Quarta, 15 de Julho de 2020 - 19:00

Giro: Plano, romance de Agda Theisen, já está na Amazon

por Adriana Barreto e Cris Montenegro

Giro: Plano,  romance de Agda Theisen, já está na Amazon
Agda Theisen, escritora

O Plano, livro de estreia da escritora Agda Theisen, já está disponível através da Amazon. Na história, tudo pode acontecer, a união de forças ou a aniquilação total. Um jogo no qual os adversários vão se revelando pouco a pouco, um submundo macabro e cruel, que transita confortavelmente nas paisagens da vida cotidiana, cada ação com seu propósito, cada indivíduo no seu papel. Uma trama ágil e intensa, que prende o leitor do início ao fim. Prepare o fôlego.

Trecho

“Sua mente registrou uma coincidência e a lembrança causou desconforto. O mendigo moribundo com quem se batera noutro dia falara apenas cinco palavras, duas delas eram as então incompreensíveis “fio” e “líbero”.  Apoiou as costas no suporte da placa de identificação da rua Líbero Badaró e fechou os olhos, repassando mentalmente a cena. Quando abriu os olhos novamente, deparou-se com o luminoso que identificava a Fundação de Arno Ramos a poucos metros dali.  Respirou fundo. Estranhamente, naquele local convergiam quatro fatores ligados ao mendigo morto: a instituição que o acolhera, a vítima que ele tentara assassinar e duas das suas últimas palavras...”

Para Alex Ferraz, jornalista que assina a orelha do livro, a história é “uma teia genialmente construída e que envolve o leitor na mesma intensidade bem calculada com que o personagem principal também se enreda numa história assustadora, revelando as forças e fraquezas que compõem o jogo do poder e até onde este pode atiçar a crueldade humana, camuflada em ações que, à primeira vista, traduzem bondade e filantropia. Este romance de suspense vai muito além da trama de mistério, pois abre uma janela através da qual enxergamos a alma dos personagens com tamanha clareza que nos assusta pela verossimilhança com a realidade do dia a dia atrás dos biombos comezinhos do teatro da vida banal.”

Agda ressalta que seu objetivo sempre foi escrever histórias que prendam a atenção do leitor e o cativem.

“Eu acredito na leitura como fonte de entretenimento. Provocar no leitor a sensação de estar vivendo a história junto com os personagens, pessoas como qualquer um de nós, experimentando circunstâncias excepcionais”, completa.

“Porém, o fato de entreter não impede questionamentos importantes a partir do enredo e do perfil dos personagens, já que a trama toca em pontos nevrálgicos como política, poder, desigualdade social e valores. A escolha é de cada um”, conclui a autora.

Histórico de Conteúdo