Neto sanciona lei que torna Iorubá patrimônio imaterial de Salvador
Foto: Divulgação

Após decreto da Câmara Municipal, o prefeito ACM Neto sancionou. Na última sexta-feira (29), a lei que torna o idioma Iorubá patrimônio imaterial de Salvador. 


“Fica autorizada a declaração do idioma Iorubá, um dos valores da civilização africano-brasileira, falado no território deste Município, desde o tempo da cidade de São Salvador da Bahia de Todos os Santos, como patrimônio imaterial do Município de Salvador, observado o procedimento estabelecido na Lei nº 8.550, de 28 de janeiro de 2014”, diz texto publicado no Diário Oficial do Município.


O projeto de lei agora sancionado é de autoria do vereador Edvaldo Brito (PSD), que na última sexta-feira (29) tomou posse de uma cadeira na Academia de Letras da Bahia, com a presença de ACM Neto (clique aqui).

Histórico de Conteúdo