Quarta, 20 de Maio de 2020 - 10:17

Regina deixa secretaria para comandar Cinemateca em SP; Bolsonaro nega fritura

por Jamile Amine

Regina deixa secretaria para comandar Cinemateca em SP; Bolsonaro nega fritura
Foto: Reprodução

Como antecipado pela imprensa nacional, Regina Duarte, que se preparava para uma saída honrosa da Secretaria Especial da Cultura, foi afastada da pasta. Nesta quarta-feira (20), ela gravou um vídeo junto ao presidente Jair Bolsonaro para anunciar sua transferência para São Paulo, onde irá comandar a Cinemateca.

 

No material publicado nas redes sociais do presidente, Regina questiona o chefe sobre a “fritura” à qual estaria sendo submetida antes de perder o cargo de secretária. "Vim aqui perguntar ao presidente se ele está realmente me fritando, porque eu estou lendo isso numa imprensa que não acredito mais, mas de qualquer forma, queria que ele me dissesse pessoalmente. Está me fritando, presidente?", questionou a atriz, alfinetando os veículos de comunicação que noticiaram o processo de desgaste pelo qual ela vinha sofrendo dentro do governo.

 

"Regina, toda semana tem um ou dois ministros que, segundo a mídia, estão sendo fritados. O objetivo é sempre desestabilizar a gente e tentar jogar o governo no chão. Não vão conseguir. Jamais ia fritar você (risos)", respondeu Bolsonaro.

 

Regina Duarte anunciou, então, a novidade. “Deixa eu contar, acabo de ganhar um presente que é um sonho de qualquer pessoa de comunicação, de audiovisual, de cinema, de teatro. Um convite para fazer Cinemateca, que é o braço da cultura, que funciona lá em São Paulo, e é um museu de toda filmografia brasileira. Ficar ali secretariando o governo, dentro da cultura, na Cinemateca. Pode ter um presente melhor que esse? Brigada, presidente!", disse, salientando ainda que vinha sofrendo com a distância de seus familiares. 

Histórico de Conteúdo