Pabllo Vittar é eleita pela revista Time como uma das 'líderes da próxima geração'
Foto: Reprodução / Facebook

A revista americana Time anunciou Pabllo Vitar como uma das líderes da nova geração. A publicação escolheu a drag queen brasileira não só pelo seu sucesso internacional, mas também por seu papel em chamar atenção para preconceitos contra a comunidade LGBTQ+. 

 

A Time destacou em seu artigo números alarmantes de violência criados por conta da homofobia, além disso, citou a renúncia do deputado Jean Willys e a morte da vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco. A publicação citou também a frase de Jair Bolsonaro que falou que “prefere ter um filho morto em acidente de carro que filho gay” e ainda disse que o presidente brasileiro é um homofóbico assumido. 

 

A cantora maranhense está na lista ao lado de mais nove personalidades, entre as quais a ativista sueca Greta Thunberg, 16, e o deputado federal brasileiro David Miranda (PSOL), 34. "Como artista, você tem o dever de se posicionar sobre as coisas e trazer junto com a sua popularidade as mensagens que realmente importam", disse Pabllo à publicação.

Histórico de Conteúdo