Terça, 14 de Abril de 2020 - 14:10

Utopia Pop: Uma homenagem a Alan Merrill, compositor do clássico 'I Love Rock 'n' Roll'

por Deivide Sacramento

Utopia Pop: Uma homenagem a Alan Merrill, compositor do clássico 'I Love Rock 'n' Roll'
Foto: Divulgação

Em tempos de coronavírus (Covid-19) em que muitos precisam ficar no isolamento social como forma de evitar o contagio e a propagação da doença, alguns tem procurado meios de aliviar o estresse e a ansiedade.  

 

Escutar música é uma ótima forma de extravasar – se você escolher a playlist certa, é claro. Pensando nisso, resolvi fazer uma homenagem a Alan Merrill, musico e compositor americano e que compôs uma das mais clássicas canções do Rock, "I Love Rock 'n' Roll", e que morreu no último dia 29, coincidentemente do mesmo conoravírus que hoje isola e assusta pessoas em todo o mundo. 

 

Ele estava internado no hospital Mount Sinai, em Nova York. Através das redes socias, a filha do compositor disse que teve poucos minutos para se despedir do seu pai antes de ser retirada do hospital.  

 

“A gente provavelmente não vai conseguir fazer um funeral para velar seu corpo. Eu acabo de perder o grande amor da minha vida e não vou poder abraçar ninguém porque eu fui exposta e preciso de me isolar por duas semanas… sozinha”, escreveu Laura. 

 

Ser dono de um grande sucesso rock não é para qualquer um, imagina ser o compositor de uma icônica canção do rock and roll! Lançada em 1975 pelo seu grupo Arrows, a música se tornou sucesso na voz da cantora Joan Jett, alcançando o primeiro lugar das paradas da Billboard em 1982.  

 

A cantora, claro, não poderia deixar de prestar sua grande homenagem a Merrill.  

 

"Acabei de saber da notícia terrível de que Alan Merrill faleceu. Meus pensamentos e amor vão para sua família, amigos e comunidade musical como um todo (...) Com profunda gratidão e tristeza, desejo-lhe uma viagem segura para o outro lado”, disse.


 

Poucas pessoas sabem que Joan Jett regravou “I Love Rock 'n Roll" duas vezes. A primeira regravação aconteceu em 1979 logo quando ela ouviu a música pela interpretação dos The Arrows, enquanto visitava a Inglaterra com as The Runaways. Regravada com dois dos Sex Pistols: Steve Jones e Paul Cook, não atingiu o sucesso esperado. Foi só em 1982, quando Joan Jett regravou a música de novo, dessa vez com a sua banda, The Blackhearts, que o single pegou o primeiro lugar na Billboard Hot 100 durante sete semanas, alavancando de vez a carreira solo de Joan Jett.  

A canção também teve grande notoriedade no Brasil, pegando a 35° posição das músicas mais tocadas nas rádios em solo nacional.  

No Pop a regravação na voz da cantora Britney Spears é a mais conhecida. “I Love Rock 'n Roll" foi o quarto single europeu da Princesa do Pop do álbum “Britney”. Lançado em 2002, a canção foi usada no filme Crossroads, e, sarcasticamente, Spears disse que a música originalmente gravada pelos The Arrows foi a que a inspirou em sua regravação, e não a da Jett. A versão de Britney tem 13 segundos a mais do que a de Joan Jett.  

 

Em 2008, Joan Jett declarou não saber por que Britney Spears regravou a música.  

"Eu nunca ouvi a versão de Britney. Claro que eu ouvi a respeito, mas nunca entendi o porquê disso. As pessoas geralmente tocam covers de músicas que dizem algo sobre elas, mas eu duvido que ela goste de rock 'n' roll. Talvez ela goste de músicas em geral", disse. 

Deixando as desavenças de lado, devemos lembrar que “I Love Rock 'n Roll" é uma das 100 melhores músicas do século vinte, de acordo com o The National Endowment for the Arts. Um clássico imortal, e, como tal, deve ser aplaudia eternamente. Viva o Rock! 

Histórico de Conteúdo