Crise do Covid-19: Governo de SP cria linha de crédito de R$ 500 milhões para setor cultural
Secretário de Cultura e Economia Criativa anunciou a medida | Foto: Divulgação

Como medida para o enfrentamento da crise provocada pela pandemia do coronavírus, o governo do estado de São Paulo lançou uma linha de crédito especial para o setor cultural, na ordem de R$ 500 milhões.

 

“A crise vai passar, mas é fundamental que as empresas consigam atravessar este período nós reservamos R$ 500 milhões para esta linha de crédito especial, que pode ser acessada pelo site da Desenvolve São Paulo . Toda operação deve ser feita online. As condições são muito especiais e convidativas: juros de 1,2% ao mês, temos também uma carência de 12 meses para o início do pagamento e esses pagamentos poderão ser feitos em até 60 meses”, detalhou o secretário de Cultura e Economia Criativa de SP, Sérgio Sá Leitão. 

 

“O governo de São Paulo está muito preocupado com o impacto da crise do coronavírus sobre o setor cultural e criativo, também sobre o setor de turismo e o comércio. Por isso, por determinação do governador João Doria, a Desenvolve São Paulo, que é o banco de investimento do estado de São Paulo, está lançando imediatamente uma linha de crédito especial para capital de giro, com o objetivo de ajudar as empresas desses setores”, explicou o gestor.

Histórico de Conteúdo