Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Flipelô acontecerá em novembro no formato híbrido com homenagem a Graciliano Ramos
Foto: Divulgação

A Festa Literária Internacional do Pelourinho  (Flipelô) acontece de 17 a 21 de novembro, de forma híbrida e gratuita em Salvador. Nesta edição o homenageado é Graciliano Ramos, grande amigo de Jorge Amado.

 

Com realização da Fundação Casa de Jorge Amado, em correalização com o Sesc, a Flipelô 2021 promove nesta edição uma ampla programação virtual e presencial, para pessoas de todas as idades. A Festa, que enaltece a literatura, beneficiará diretamente a comunidade do Pelourinho contribuindo para o fomento do comércio local, o turismo e as atividades produtivas de todo o sítio histórico, além de movimentar e promover o mundo da literatura.


Para garantir a segurança de todos que participarem da festa literária, os realizadores do evento se encontrarão nesta terça-feira (19), às 9h, no Casarão 17, no Terreiro de Jesus, com representantes das diversas secretarias municipais que possam atuar diretamente no evento. O objetivo é apresentar a festa literária de maneira geral, explicar o formato e solicitar o apoio de cada uma das secretarias, especialmente quanto aos protocolos sanitários e de logística de recepção de público que serão necessários e adotados.

  
Todos os eventos que acontecerem em espaços culturais públicos ou privados terão o acesso condicionado ao passaporte de vacina, com comprovação das duas doses. Será exigido o uso de máscaras e a temperatura será aferida.  Um apoio significativo está sendo programado para possibilitar a acessibilidade a portadores de deficiências. A maior parte dos eventos terá áudio-descrição e tradução de libras.

 

Vai rolar mesas de debates presenciais, que contarão com a transmissão em tempo real no canal e redes socais do evento, com escritores internacionais do Equador, México, Porto Rico, Angola, São Tomé e Príncipe e Moçambique, com escritores que representam as diversas regiões do país e uma presença importante de escritores vindos do interior da Bahia. Na Arena do Teatro Sesc-Senac Pelourinho será instalado  um painel de LED que funcionará como uma central de transmissão, onde o público poderá assistir o que está sendo exibido no canal da FLIPELÔ em tempo real.

 

Espetáculos e contações de histórias que serão exibidos no canal do YouTube da Flipelô, e uma ampla programação infantil com oficinas e ações formativas. Recitais de poesia, lançamentos de livros, espaço das Editoras Baianas, a presença da livraria oficial do evento, Praça do Cordel e uma programação especial para comemorar o Dia da Consciência Negra.

 

Também vai ter a Rota Gastronômica Amados Sabores,  da qual participam restaurantes e bares do Centro Histórico, criando pratos exclusivos inspirados pelo tema “Amado Sertão - Comida Sertaneja da Bahia”, com inspiração no livro “A Cozinha Sertaneja da Bahia de Guilherme Radel”.  Rota das Artes, com exposição de obras de arte de artistas visuais que atuam no Centro Histórico, vivem e têm ateliês no local.

 

A  Flipelô que reúne instituições e empresas sediadas no Centro Histórico que desenvolverão suas próprias programações. Feira da Sé, na Praça da Sé, com produtos artesanais produzidos na Bahia. A adesão de 43 lojas situadas no Pelourinho, oferecendo descontos e produtos especiais. Espetáculos teatrais, atrações musicais e apresentação de grupos de capoeira e de percussão.

 

Monitores de Turismo e guias de turismo filiados a Associação dos Guias Turísticos da Bahia, que estarão orientando o público. Ativação na Estação de Metrô do Campo da Pólvora da ação “Vá de Metrô para a Flipelô”, disponibilizando vans que farão o traslado gratuito da estação até Taboão e  estacionamentos na região que terão tarifa única de R$ 15,00.

 

 

Histórico de Conteúdo