'#FreeBritney': Advogado diz que Britney Spears pode ter sido internada à força
Foto: Divulgação

No início de abril, foi informado por um site que a cantora Britney Spears teria ingressado em uma clínica de saúde mental por causa do estresse causado pelo estado de saúde do pai, Jamie Spears (veja aqui). A decisão fez com que a cantora tivesse que cancelar os shows de sua nova residência em Las Vegas. Nesta terça-feira (16), uma nova versão sobre a internação de Britney surgiu. 

 

Segundo informações da jornalista estadunidense Tess Barker, do jornal The Guardian, Spears pode ter sido internada na clínica contra sua própria vontade. A informação levou os fãs a subirem a Hashtag #FreeBritney, que chegou aos Trending Topics mundiais do Twitter. 

 

Segundo o site Diário de Pernambuco, em 2007, após a cantora agredir um paparazzi ela ficou sob tutela judicial do pai e do advogado Andrew Wallet. Desde o ocorrido, ela não tem controle sobre diversas decisões profissionais e pessoais. Os responsáveis por Spears ainda exigem que ela tome um medicamento para distúrbios psicológicos. 

 

Um advogado que trabalhava na firma de Wallet revelou, nesta semana, à jornalista Tess Barker que a tutela da cantora tem sido complicada nos últimos anos. De acordo com ele, Britney começou a demonstrar uma forte intenção de acabar com a intervenção judicial e parou de tomar os medicamentos prescritos. Esse pode ter sido o fator que resultou na internação forçada pelo pai, seu principal tutor.

Histórico de Conteúdo