Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 09 de Julho de 2021 - 19:00

Blog do Preto explica o que será do estilo do homem quando a pandemia passar

por Marcos Preto

Blog do Preto explica o que será do estilo do homem quando a pandemia passar
Fotos: Luiz Otávio Maia Jr.

Após a Primeira Guerra Mundial, as mulheres adotaram a moda com um toque masculino. 

 

Já no Pós-Segunda Guerra, Christian Dior inventou o New Look, que foi uma resposta sexy e alegre para a libertação de Paris. 

 

Estes embates mundiais, assim como as pandemias - guardadas, claro, as devidas diferenças -, causam impacto econômico e comportamental semelhantes para quem viveu e para quem vive esses difíceis momentos.

 

Quero dizer: você já percebeu que a moda já está respondendo à pandemia tanto quanto respondeu ao pós-guerra? Não!? Então visite as araras das grandes lojas de fast fashion e verá: 1 -  tecidos leves e de toques confortáveis, tais como o algodão e o moletom; 2 - o sucesso do tie dye como estampa de 2020; 3 -  pijamas, muitos pijamas para ficar em casa.
 
E qual moda permanecerá, você deve estar se perguntando. Quais tendências dominarão o guarda-roupa do homem globalizado quando tudo voltar ao normal? 

 

Não sabemos todas, obviamente, mas haverá uma constatação irrefutável: hábitos de consumo serão mais conscientes e esse fato, por sua vez, obrigará a também conscientização dos criadores a respeito do meio ambiente e questões outras, relacionadas a causas sociais, ativismo, etc.
 
Mas, insiste-se, quais serão as tendências?
 
Uma delas decorrerá do fato de que muitas grifes não estiveram preparadas para oferecer plataformas de vendas tão eficazes quanto suas vendas em lojas presenciais. 

Isso favoreceu os varejistas menores, os quais misturaram graciosamente o estilo dos homens. 

 

Deu-se, assim, maior liberdade ao consumidor. E, por isso, todos, no futuro, se vestirão da forma que acharem melhor, criando novas tendências.

 

O que estou querendo dizer é que coleções datadas por estações e roupas combinadas não serão mais regras a serem seguidas. 

 

Assim, será possível encontrar diferentes estilos juntos, como o geek e o esportivo ou social e étnico em um só look.

 

Além disso, o dress code dos profissionais mais tradicionais, tais como executivos, médicos e advogados, também será atualizado pela escolha de tecidos mais confortáveis. 

 

Significa dizer que camisas de fibras naturais como o linho e o algodão serão eleitas; bem como será destaque o uso de paletós com toques acolhedores, como o do moletom e do aveludado.

 

No quesito acessórios, destacar-se-ão o relógio tecnológico que informa a temperatura do corpo e o uso de joias carregadas de memórias, acrescidas de símbolos de fé e religiosidade. Estes últimos se tornando verdadeiros amuletos.

 

Estamos em uma nova era, em que a moda é criada para e por pessoas que têm um perfil de consumidor/criador consciente das limitações da nossa sociedade e do nosso planeta.

 

E como ficará você nessa nova moda? Reticente ou fluído?

 

Para saber mais, acompanhe as dicas para homens nas minhas redes sociais @marquinhospreto.

Histórico de Conteúdo