” – Turnê de despedida
QUANDO: Sábado, 7 de março, às 19h
ONDE: Concha Acústica do Teatro Castro Alves – Salvador (BA)
VALOR: Plateia – R$ 140 (inteira) e R$ 70 (meia) | Camarote – R$ 280 (inteira) e R$ 140 (meia)

Sexta, 28 de Fevereiro de 2020 - 14:00

Giro: Coffeetown recebe edições do DiscotecOLA e ganha duas playlists exclusivas

por Adriana Barreto e Cris Montenegro

Giro: Coffeetown recebe edições do DiscotecOLA e ganha duas playlists exclusivas
Foto: Divulgação

A Coffeetown Salvador, em parceria com a OLA Curadoria Musical (@ola.play), promoverá nessa sexta-feira, 28, e nos dias 13 e 27 de março, sempre das 18h às 20h, o discotecOLA. Em clima de happy hour, os clientes da cafeteria bistrô no Corredor da Vitória curtirão uma curadoria de vinis selecionados exclusivamente para a ocasião, além de poderem levar os próprios LPs para ouvirem no local.

O discotecOLA também marca a parceria da Coffeetown Salvador com a OLA Branding, que será responsável pelo desenvolvimento de duas playlists inspiradas pelo ambiente da casa e pelas inúmeras possibilidades que ela oferece. As playlists poderão ser acessadas através de QR Codes disponibilizados nos uniformes dos colaboradores, numa parceria com a Vista Representa, facilitando o acesso dos fãs da Coffeetown Salvador e seu lifestyle. (Por Cris Montenegro)

Gregorio Duvivier apresenta 'Sísifo' em março no Teatro Castro Alves
Foto: Divulgação / Lina Sumizono

Depois de passar por Rio de Janeiro, Belo Horizonte e seis cidades em Portugal, Gegorio Duvivier traz a Salvador o espetáculo “Sísifo”. A montagem tem duas apresentações nos dias 14 e 15 de março, na sala principal do Teatro Castro Alves.


Inspirado no mito grego do homem que carrega diariamente sua pedra morro acima para vê-la rolar ladeira abaixo e começar tudo de novo, o texto conecta a mitologia ao caótico mundo hiperconectado e ao Brasil dos memes. Este panorama é apresentado ao público por meio de 60 cenas curtas assinadas por Gregorio Duvivier e Vinícius Calderoni.

 

SERVIÇO
O QUÊ:
Gregorio Duvivier – “Sísifo”
QUANDO: 14 e 15 de março. Sábado, às 21h e domingo, às 20h
ONDE: Sala principal do Teatro Castro Alves – Salvador (BA)
VALOR: A a P - R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia)| Q a Z - R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia) | Z1 a Z7 - R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia) | Z8 a Z11 - R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)

Sexta, 28 de Fevereiro de 2020 - 12:50

Com saudades do Brasil, Gisele Bündchen diz que filhos falam português

por Folhapress

Com saudades do Brasil, Gisele Bündchen diz que filhos falam português
Foto: Reprodução / Facebook

Em conversa com os seus seguidores na tarde desta quinta-feira (27), Gisele Bündchen, 39, contou que o que mais sente falta do Brasil é a sua família e a energia do país. "E pão de queijo, chimarrão, mas eu faço pão de queijo e chimarrão aqui também", afirmou. 

Por meio do Instagram, a modelo brasileira, que mora nos Estados Unidos e é casada há 11 anos com o jogador de futebol americano Tom Brady, respondeu a algumas perguntas de fãs em inglês, português e espanhol -ela também arriscou algumas palavras em francês e alemão. 

Questionada sobre qual seria o segredo para manter a chama do casamento acesa depois de tantos anos, Bûndchen disse que ela procura manter o diálogo aberto, claro e amoroso com Brady.

"Às vezes guardamos ressentimento, e isso não nos faz bem. É importante aceitar o que somos, todos cometemos erros. Precisamos ter paciência e compaixão conosco e com os outros. E ajuda ter admiração pela pessoa com quem você está", disse.

No meio das perguntas, o jogador também fez a sua: "Você sabe o quanto eu te amo?". Ela deu risada e falou: "Eu tinha que responder esta pergunta, porque foi o meu marido que mandou. Eu não acredito que você está aqui me mandando perguntas", disse ela, em inglês, mas acrescentando em português: "Te amo."

Brady é conhecido por deixar declarações de amor em português para a modelo, em fotos publicadas por ela no Instagram.

A brasileira falou também sobre a criação dos filhos, Benjamin, 10, e Vivian 7. Segundo ela, os dois falam inglês, espanhol e português. "A Vivi é definitivamente a que melhor fala português. Ela não tem sotaque. O Benny tem sotaque, mas entende tudo o que falamos", contou. 

Bündchen afirmou ainda que ela e Brady procuram criar um ambiente de respeito e amor na casa, para que os filhos sintam isso. "É importante a energia ao redor das crianças. Damos muitos beijos e abraços e acho que eles veem como nos amamos e nos apoiamos. Não levantamos a voz e não brigamos, resolvemos as coisas."

Quando está com raiva, a modelo disse que medita. No passado, ela também descarrega o estresse dando porrada em um saco de pancadas. "Eu fazia kickboxing. Mas agora que eu fiz cirurgia no ombro e estou me recuperando, é meditar mesmo."

A modelo disse ainda que ama animais. Na casa da família, ela possui três cachorros resgatados, além de cavalos e galinhas.

Regina diz que nomeação de servidores da Cultura está 'acima de qualquer ideologia'
Foto: Marcos Corrêa/PR

Com nomeação para assumir a Secretaria Especial da Cultura no dia 4 de março (clique aqui), Regina Duarte rebateu um seguidor nas redes sociais, que a acusou de contratar “pessoas de esquerda” para montar sua equipe.


Segundo a coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, a futura secretária da Cultura rebateu afirmando que seu time “é composto por servidores públicos e profissionais com larga experiência na gestão pública” e que “tudo isso está muito acima de qualquer ideologia (esquerda/direita)”. Segundo a artistas, tais especulações são “colocações empobrecedoras que não contribuem em nada com os objetivos de fomentar e divulgar nossas expressões culturais”. “Fica tranquila, a cultura brasileira vai estar em boas mãos”, concluiu Regina. 

Solar Rio Vermelho faz ressaca de carnaval com Eric Assmar e Jelber Oliveira
Foto: Divulgação

Após o carnaval, o Solar Rio Vermelho retoma sua programação com jazz e blues, nesta sexta-feira (28), a partir das 20h30. O couvert artístico custa R$ 15.


Na ocasião, o jovem guitarrista, cantor e compositor baiano Eric Assmar convida Jelber Oliveira. Com dois CDs lançados, “Eric Assmar Trio” (2012) e o “Morning” (2016), representando a cena do blues na Bahia.

 

SERVIÇO
O QUÊ:
Eric Assmar convida Jelber Oliveira
QUANDO: Sexta-feira, 28 de fevereiro, às 20h30
ONDE: Solar Rio Vermelho – Salvador (BA)
VALOR: Couvert artístico de R$ 15

Sexta, 28 de Fevereiro de 2020 - 09:40

Assinatura de Chorão em contrato com empresa que o cobrou após a morte é falsa, diz perícia

por Rogério Gentile | Folhapress

Assinatura de Chorão em contrato com empresa que o cobrou após a morte é falsa, diz perícia
Foto: Divulgação

Perícia feita por determinação judicial concluiu que a assinatura de Chorão, líder do Charlie Brown Jr., foi falsificada em um contrato que previa a realização de shows da banda no sul do país.

O contrato, de 23 de outubro de 2012, foi examinado por conta de um processo no qual a empresa Promocom Eventos e Publicidade cobra da família de Chorão uma indenização por nove shows que o músico, ao morrer em março de 2013, não pôde fazer.

De acordo com empresa, Chorão, "faleceu sem atender à totalidade das obrigações assumidas". Outros três shows teriam sido feitos pelo grupo fundado em 1992, que, ao longo da carreira lançou nove discos de estúdio, dois álbuns ao vivo e duas coletâneas.

Na ação, a empresa, sediada no Paraná, exige que o fotógrafo Alexandre Ferreira Lima Abrão, filho de Chorão, pague R$ 225 mil de indenização. Cobra também uma multa de R$ 100 mil por descumprimento contratual, bem como a restituição de outros R$ 225 mil que teriam sido pagos em adiantamento, todo os valores são nominais, sem a correção da inflação (clique aqui e saiba mais). 

De acordo com o perito Nelson Aparecido Ribeiro, da polícia científica de São Paulo, no entanto, "as assinaturas [do contrato] não emanaram do punho de Alexandre Magno Abrão [o Chorão]".

A perícia foi realizada a pedido da família, que colocou em dúvida a autenticidade do documento que previa exclusividade para a empresa na realização ou vendas de shows da banda ao longo de 2013 no Paraná e nas cidades de Florianópolis, Joinville e Balneário Camboriú (SC).

No exame pericial, a assinatura atribuída a Chorão foi confrontada com a que consta no passaporte do cantor, emitido em abril de 2012. "Temos uma falsificação do tipo mais perigoso", disse o perito em seu laudo. "O falsário se apossa de um modelo autêntico e depois de cuidadoso treino o reproduz."

A Promocom Eventos e Publicidade pediu à Justiça a invalidação do laudo. "É um trabalho absolutamente genérico e abstrato, que não explica tecnicamente sua conclusão", afirma o advogado Rodrigo Ramina de Lucca, que representa a empresa. 

O músico tinha 42 anos quando foi encontrado morto em seu apartamento, em Pinheiros, na cidade de São Paulo. Segundo o IML (Instituto Médico Legal), morreu em decorrência de uma overdose - 4,714 microgramas de cocaína por mililitro de sangue foram achados no seu corpo.

Na contestação, a empresa argumenta que o músico era dependente químico e que consumia, diariamente, elevadas quantidades de álcool e entorpecentes. "Dependendo do grau de alteração no momento da assinatura, a grafia também seria alterada, podendo gerar dúvida sobre a sua autenticidade", diz a Promocom no processo.

A empresa pede que a assinatura seja comparada com a de outros dez contratos, e não apenas com a do passaporte, "quando Chorão muito provavelmente estava sóbrio e dedicou a concentração necessária".

Os seus advogados anexaram no processo uma manifestação de uma outra perita, contratada como assistente, que diz ter observado inconsistências técnicas no laudo pericial.

Na avaliação da perita Jackeline Rachel Franciosi, outros padrões de comparação, como documentos antigos e diferentes contratos, deveriam ter sido utilizados para corroborar a análise "com a variação natural das firmas".

A Promocom afirma também que o contrato foi enviado pela empresária da banda, Samantha Pereira de Jesus. Há no processo, inclusive, uma declaração dela afirmando que intermediou a negociação com Chorão e que os adiantamentos ao vocalista foram realizados, sim.

A empresa anexou comprovantes de transferências e extrato bancário de uma das contas de Chorão a fim de provar que os pagamentos ao músico foram feitos. 

A família nega que tal adiantamento tenha sido realizado. "Não existe prova de que a empresa tenha transferido o dinheiro reclamado para a conta do falecido Chorão", afirmou à Justiça.

Em entrevista publicada pela Folha em dezembro, ou seja, antes do laudo pericial, Reginaldo Ferreira Lima, advogado e avô materno de Alexandre Ferreira Lima Abrão, contestou também o pedido de indenização por quebra de contrato. "É uma loucura", declarou. "Naturalmente, Chorão não tinha como fazer os shows, ele morreu..."

Regina Duarte deve assumir Secretaria Especial da Cultura em 4 de março
Foto: Divulgação / Carolina Nunes / Presidência

Convidada pelo presidente Jair Bolsonaro desde janeiro, após a exoneração de Roberto Alvim (clique aqui), a atriz Regina Duarte deve tomar posse na Secretaria Especial da Cultura no dia 4 de março. Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, previsão foi confirmada pela assessoria de imprensa da Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência.


A nomeação de Regina depende de acertos com a TV Globo, com quem ela precisa negociar o fim do contrato (clique aqui e saiba mais).

Inscrições para IX CachoeiraDoc encerram na próxima segunda
Foto: Divulgação / Camila Mota

Encerra na próxima segunda-feira (2) as inscrições para a nona edição do CachoeiraDoc, que acontece entre 26 e 31 de maio na cidade de Cachoeira, no Recôncavo baiano. Os interessados em participar devem se inscrever pelo site oficial do evento, onde também encontram o regulamento (clique aqui).


Os títulos selecionados vão integrar a programação da Mostra Brasileira de Documentários, que contará com produções de curta, média e longa metragem. Ela será formada por programas a serem criados pela comissão de seleção e curadoria do festival, a partir das especificidades temáticas, estéticas e políticas das obras inscritas. Não haverá, portanto, competição entre os filmes.


A inscrição é gratuita para filmes nacionais, e/ou realizados em coprodução com outros países, e finalizados a partir do ano de 2018. Os títulos escolhidos para integrar a programação do IX CachoeiraDoc serão oficialmente divulgados em abril de 2020.

Afeito a Bolsonaro, ex-Bozo diz que ama católicos, macumbeiros e prostitutas
Foto: Reprodução/Aline Tonello/Tudo Sobre Xanxerê

O ex-palhaço e hoje pastor evangélico Wanderley Tribeck se pronunciou sobre a representação da escola de samba que levou para a avenida um palhaço Bozo - do qual foi o primeiro intérprete no Brasil - com a faixa presidencial. Ele gravou um vídeo que seria, segundo ele, em defesa ao presidente Jair Bolsonaro e para se "defender".

 

À coluna de Bela Megale, de O Globo, o religioso justificou que "foi um bom palhaço" e, portanto, não faria sentido a referência para criticar o chefe do Executivo.  "Como querem denegrir o presidente como uma imagem boa como a do Bozo?", questionou Wanderley.

 

"Me senti na obrigação de me defender, mas quero deixar uma coisa clara. Sou pastor evangélico, mas amo os católicos, espíritas, macumbeiros, bêbados, prostitutas, homossexual, amo todo mundo. Não tenho preconceito com ninguém. Gosto do presidente Bolsonaro justamente por isso, porque ele é pessoa boa e querem empurrar que ele é ruim", argumentou.

 

Jair Bolsonaro chegou a compartilhar o vídeo do ex-palhaço da TV e teria ainda, segundo o próprio ex-Bozo, enviado uma mensagem para o seu celular agradecendo o vídeo. "É um cara muito educado", caracterizou o pastor Wanderley, que acredita que o contato dele teria ido parar nas mãos do presidente por intermédio do seu filho, possuidor de algum vínculo com o deputado federal Eduardo Bolsonaro.

 

E de acordo com Wanderley a notoriedade veio. "As pessoas que hoje tem 40, 45 anos, que eram fãs do Bozo, entupiram a minha página, estou com quase um milhão de comentários depois desse vídeo. Eu era um tatu que estava na minha toca e não saía. Eu estou muito alegre. Não imaginava que era tão querido".

 

Apoiador do presidente desde a sua candidatura ao cargo, quando disse ter "trabalhado" pedindo votos "nas casas, nas cidades e nas igrejas onde passava", ele afirmou que ama as pessoas do PT. "Amo as pessoas de todos os lados, não quero denegrir um lado para ajudar o outro. Meu interesse é só que as pessoas sejam do bem".

 

Em suas palavras, o vídeo não seria uma tentativa de autopromoção, pois hoje sua dedicação total seria destinada a Cristo: "Hoje eu trabalho para Jesus e a fama é para Jesus, ele é meu ídolo. Bolsonaro é meu amigo".

 

Wanderley admitiu ainda que teria o "maior prazer" em conhecer Bolsonaro e que voltaria a apoiá-lo em uma nova candidatura. Ele ainda não foi convidado para ir à Brasília. 

PM de Pernambuco proibiu música de Chico Science no Carnaval, denunciam bandas
Foto: Reprodução / Metodista

Bandas que foram contratadas para tocar em palcos do Carnaval de Pernambuco foram proibidas e até ameaçadas de prisão por cantarem uma música de Chico Science. Conforme noticiou o Jornal do Commércio, os grupos cantavam “Banditismo por uma questão de classe”, em que um dos trechos diz: “Em cada morro uma história diferente, que a polícia mata gente inocente”.

 

O primeiro episódio teria ocorrido na segunda-feira (24) de Carnaval, quando a banda Janete Saiu Para Beber se apresentava na Rua do Apolo, no Bairro do Recife. Nas redes sociais o grupo escreveu: “A Polícia Militar fez uma barreira entre o público e a banda. Tivemos que parar o show com ameaça de levar nosso vocalista preso. A produção foi incrível e conseguiu reverter a situação, mas o mais absurdo foram os argumentos: Chico Science não pode tocar, não pode!”.

 

A outra banda que também relatou uma situação parecida com foi a Devotos, que se apresentava no polo Várzea - como é intitulado um dos palcos da folia - quando, de acordo com os membros, foi alertada pela PM que o show seria encerrado caso insistissem nessas canções.

 

Ao Jornal do Commércio, a Polícia Militar afirmou através de nota que “não há qualquer tipo de proibição à exibição de nenhuma música durante o Carnaval ou em qualquer época do ano. O efetivo somente orienta a suspensão de blocos que tenham estourado o tempo previsto para o desfile, por causa do planejamento operacional, que provoca o recolhimento da tropa após a dispersão dos foliões. Deixar que a festa prossiga sem a presença de policiais colocaria em risco a segurança de todos. Os organizadores das agremiações que acreditem ter havido algum abuso deve procurar o Batalhão responsável ou mesmo a Corregedoria Geral, para formalizar uma queixa e possibilitar uma detalhada apuração de todos os fatos”.

 

Veja o relato da Janete Saiu Para Beber:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Sim amigos. Estamos vivendo sobre total Repressão Política. Na segunda de carnaval dia 24 tocamos o tributo ao Chico Science e Sheik Tosado na rua do Apólo - Recife Antigo. Durante o show enquanto tocávamos Banditismo por uma questão de classe, a Polícia Militar fez uma barreira entre o público e a banda. Tivemos que parar o show com ameaça de levar nosso vocalista preso! A produção foi incrível e conseguiu reverter a situação, mas o mais absurdo foram os argumentos: Chico Science não pode tocar, não pode! Assim como outras bandas de amigos também aconteceram a mesma coisa nos polos do recife. Também aconteceu com o @chinaina na no Polo da Lagoa do Araçá e com a @devotosoficial no Polo Várzea. Se isso não é ditadura, é oque então??? Resistencia! ????? . . . #resistencia #fuckthepolice #forafascistas #chicoscience #apoliciamatagenteinocente

Uma publicação compartilhada por Janete Saiu Para Beber (@janetesaiuparabeber) em

Estrelado por Heloísa Périssé e Maria Clara Gueiros, 'Loloucas' chega a Salvador
Foto: Divulgação

De volta aos palcos após temporadas em São Paulo e no Rio de Janeiro, o espetáculo Loloucas estará em cartaz nos dias 13, 14 e 15 de março, no Teatro Jorge Amado. Na sexta e sábado o espetáculo começa às 21h, domingo às 19h.

 

Em cena, duas idosas falam, com humor, sobre a passagem do tempo e os laços que as unem. A peça traz reflexões da atriz Heloísa Périssé sobre a entrada na casa dos 50 anos. O espetáculo aborda também a amizade de longa data com Maria Clara Gueiros, sua companheira de cena, e Otávio Muller, diretor da montagem.

 

“Quando cheguei aos 50 anos, pensei: não vou ter mais 50 pela frente. Então, quero canalizar essa energia de uma forma sábia”, resume Heloísa, sobre seu momento de vida. “Pensei inicialmente em fazer um monólogo, mas ao dar vida à interlocutora da minha personagem pude trazer para este projeto uma amiga muito querida, com quem trabalho há uns 30 anos”, explica Heloísa sobre a parceira de cena, Maria Clara Gueiros.

 

No espetáculo, as senhoras, assíduas frequentadoras de teatro, chegam atrasadas a uma peça e, ao tentarem ir embora, se dão conta que estão no palco, onde, a partir daquele ponto de vista inédito, acabam se abrindo sobre suas histórias de vida e virando protagonistas de seu próprio espetáculo.

 

SERVIÇO
O QUÊ: Espetáculo Loloucas
QUANDO: 13, 14 e 15 de março
ONDE: Teatro Jorge Amado
VALOR: R$ 45 (meia) e R$ 90 (inteira)

Quinta, 27 de Fevereiro de 2020 - 19:00

Giro: Camarote Expresso 2222 vira ponto de encontro de artistas no último dia do Carnaval de Salvador

por Adriana Barreto e Cris Montenegro

Giro: Camarote Expresso 2222 vira ponto de encontro de artistas no último dia do Carnaval de Salvador
Gilberto Gil | Foto: Ulisse Dumas

Todos os caminhos levaram ao Camarote Expresso 2222 no último dia de carnaval, terça-feira [25]. Depois de aproveitar a folia seguindo blocos e trios elétricos pelos circuitos de Salvador, dezenas de artistas e outras celebridades aportaram no espaço da família Gil, o único só para convidados, para continuarem a festa até o nascer do dia. O cantor Zeca Veloso, filho de Caetano Veloso, foi um dos que se juntou aos filhos e netos de Gilberto Gil, como os irmãos Bela Gil e José Gil, que se apresentou com a banda Gilsons.

Também os atores Emanuelle Araújo, Danton Mello, Luís Miranda, Alice Wegmann, Danilo Mesquita, Marcelo Flores, Fabrício Boliveira, Pedro Tourinho e Neusa Norges, o presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani, o criador do bloco Cortejo Afro, Alberto Pitta, os jornalistas Felipe Suhre e Tia Má, e o digital influencer Spartakus. (Por Cris Montenegro)

Brad Pitt, Adam Sandler e outras celebridades pedem que americanos votem nas eleições
Foto: Reprodução / YouTube

Ao contrário do que acontece no Brasil, o voto não é obrigatório nos Estados Unidos. Com medo de uma possível reeleição de Donald Trump, celebridades se uniram para que pedir que os americanos saiam de casa e votem.

Brad Pitt, Adam Sandler, Charlize Theron, Laura Dern, Willem Dafoe e muitas outras celebridades pedem, em vídeo, que os americanos se registrem para as próximas eleições. "Vote e seja ouvido", dizem alguns dos artistas.

As eleições acontecem em novembro, mas os eleitores já começam agora a definir os pré-candidatos. Na semana que vem acontece a Super Terça, quando 14 estados fazem suas primárias ao mesmo tempo. É nessa hora que os eleitores escolhem os delegados que se comprometem a votar em seu candidato. 

O vídeo de pouco mais de 1 minuto foi publicado no canal do YouTube da publicação W Magazine. A descrição do vídeo dá acesso direto à página em que é possível o americano registrar a sua intenção de votar. 

Endereçada a Netflix, petição pede realização de filme sobre Carolina Maria de Jesus
Foto: Reprodução

Uma petição endereçada ao serviço de streaming Netflix pede a realização de um filme sobre a vida e a obra da escritora Carolina Maria de Jesus. Autora de obras como "Quarto de Despejo" e "O Diário de Bitita", ela é conhecida como uma das primeiras autoras negras publicadas no Brasil.

 

O texto da petição defende a execução da produção cinematográfica pela importância da obra da escritora como "instrumento de denúncia social produzido por alguém que efetivamente vivia nessas condições de vida devastadoras". "Suas mais de cinco mil páginas manuscritas, entre romances, contos, crônicas, poemas, peças de teatro, canções e textos de gênero híbrido, dotadas de estilo próprio, confrontam os ditames da tradição literária e da norma padrão culta da língua", completa a justificativa.

 

Maria Carolina de Jesus teve sua vida atravessada pela fome e a miséria. Seus livros foram publicados em mais de 40 países e traduzidos para 14 línguas. Se fosse viva, completaria 106 anos no próximo mês de março.

Quinta, 27 de Fevereiro de 2020 - 16:50

Vendedor ambulante se emociona com passagem de Mano Brown pelo Barra-Ondina

por Bruno Leite

Vendedor ambulante se emociona com passagem de Mano Brown pelo Barra-Ondina
Foto: Reprodução / Instagram

Um registro da admiração de um fã pelo seu ídolo durante o Carnaval de Salvador repercutiu nas redes sociais. A cena, gravada durante a passagem do rapper Mano Brown, do Racionais MC's, pelo circuito Barra-Ondina no sábado (22), mostra um vendedor ambulante emocionado com a participação do artista no trio Afropunk.

 

No vídeo, o rapaz fica surpreso com o anúncio do artista, põe a mão na cabeça e chega a pegar uma das latas de cerveja que estava comercializando dentro do isopor e bebe em sinal de comemoração.

 

O Racionais MC's é um dos grupos de Rap mais influentes do país e aborda em suas músicas questões ligadas ao racismo e à pobreza nas periferias brasileiras. Formado por Mano Brown, Ice Blue, Edi Rock e KL Jay, entre seus álbuns de maior amplitude estão "Raio X Brasil", "Nada como um Dia Após o Outro Dia" e "Sobrevivendo no Inferno" - este último integrou a lista de leituras obrigatórias do vestibular 2020 da Unicamp.

 

Filho da baiana Ana Soares (in memorian), Mano Brown publicou o registro em sua conta no Instagram. Na legenda, ele escreveu: "estar na Bahia é como estar no colo da minha mãe! Me sinto protegido por uma família gigante. Realmente não sei como retribuir à altura".

 

Confira a postagem:

'Um Encontro Inesperado': Publicitária baiana lança livro sobre luta contra câncer
Foto: Divulgação

Criadora do blog Coisas de Liz, a publicitária baiana Liz Passos lança seu primeiro livro, “Um Encontro Inesperado”, no dia 5 de março, a partir das 19h, no restaurante do Senac, situado na Casa do Comércio, em Salvador.


Depois de escrever sobre relacionamentos, encontros e desencontros em textos na internet, na obra publicada pela Solisluna Editora, Liz relata o processo de descoberta e cura de um Linfoma Não-Hodgkin. “O livro mostra como situações difíceis podem ser encaradas com bom humor, fé, coragem e medo também, porque não?”, diz a autora. “Esta é uma pequena história que conta como, curiosamente, o câncer me curou e me ensinou o que, até então, eu não havia entendido”, acrescenta. 


SERVIÇO
O QUÊ:
Lançamento do livro “Um encontro Inesperado”, da publicitária Liz Passos
QUANDO: Quinta-feira, 5 de março, às 19h
ONDE: Restaurante Senac, 11° andar da Casa do Comércio – Salvador (BA)
VALOR: Entrada gratuita

Atriz revela que elenco de 'Friends' se viu só ‘duas vezes’ após fim da série
Foto: Divulgação

Intérprete de Mônica em “Friends”, a atriz Courteney Cox revelou que o elenco se afastou após o término da série, em 2004. 


"Não sei quantos anos foram, talvez 15. E finalmente nos reunimos e jantamos. E, quando nos reunimos, o que simplesmente nunca acontece, só duas vezes desde que terminamos o show, foi muito divertido. Nós rimos tanto”, disse ela, à revista Vulture, lembrando do encontro em sua casa, no mês de outubro de 2019. 

Para 'seguir linha' de Alvim, presidente da Fundação Palmares demite funcionários negros
Foto: Divulgação

Com a nomeação retomada após suspensão da Justiça (clique aqui e saiba mais), o presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, demitiu funcionários “negros com reconhecida trajetória em políticas públicas em prol da cultura afro-brasileira”. A informação foi levantada por fontes do jornal Estado de Minas.


De acordo com a publicação, Camargo dispensou os servidores por telefone, sob a justificativa de que pretende “montar uma nova equipe de extrema direita”. Ainda segundo as fontes, ele disse aos diretores ainda que vai “seguir a linha do secretário Alvim”, em referência ao ex-secretário especial da Cultura, exonerado após fazer um pronunciamento com discurso e estética nazista (clique aqui).


“Ele corre para fazer tudo que pode contra negros antes de ela entrar”, disse um funcionário, referindo-se à atriz Regina Duarte, que aceitou o convite do presidente Jair Bolsonaro para assumir a Cultura, pasta à qual a fundação está subordinada. 


Os servidores destacam ainda que os servidores dispensados foram contratados na atual gestão, por indicação de políticos ligados a Bolsonaro. Segundo a fonte do jornal, a maioria “necessariamente de esquerda ou de direita, são técnicos, apenas”.


Dentre os demitidos estão Sionei Leão, da Diretoria de proteção Afro-brasileira (DPA); Clóvis André da Silva, da Diretoria de Fomento e Promoção da Cultura Afro-brasileira (DEP) e Kátia Martins, Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Negra (Cenirp).


Clóvis Silva revelou que o telefonema de Sérgio Camargo aconteceu por volta das 10h, na quarta-feira (26). “Fomos pegos de surpresa. Ninguém esperava. O presidente já estava a autorizado a retornar. Mas somente chegou na quinta (19) e estava tudo calmo”, contou. “Sou um técnico. Direito social é progressista. Não sei onde ele incluiu extrema direita no debate”, questionou o servidor, que entrou na fundação em setembro de 2019 e já foi secretário da Igualdade Racial em Porto Alegre.

Quinta, 27 de Fevereiro de 2020 - 14:00

Giro: Programação da SAN Boate segue até sábado

por Adriana Barreto e Cris Montenegro

Giro: Programação da SAN Boate segue até sábado
DJ Felipe Lira | Foto: GB Souza

Depois de animar os foliões após o percurso dos principais blocos do Carnaval de Salvador, a SAN Boate mantém sua programação até sábado (29), com edições especiais da tradicional festa Blessed. A Blessed Carnival, que funcionou como after da folia, recebeu até DJs internacionais, como o francês Eversend, os espanhóis Dani Toro e Leo Blanco e o alemão Ben Bakson, e finaliza a temporada, aproveitando a presença de muitos turistas na cidade e o clima ainda de Carnaval, com muita música eletrônica. São aguardados ainda DJs de renome nacional, como Felipe Lira, Lucas Franco, Grá Ferreira e Alberto Ponzo. (Por Cris Montenegro)

Documentário sobre acarajé tem exibições gratuitas em Salvador
Foto: Divulgação

Com direção e roteiro de Claudia Chávez, o documentário “Àkàrà, no fogo da intolerância” tem exibições gratuitas nesta quinta-feira (27), às 19h, na Sala de Arte da Ufba e no sábado (29), às 15h, no Cineclube Antonio Pitanga – Boca de Brasa Muncab. 


No filme, três baianas de acarajé conduzem a narrativa, que conta também com a participação de líderes religiosos e especialistas. “Fizemos um apanhado dos casos mais marcantes dos últimos anos, uma análise histórica partindo da perspectiva de quem sofre este tipo de violência e a relação com o racismo estruturante instaurado na sociedade”, explica a diretora.


"Pra gente, do terreiro, o acarajé é como se fosse a hóstia da igreja católica ou a Santa Ceia dos evangélicos. Porque é sagrado, é uma oferenda para um orixá, e um orixá lindo, que é Iansã", afirma Rita Santos, presidente Nacional da Associação Nacional das Baianas de Acarajé (Abam) e uma das personagens do filme.  

Quinta, 27 de Fevereiro de 2020 - 11:50

Macaulay Culkin estará na 10ª temporada de 'American Horror Story'

por Folhapress

Macaulay Culkin estará na 10ª temporada de 'American Horror Story'
Foto: Divulgação

O ator Macaulay Culkin, 39, está confirmado como um dos novos nomes da série famosa de terror "American Horror Story". O anúncio foi feito pelo criador da produção, Ryan Murphy.

Será a estreia de Culkin em uma série de Murphy. Nomes como Sarah Paulson, Lily Rabe, Finn Wittrock e Evan Peters voltam à série.

Não há uma data definida para o retorno da produção nem o tema que será abordado no décimo ano pelo canal FX. 

Macaulay Culkin ficou mundialmente conhecido pelos filmes "Esqueceram de Mim" e pela amizade que tinha desde a infância com Michael Jackson. Em janeiro do ano passado, no podcast de Michael Rosenbaum's, o "Inside of You", o ator Macaulay Culkin se abria para falar sobre sua complicada vida familiar, sua infância como uma estrela de cinema e a amizade não convencional com Michael Jackson.

Culkin comentou à época que ele se tornou amigo do ícone pop ainda jovem, e que Jackson teria se aproximado dele para "protegê-lo".

Ainda sobre Jackson, enquanto fazia um ensaio fotográfico para a revista americana Esquire, ele afirmou que nunca viu o astro agir como pedófilo.

"Vou começar dizendo o que é a verdade. Ele nunca fez nada comigo. Nunca o vi fazer nada com ninguém. E, especialmente neste momento, eu não teria motivo algum de esconder algo. O cara está morto", afirmou o ator.

Bahia Notícias teve mais de 1,3 mi de visitantes no Carnaval; 133 países viram festa pelo site
Parte da equipe que se dedicou à cobertura da folia | Foto: Bahia Notícias

Mais de 1,3 milhão de pessoas passaram pelo Bahia Notícias entre a abertura oficial do Carnaval e a Quarta-Feira de Cinzas. O número mostra a relevância do site, que foi acessado em mais de 133 países ao redor do mundo. A polêmica envolvendo o cantor Igor Kannário e a Polícia Militar foi a mais lida: foram mais de 100 mil pessoas acompanhando as declarações do deputado federal pelo site, que manteve uma equipe de mais de 30 profissionais dedicados à cobertura da Folia de Momo em Salvador.

 

Norte-americanos foram os que mais acessaram o site no período. Foram mais de 10 mil visitantes com origem de tráfego no Estados Unidos. E países como Portugal, Noruega, Argentina, Itália, Alemanha, Espanha, França, Canadá e Inglaterra completam o TOP 10 de maiores tráfegos de leitores para o site.

 

Quando o recorte chega ao Brasil, as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Fortaleza foram as maiores audiências do Bahia Notícias nos sete dias de folia. Além, é claro, dos conterrâneos de Salvador e de Feira de Santana, que dominam as cidades que mais acessaram o site.

 

Mais de 290 mil leitores acessaram o site pela primeira vez, uma sinalização que o Carnaval é também um momento importante para que novos leitores conheçam o site. Cerca de 52% dos visitantes eram homens e cerca de 34% têm entre 25 e 34 anos.

Quinta, 27 de Fevereiro de 2020 - 10:00

Projeto de Lei cria circuito de carnaval em homenagem a Caymmi e Vinícius

por Jamile Amine / Rodrigo Daniel Silva

Projeto de Lei cria circuito de carnaval em homenagem a Caymmi e Vinícius
Foto: Divulgação

Por meio do Projeto de Lei de Nº 29/2020 (clique aqui), o vereador Odiosvaldo Vigas (PDT) pretende criar um circuito alternativo de carnaval em Salvador, em homenagem a Dorival Caymmi e Vinícius de Moraes.

 
“O Projeto de Lei tem como objetivo a criação do Circuito Carnavalesco Dorival Caymmi / Vinícius de Moraes, firmando assim o trajeto oficial para passagem dos diversificados grupos artísticos do bairro de Itapuã, no período onde se realizada a tradicional Lavagem de Itapuã, que acontece no bairro há 115 anos. Desta forma, para o bem da cultura baiana e dos soteropolitanos contamos com o apoio para a aprovação desse projeto”, diz texto publicado no Diário Oficial do Legislativo de Nº 5660.

Quinta, 27 de Fevereiro de 2020 - 09:00

Giro: Mistura de Ritmos

por Adriana Barreto e Cris Montenegro

Giro: Mistura de Ritmos
Maristela Müller Foto: Winicius Batz
A cantora Maristela Müller trouxe para a Bahia uma mistura de ritmos batizado de 'Carnafunk'. A loira deu show no circuito Dodô (Barra/Ondina) nos dias 23 e 25 de fevereiro, desfilando para o folião pipoca.
Durante o percurso, ainda no primeiro dia de avenida, Maristela recebeu o Mc Caverinha que apesar da pouca idade, tem hits de gente grande e está ganhando destaque no cenário nacional. Caverinha deu um show de simpatia deixando os fãs eufóricos ao cantar seus sucessos 'Só não pisa no meu boot' e 'Avião'. Ainda participaram deste momento histórico para a carreira da artista, os MC’s Charada, Lony Bello, e Lele Tridico.
Durante seu segundo dia de desfile no circuito Dodô, terça de Carnaval  (25), a cantora fez duetos à frente do Camarote Expresso 2222 - que este ano homenageou o Cortejo Afro - com Illy, anfitriã do espaço e a ex-vocalista da Banda Eva, a também atriz, Emanuelle Araújo.
As emoções estavam mesmo a flor da pele! Ao passar pelo Camarote da Veveta, Maristela cantou 'Pra frente' e atraiu a musa baiana, Ivete Sangalo, para a sacada do Monte Pascoal - hotel onde estava instalado o camarote - e, como se não bastasse, acenou com um 'coraçãozinho' para a musa do Carnafunk. (por Adriana Barreto)
Tinoco celebra vitória de escola de samba que homenageou as Ganhadeiras de Itapuã 
Foto: Reprodução / TV Globo

O secretário de Cultura e Turismo de Salvador, Claudio Tinoco, celebrou a vitória da escola de samba Unidos da Viradouro, que homenageou as Ganhadeiras de Itapuã em seu desfile, no Rio de Janeiro. 


"A escola de samba exaltou diversos elementos importantes da nossa cultura. Além das próprias Ganhadeiras, reconhecidas como patrimônio cultural da Bahia, e importante símbolo de resistência e luta, a Viradouro também trouxe o afoxé, a cocada, as baianas quituteiras, a Lagoa de Abaeté e exaltou a nossa cidade e o nosso estado", destacou Tinoco. "As Ganhadeiras de Itapuã contam a história de Salvador, da importância e da força das mulheres baianas e o lindo desfile da Viradouro ajudou a contar isso ao mundo", acrescentou.

Após carnaval, JAM no MAM retoma programação neste sábado com Paul Andrew
Foto: Divulgação

Passado o carnaval, a JAM no MAM retoma sua programação, neste sábado (29), a partir das 18h, na área externa do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), em Salvador. 


A abertura ficará por conta do saxofonista, compositor e arranjador alemão Paul Andrew. Em seguida, os anfitriões da banda Geleia Solar sobem ao palco para uma apresentação inédita, que mistura composições autorais a standards do jazz internacional, interpretados a partir da riqueza de ritmos da cultural baiana.  


O artista convidado, que é membro do Funk/Soul Band FATCAT desde 2013, tem relação próxima com o Brasil. Ele foi aluno de Rowney Scott (membro da Geleia Solar) em um curso na Universidade Federal da Bahia (Ufba) e em 2017 fundou a dupla “Brazulka” com o guitarrista Tarcísio Santos.

 

SERVIÇO
O QUÊ:
JAM no MAM
QUANDO: Sábado, 29 de fevereiro, às 18h
ONDE: Área externa do Museu de Arte Moderna da Bahia – Salvador (BA)
VALOR: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)

Quarta, 26 de Fevereiro de 2020 - 19:00

Giro: Última edição do Reguetho da Timbalada terá participação de Carlinhos Brown

por Adriana Barreto e Cris Montenegro

Giro: Última edição do Reguetho da Timbalada terá participação de Carlinhos Brown
Timbalada | Foto: Divulgação

A última edição do Reguetho acontece neste domingo, 1º de março, no Candhyal Guetho Square, em Salvador. A despedida dos ensaios de verão da Timbalada, que começa a partir das 17h, contará ainda com a participação especial do mestre Carlinhos Brown, que preparou uma apresentação especial para a ocasião. O músico levará para o Guetho, o Movimento Percussivo Timbaleira Drummers  

Os ingressos estão no terceiro lote.  As vendas estão sendo realizadas através no Sympla e Partiu Balada. O Reguetho é promovido pela  Oquei Entretenimento e Candyall Entertainment.

 

Mais informações: Os cantores da Timbalada, Buja Ferreira, Paula Sanffer e Rafa Chagas estarão no comando da festa. Eles prepararam um repertório que promete trazer uma mescla de grandes clássicos da banda com músicas inéditas. Para a temporada do verão 2019/2020: “Chupeta”! Que é o primeiro single de um álbum com 10 faixas, nas quais 9 são inéditas e uma readaptação; “Enlouqueceu”, lançada recentemente, “Tá na Mulher” (com produção musical de Carlinhos Brown) anteriormente cantada por Augusto Conceição e com Carlinhos no vocal. “Minha História”, “A Latinha”, “Mimar Você”, “Toque de Timbaleiro”, entre outros sucessos de carnavais passados também não ficarão de fora.

O novo single “Chupeta” foi produzido por Carlinhos Brown, Candyall Music, com produção adicional de Plinelson Silva, e colaboração dos músicos participantes. A canção foi composta pelo caçula da linha de frente da Timbalada, Rafa Chagas, e traz uma sonoridade contemporânea misturada a clássica batida da liderança rítmica universal dos timbais. (Por Cris Montenegro)

Quarta, 26 de Fevereiro de 2020 - 18:08

Com homenagem as Ganhadeiras de Itapuã, Viradouro é campeã no Rio de Janeiro

por Mari Leal / Claudia Cardozo

Com homenagem as Ganhadeiras de Itapuã, Viradouro é campeã no Rio de Janeiro
Foto: Marcelo Brandt/G1

A Unidos do Viradouro é a grande campeã do grupo especial do Carnaval do Rio de Janeiro em 2020. A escola foi destaque no primeiro dia dos desfiles, com uma homenagem as ganhadeira de Itapuã, grupo tradicional de mulheres negras de Salvador. O enredo “Viradouro de Alma Lavada” destacou a quinta geração de lavadeiras de roupas na Lagoa do Abaeté. 

Na comissão de frente, a atleta da seleção brasileira de nado sincronizado Anna Giulia, vestida de sereia, dava mergulhos de até um minuto em um aquário com 7 mil litros de água mineral. O samba-enredo foi inspirado no afoxé. As ganhadeiras foram homenageadas como as “primeiras feministas brasileiras”. A digital influencer Lore Improta foi musa da escola de samba, com uma fantasia avaliada em R$ 40 mil, representando a Rainha do Carnaval de Itapuã. 

 

 

O desfile mostrou as atividades que as Ganhadeiras exerciam: lavar roupa, carregar e vender água, cozinhar e vender alimentos, costurar, vender bugigangas. Com os recursos, muitas compravam alforrias. A cantora Margareth Menezes desfilou como destaque do carro que lembrou as cirandas de roda à beira do mar aberto, uma contribuição das Ganhadeiras à música baiana. O grupo de encerramento se chamava "Lute como uma mulher!", e levou mulheres negras ligadas à pauta feminista para a avenida.

 

A rainha de bateria, Raissa Machado, pelo sétimo ano na Viradouro, vestiu uma fantasia em homenagem à rainha dos Malês, Luiza Mahin, uma das lideranças da revolta pela libertação dos escravos em Salvador.

Histórico de Conteúdo