Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Baianos do Batekoo são escolhidos por Beyoncé para estrelar campanha da Adidas e Ivy Park
Foto: Divulgação/ Pedro Pinho

O coletivo Batekoo, criado em Salvador com o objetivo de promover a representatividade de jovens negros e LGBT+ periféricos a partir da cultura, foi escolhida por Beyoncé para estrelar a campanha “Icy Park”, da Adidas e Ivy Park, no Brasil.

 

“A marca de uma das maiores e mais relevantes artistas negras da atualidade se unindo a um dos maiores coletivos/plataformas de pessoas negras e LGBTs no Brasil é um enorme reflexo do impacto de nossas potências e trabalhos. Estamos muito honrados de termos sido escolhidos para representar essa campanha de uma marca que, assim como a BATEKOO, é sobre acreditar em si, em seu coletivo e na liberdade de ser quem você é”, comemorou Mauricio Sacramento, Ceo e Fundador do coletivo. "A construc?a?o coletiva para um novo mundo em que pessoas pretas cada vez mais se conectam e se potencializam, pra mim so? significa a ta?o falada ordem e progresso que a gente tanto grita mas na?o ve? no nosso cotidiano", destacou.

 

Outro fundador do Batekoo, o DJ e designer Wesley Miranda classificou como “surreal” o convite para representar a coleção no país. “Desde que a Beyoncé lançou a coleção Icy Park, é um sonho ter as peças. Eu nem pensava em ser modelo, cara da coleção, só queria ter uma peça mesmo”, conta Wesley ao Bahia Notícias, lembrando que desde 2020 o grupo tem contrato assinado com a Adidas e que a parceria concretizada agora era um sonho distante.  

 

“A gente brincava: ‘imagina a gente fazer a Icy Park’. Ano passado a gente fez uma campanha da Original, que é uma das linhas da Adidas, e sempre falava: ‘Nossa, será que a gente vai ganhar Icy Park?’. Aí, esse ano, do nada, Maurício me falou que depois de muita conversa e negociação eles resolveram que a Batekoo ia ser a cara da Icy Park no Brasil”, conta o artista, que disse estar muito feliz não só pela importância de Beyoncé, mas também pela possibilidade da inserção de corpos de diversos padrões na moda. “Tem pessoas gordas, travestis, eu acho que é um marco mesmo na moda. Outras marcas também estão fazendo isso, mas a gente espera que seja cada dia mais comum”, avalia.

 

Veja fotos:

Histórico de Conteúdo