Após ameaça de processo, ministro se retrata com mãe de Cazuza por citação equivocada
Foto: Divulgação

Após a mãe de Cazuza cobrar respeito e ameaçar processar Ricardo Vélez, por ele atribuir uma frase falsa ao músico (clique aqui e saiba mais), o ministro da Educação decidiu se retratar. “Liguei para Lucinha Araújo, mãe de Cazuza, para desfazer o equívoco de uma resposta que dei atribuindo a ele frase de um programa humorístico. A conversa foi tocante e combinamos uma visita a ela quando eu for ao Rio. O amor do coração de uma mãe por seu filho é algo valoroso”, escreveu o ministro do governo de Jair Bolsonaro (PSL), em sua conta oficial no Twitter.


O problema ocorreu quando Vélez disse, em entrevista à Veja, que Cazuza “pregava que liberdade é passar a mão no guarda”. A frase atribuída erroneamente ao artista na verdade era uma piada do programa humorístico “Casseta & Planeta”, nos anos 1980.

Histórico de Conteúdo