Filho de João Gilberto diz que Maria do Céu não era companheira do seu pai
Foto: Arquivo pessoal de João Marcelo Gilberto

O filho do músico João Gilberto utilizou o Facebook, nesta terça-feira (18), para se colocar contra a namorada do pai, Maria do Céu Harris, de 55 anos, que luta na Justiça pelo reconhecimento de união estável com o cantor e compositor. João Marcelo Gilberto que mora nos EUA, escreveu que a "herdeira legítima" do pai é Astrud Gilberto, a primeira mulher do músico (e sua mãe).


Segundo O Globo, pouco antes de seu pai morrer, em julho passado, ele era aliado da moçambicana nos tribunais, contra a irmã Bebel Gilberto. A parceria acabou quando Maria do Céu decidiu pedir a união estável, em dezembro. Antes disso, em 2017, porém, ele já havia dado declarações dizendo que Maria impedia o cantor de ver a neta. 

 

"Ela vive no luxo, se apropriando da propriedade do meu pai. Para ficar claro: esta mulher não era companheira do meu pai, independentemente do que eu possa ter dito sob pressão, e maus conselhos legais anteriormente. Ele a mantinha por perto, simplesmente porque ela costumava ir à favela e comprar maconha. Maria costumava comprar a porra da erva dele. A profundidade do ladrão aqui é surpreendente. Ela só apareceu à sua porta depois de ser expulsa de seu próprio apartamento. Ele reclamou sem parar da presença dela em sua casa.. Estou com nojo e horrorizado. Isso é loucura", afirmou João Marcelo.


"Astrud (que também vive nos EUA) está na certidão de óbito do meu pai como viúva dele. Ele nunca se divorciou da minha mãe, e sempre tomou conta de nós", justificou. Em um comentário ele chegou a dizer que o juazeirense foi vítima de abusos físicos e que passa por dificuldades financeiras atualmente.

Histórico de Conteúdo