Espetáculo baseado em poema, 'Navio Negreiro' reconta sofrimento dos negros em alto mar
Foto: Divulgação

Recontar o sofrimento do povo negro durante o processo do tráfico de escravos é a mensagem central do espetáculo paulistano “Navio Negreiro”, que estará em cartaz em Salvador nos dias 22, 23 e 24 de novembro. 

 

No mês dedicado a Consciência Negra, a peça baseada no mais célebre poema de Castro Alves relembra o passado do negro escravizado e tratado como mercadoria, para assim, provocar uma reflexão sobre a atual sociedade brasileira. 

 

A obra, que faz parte da Cia Teatral Ena, ficará em curta temporada no Espaço Cultural da Barroquinha. Ao longo da história, que será ambientada nos porões dos navios em alto mar, os negros e negras arrancados dos seios de suas terras serão amparados por canções de matrizes africanas tocadas ao vivo. 

 

“Navio Negreiro” é uma peça produzida e encenada pelo ator equatoriano Jarsom Wayans e conta com Gabriela Jonas na direção e dramaturgia. Após o término do espetáculo, o público contará com a apresentação do quarteto paulistano Samba Fiat Lux. O grupo irá apresentar canções autorais e outras músicas que variam dos sambas de roda baianos e as influências do clube da encruza paulistano. 

 

Os ingressos para o espetáculo “Navio Negreiro” estão custando R$ 22 (meia) e R$ 44 (inteira) e poderão ser adquiridos através do portal Sympla (clique aqui). 

 

SERVIÇO:
O QUE: Espetáculo “Navio Negreiro”
QUANDO: 22 e 23 de novembro, às 19h | 24 de novembro, às 18h
ONDE: Espaço Cultural da Barroquinha, Rua do Couro, s/ n - Barroquinha, Salvador
VALORES:
- R$ 22 (meia)
- R$ 44 (inteira)
VENDAS: Sympla (clique aqui). 

Histórico de Conteúdo