Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Governo escolhe nova entidade para gestão da Cinemateca; contrato ainda não foi assinado
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Após longo período em que o governo assumiu a Cinemateca Brasileira, o governo federal escolheu a entidade responsável pela administração da entidade pelos próximos cinco anos: a Sociedade Amigos da Cinemateca (SAC). 

 

De acordo com informações da coluna de Lauro Jardim, no jornal O Globo, apesar da escolha já ter sido feita, o contrato onde constam as metas, direitos e obrigações da Organização Social (OS) na gestão ainda não foi fechado.

 

Segundo a publicação, dentro do prazo de 15 dias para recursos no edital, a Secretaria Especial da Cultura deve se reunir com a instituição para discutir os principais pontos do contrato. O ponto crucial nas negociações, de acordo com a coluna, é que o documento precisa dar segurança para que a SAC possa desempenhar o trabalho.

 

Um dos pontos críticos apontados é a dificuldade de atingir uma meta com o orçamento anual de R$ 14 milhões, tendo em vista inclusive gastos com questões burocráticas como o encerramento do contrato no fim da gestão. Isto porque a OS teria que reservar verba para este fim, reduzindo o valor total usado para as demais despesas da Cinemateca.

 

A coluna pontua ainda que independente do edital, o governo federal ainda precisa liberar a Sociedade Amigos da Cinemateca para dar início ao trabalho emergencial discutido em ação aberta pelo Ministério Público Federal (MPF) por abandono. 

Histórico de Conteúdo