Contrariando OMS, presidente da Fundação Palmares diz que isolamento é 'imbecilidade'
Discurso é alinhado ao de Jair Bolsonaro | Foto: Reprodução / Facebook

Contrariando as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre o combate ao coronavírus e os exemplos bem sucedidos pelo mundo, o presidente da Fundação Palmares, Sérgio Carmargo, afirmou que o isolamento é uma “imbecilidade”.


“Confinaram 99% da população em casa para vencer um vírus que mata em torno de 1% dos infectados. O isolamento, exceto para os que são do grupo de risco, precisa ser imediatamente suspenso. É a maior imbecilidade da história da humanidade! Ao trabalho, brasileiros!”, opinou Carmargo em suas redes sociais. 

 

Ele, que já se envolveu em outras situações controversas e questionáveis, como ao afirmar que a escravidão foi benéfica (clique aqui e saiba mais), tem um discurso afinado ao do presidente Jair Bolsonaro, que tenta minimizar a gravidade do Covid-19, tendo inclusive classificado o vírus como uma “gripezinha”. O chefe do Executivo também tem criticado iniciativas dos governadores e prefeitos que instruem a população ao isolamento.

Histórico de Conteúdo