Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Camargo tenta mostrar erudição, exalta Beethoven mas derrapa na ortografia: 'Chícara'
Foto: Reprodução / Facebook

Na tentativa de mostrar seus gostos refinados e erudição, o presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, fez uma publicação no Twitter exaltando a obra do compositor alemão Ludwig van Beethoven, mas deu uma escorregada na ortografia. 

 

“Depois de chícaras de café, ouvir o primeiro movimento do Concerto No. 5, intitulado ‘Imperador’, de Beethoven, é o maior estimulante que conheço para enfrentar um dia difícil. Sou meio estranho, né? Mas quem não é?”, escreveu o gestor, errando na palavra xícara, cuja grafia correta é com a letra “x” e não com “ch”.

 

 

O vacilo de Camargo não passou batido, e a mensagem ganhou vários comentários irônicos e burlescos. “Acho que você escorregou em Paulo Freire e digitou ‘chicaras’”, disse uma mulher, citando o educador brasileiro responsável por desenvolver um método de alfabetização para jovens e adultos, que é muito criticado pela direita bolsonarista, inclusive o próprio presidente da Palmares.

 

"A Fundação Palmares vai instituir o dia 22 de Setembro como o ‘Dia da Nacional da Chícara’? Acredito que seria uma importante data, sem contar um grande feito na sua carreira como secretário, para entrar na história, mesmo”, escreveu um seguidor, em tom de gozação. 

 

“Sérjao foi profundo no português ‘Chicaras de Café’, escutando Beethoven. Coitado do beethoven, deve está contorcendo no caixão… Sérgio acredito eu que vc está mais pra: Tati quebra Barraco e Nego do Borel”, disse outro.

Histórico de Conteúdo