Quarta, 12 de Fevereiro de 2020 - 09:00

Giro: Saúde da Mulher

por Adriana Barreto e Cris Montenegro

Giro: Saúde da Mulher
Jaqueline Ferraz e Anabel Platon | foto: Arquivo Pessoal
Muitas mulheres se queixam de falta de lubrificação, elasticidade ou desconforto na relação sexual. Algumas desejam melhorar a flacidez vaginal. Outras querem tratar queixas ginecológicas, da menopausa, pós-parto, efeitos colaterais da quimioterapia ou incontinência urinária. A novidade é que todos esses problemas podem ser resolvidos com um procedimento considerado mais rápido, mais seguro e menos invasivo: o laser para a região íntima feminina. Tudo isso para ajudar na melhora da autoestima da mulher e devolver a qualidade sexual. Giro bateu um papo com as médicas ginecologistas Jaqueline Ferraz e Anabel Platon, uma das sócias da Clínica da Graça, no bairro Graça, em Salvador, que explicaram que o laser intracanal foi especialmente desenvolvido para o canal vaginal, onde é aplicado em 360º através de um dispositivo que vai estimular a produção do colágeno na região, bem como ativando a circulação local, apresentando efeitos que podem durar ao redor de 12 meses após a última sessão. (por Adriana Barreto)

Histórico de Conteúdo