Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 03 de Dezembro de 2020 - 10:15

Dose de Conhecimento: Cachaça harmoniza com Queijos?

por Raimundo Freire

Dose de Conhecimento: Cachaça harmoniza com Queijos?

Se você ainda não sabe da versatilidade da cachaça, esta notícia é para você!


Você pensa que as únicas bebidas que combinam bem com variados tipos de pratos são os vinhos? Está enganado! A harmonização com cachaças é uma verdadeira arte, e torna o ato de degustar com uma boa bebida uma experiência sensorial ainda mais especial. Mas, afinal, o que é harmonização? Harmonizar em um contexto de gastronomia significa combinar os sabores dos alimentos com as diferentes qualidades das bebidas, em nosso caso, as cachaças. Vamos demolir o mito de achar que a cachaça não combina com os mais variados pratos quentes e que não acompanha bem o almoço, o jantar, sobremesa até charutos.


Quando o assunto são queijos para degustar, seguimos a seguinte lógica, a escolha do produto leva em conta a forma de armazenamento, se em madeira e de qual delas é feito o barril. O tanino da madeira não compatibiliza com o sal e, por isso, as cachaças envelhecidas não combinam com queijos mais salgados. Em relação à acidez, cachaças e queijos mais ácidos ficam bem juntos. Cachaças com certa acidez combinam melhor com queijos mais ácidos. Os de cabra, por exemplo, ficam melhores com uma cachaça branca, que tem um pouco mais de acidez. Nessa mesma linha, um queijo coalho, que é salgado e um pouco ácido, casa muito bem com uma cachaça branca, levemente resfriada, que ajuda na redução da acidez.

 

Prazer e harmonia
Se a proposta é oferecer um encontro realmente palatável, seguir as seguintes recomendações pode garantir o sucesso de um momento regado a puro prazer. A cachaça e os queijos devem ser complementares ou inteiramente opostos. A textura do queijo também pode servir de parâmetro para escolha da cachaça. Para queijos de massa dura (normalmente mais salgados), procuramos uma cachaça mais adocicada, com algum tempo de envelhecimento em carvalho. Para queijos mais moles (meia cura) podemos ter cachaças brancas, mais neutras. E para queijos azuis, cachaças envelhecidas em madeiras como o jequitibá e o amendoim, que por serem mais neutras não predominam no sabor das cachaças, reduzindo a acidez.


A diversidade de queijos, e também das cachaças, é sempre tão grande, que é preciso ficar atento às variáveis. Os queijos duros que não sejam muito salgados pedem cachaças encorpadas e envelhecidas, enquanto que os cremosos e gordurosos harmonizam melhor com cachaças brancas mais ácidas. Os curados, com grande complexidade de sabores, harmonizam com cachaças envelhecidas do tipo Reserva Especial. Um queijo de fungo azul casa perfeitamente com uma cachaça com notas mais adocicadas, envelhecidas em amburana ou bálsamo.


Entre uma e outra dose, um e outro pedaço, o ideal é limpar o paladar. Livre dos minúsculos resíduos na língua é possível identificar com mais facilidade o tipo da cachaça e do queijo que estão sendo degustados. O álcool da bebida é um aliado nessa tarefa, embora não resolva completamente a questão. Água e pão completam o serviço. O alto teor alcoólico ajuda a limpar o palato entre uma prova e outra. Mas, apesar disso, a cachaça possui sabores e aromas que podem interferir na degustação. É preciso água em abundância para complementar esse intervalo.


Boas recomendações
Para uma noite de queijos e cachaças, as regas não são complicadas. Os queijos mais leves, como o frescal, são os mais indicados para introduzirem os demais, combinados com cachaças descansadas levemente resfriadas. Em seguida, podem ser servidos os de meia cura. Para finalizar, entram os queijos mais duros e aromáticos, que harmonizam com cachaças envelhecidas.


Respeitar o gosto dos comensais é importante. Mas, num jantar, observar a ordem em que os alimentos são servidos já aponta uma diretriz para que um sabor não se sobreponha ao outro. Durante a sobremesa, o tradicional queijo com goiabada fica perfeito com uma cachaça envelhecida em amburana, que agrega notas de canela. É possível se fazer uma refeição harmonizada só com cachaça, do aperitivo ao digestivo. As cachaças seguem a mesma ordem dos pratos, das mais leves para as mais encorpadas e das descansadas (brancas) para as envelhecidas (amarelas).


Em sua próxima reunião com queijos, lembre-se que a cachaça poderá fazer parte dela junto com o vinho.

 

Beba Menos – Beba Melhor – Beba Água – Aproveite Mais

 

SAIBA MAIS
Utilize o espaço dos comentários para mandar suas dúvidas e sugestões de novos artigos.


ONDE APRECIAR
*   Bar quintal do Raso da Catarina
*    Mini Bar Gem
*    Origem
*    Zambi Bar
*    Barraca do Loro
*    Boteco do Tomé
*    Di Mainha


ONDE COMPRAR 
*    Kikaxassa
*    Companhia da Cachaça
*    Kachaça Porreta

Histórico de Conteúdo