Na Itália, Lea T reforça gravidade da Covid-19 e diz que fala de Bolsonaro é 'loucura'
Foto: Divulgação

Isolada há três semanas em sua casa em Gênova, na Itália, a modelo brasileira Lea T comentou a situação do país europeu durante a pandemia do coronavírus e rechaçou o posicionamento do presidente Jair Bolsonaro diante da crise sanitária.

 

À coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, Lea classificou o discurso de Bolsonaro do dia 24 de março, no qual ele afirmou que a Covid-19 é uma “gripezinha”, como “uma loucura”. “O que estamos vivendo aqui na Itália é realmente horrível”, afirmou a modelo.

 

“Você fica o dia inteiro em casa esperando os jornais mostrarem a contagem dos mortos e contaminados”, contou Lea T, reforçando a gravidade da pandemia e contrariando a fala do presidente brasileiro. “Eu gostaria que fosse uma ‘gripezinha’ e que o Bolsonaro estivesse certo. Mas não é algo tão simples. Se fosse, quem ia ser tão burro de fechar um país e bloquear a economia?”, questionou.

Histórico de Conteúdo