Quinta, 15 de Novembro de 2018 - 00:00

Festivais de música fortalecem trabalho de artistas independentes no Brasil

por Lara Teixeira

Festivais de música fortalecem trabalho de artistas independentes no Brasil
Foto: Divulgação / Rafael Passos

A música brasileira está passando por uma das suas melhores fases. Novos talentos estão surgindo com muita força no país e conseguindo expandir os seus trabalhos. Mas o mundo virtual nem sempre consegue transmitir a dimensão exata de como as bandas e artistas nacionais estão mostrando seus projetos para o público. Uma alternativa para tornar isso visível são os festivais. 

 

Durante o ano de 2018, o Brasil recebeu diversos eventos em suas cinco regiões. No último final de semana, Salvador foi palco da IV edição do Festival Radioca, que aconteceu no Largo Quincas Berro D'Água, no Pelourinho. A festa reuniu artistas como Larissa Luz (BA), Academia da Berlinda (PE), Maria Beraldo (SP), Letrux (RJ), Don L (CE), Luedji Luna (BA) e Maglore (BA), entre outros, nos dias 9, 10 e 11 de novembro. 

 

Para os artistas com quem o Bahia Notícias conversou no último dia do evento, os festivais são uma peça fundamental para o crescimento das suas carreiras. É através deles que esses grupos e cantores conseguem apresentar seus trabalhos e alcançar um novo público. O vocalista da banda Maglore, Teago Oliveira, destacou a importância dos eventos musicais tanto para o público quanto para os próprios artistas. "Eu acho que o Radioca e uma gama de festivais hoje no Brasil se propõe a promover cultura e novidades para pessoas que estão afim de descobrir artistas novos, artistas recentes, ou artistas que já tem mais estrada e estão lançando discos novos. [...] Quanto mais forte isso (os festivais) fica, melhor para o nosso cenário, digamos assim, e para nossa bolha. E o grande fim disso tudo é sair um pouco dessa bolha. Acho sensacional a coisa do festival pela troca de experiências com outros artistas, dividir palco com outras pessoas é sempre bom, você sempre aprende alguma coisa.  Eu acho o Radioca hoje, em Salvador, possivelmente um dos melhores festivais da cidade no quesito trazer cultura e novidades para as pessoas", apontou o cantor.  

 

O rapper cearense Don L revelou que o seu sonho de fazer "o rap ficar popular como o funk é no Brasil" está mais próximo de acontecer e relaciona isso ao fato de nos festivais estarem presentes no público pessoas que ainda não conheciam o seu som. "Eu acho os festivais uma coisa importante, porque ao mesmo tempo que trazem os seus fãs, também colocam tua música para pessoas que não conheciam ainda. Tem essa circulação de artistas de vários gêneros, vários estilos diferentes, e eu acho importante porque muitas vezes o nicho do rap é um nicho de shows menores, shows 'inferninhos', que eu acho muito f***, a energia muito f***, mas é totalmente diferente, então às vezes o festival coloca para os artistas e para as pessoas situações diferentes".

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Chega mais, @donloficial! Se liga que tá rolando transmissão ao vivo pela @educadorafmba. #VemProRadioca

Uma publicação compartilhada por Radioca (@radioca_) em

 

Já a cantora baiana Luedji Luna comentou sobre os custos e recursos necessários para se deslocar dentro do Brasil com a finalidade de realizar shows. Segundo a cantora, os festivais são grandes responsáveis por gerar essa circulação musical, principalmente para artistas independentes, que é o seu caso. "É muito caro viajar dentro do Brasil, às vezes é até mais caro viajar dentro do Brasil do que fora, e ainda tem uma banda, não é só você, tem uma produção junto, tudo é custoso. Isso não seria possível, ou viável, sem as dinâmicas dos festivais. Eu já viajei para o Tocantins, para Minas Gerais, e tem festivais em Goiânia, no Pará... eu só me imagino nesses lugares dentro desses contextos. O artista não consegue, ou pelo menos os artistas independentes não conseguem viabilizar esse circuito dentro do país, e existe essa demanda. Uma vez que a música está na internet, e a música se espalha, você forma público no Brasil inteiro e no entanto você não tem a possibilidade de acessar essas cidades, então os festivais são muito importantes por causa disso. Faz com que a música independente e esses artistas que não têm tanta autonomia financeira  possam circular no Brasil e espalhar seu trabalho". 

 

Os integrantes do DUO B.A.V.I, João Almy e Anderson Petti também destacaram a importância dos eventos para o cenário independente. "Fazer música independente é uma batalha para se consolidar no mercado e para expandir o nosso som. O artista quer que a música dele seja ouvida, e a gente da cena independente quer isso tanto quanto qualquer outro artista, e esses festivais potencializam isso de uma forma muito positiva", disse Almy. 

 

"O legal disso tudo é que você consegue reunir públicos diferentes. E as bandas são escolhidas não necessariamente de um estilo só. No entanto, quando toca uma música ou outra você não percebe uma rejeição e isso é uma pluralidade. O baiano inclusive é plural por si só, é só você oferecer que ele vão consumir. Então o Festival Radioca tem esse compromisso e já funciona muito bem trazendo bandas que estão em expansão", complementou Anderson.

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

PARA ATRAIR O AMOR @luedjiluna

Uma publicação compartilhada por Radioca (@radioca_) em

 

Luciano Matos faz a curadoria do Festival Radioca ao lado de Ronei Jorge, Carol Morena e Roberto Barreto. Em conversa com o BN, o jornalista fez praticamente uma síntese sobre os assuntos citados pelos artistas. Ele frisou o papel dos eventos musicais na construção das carreiras dos artistas e ainda revelou que os festivais fazem parte de um cenário ainda maior.  

 

"Eu acho que os festivais às vezes são até superestimado no sentido de que parece que eles são os objetivos finais dos artistas. Não acho que seja assim, acho que temos uma cadeia de coisas, várias peças de uma montagem, de uma estrutura que é o cenário independente, que é um pouco diferente do cenário mainstream. É um pouco menor, mas tem vários pilares e eu acho que os festivais é um deles e é muito importante, porque lá uma das possibilidades é poder fazer com que artistas não tão conhecidos toquem para um público maior". 

 

"Acontece em qualquer festival, artistas tocarem para um público maior do que o público deles. Você tem os Headliners, que são as bandas principais que levam um público um pouco maior, ou o próprio festival que consegue fazer com que as pessoas compareçam por causa dele, e consegue apresentar esses artistas. A outra é fazer os artistas circularem por lugares que dificilmente eles chegariam pelo menos inicialmente se não fosse pelos festivais. Dificilmente alguém bancaria alguns cachês e estruturas para esses artistas mais novos e mais desconhecidos tocarem. Alguns até conseguem circular, mas muitos não conseguem, e eu acho que os festivais abrem essas portas", completou. 

 

"Os festivais fazem parte de uma estrutura maior que são as casas de show, os produtores, os selos. Eu acho que tem toda uma gama de partes que se completam. Acho que talvez os eventos sejam o que estão mais bem estruturados nessa virada de música independente, crise da indústria fonográfica, mudança de padrão, talvez eles sejam os que tenham conseguido melhor virar o jogo. Por exemplo, selo tem maiores dificuldades, porque alguns mudam o formato, ‘como que vive de música gravada?’, e os festivais acabam aglutinando a coisa que mais rende hoje, que é mais palpável para a maioria, que são os shows. Então sem dúvidas eles têm um papel fundamental em todo o Brasil. Os festivais estão espalhados em todos os cantos do país, alguns lugares com vários como aqui em Salvador, e isso é fundamental para a circulação e alcance de público de artistas”, finalizou Luciano. 

Quarta, 14 de Novembro de 2018 - 19:50

Por problema de documentação, Saltur cancela contrato de R$ 200 mil com Olodum

por João Brandão / Guilherme Ferreira

Por problema de documentação, Saltur cancela contrato de R$ 200 mil com Olodum
Foto: Divulgação

A Empresa Salvador Turismo (Saltur) cancelou um contrato firmado com o Olodum no valor de R$ 200 mil. O valor seria destinado ao pagamento de despesas do projeto Olodum Pipoca, que aconteceu durante o Carnaval deste ano.

 

No entanto, de acordo com a assessoria de comunicação da Saltur, o montante não foi repassado por conta da falta de documentos exigidos para o avanço do processo. O contrato foi assinado no dia 9 de fevereiro e o cancelamento do acordo foi publicado no Diário Oficial do Município desta terça-feira (13).

Quarta, 14 de Novembro de 2018 - 18:50

Pedro Bial dá selinho em Pabllo Vittar: 'Não me faz menos homem'

por Folhapress

Pedro Bial dá selinho em Pabllo Vittar: 'Não me faz menos homem'
Foto: Reprodução / Gshow

Pedro Bial, 60, recebeu com um selinho a cantora Pabllo Vittar em seu programa, Conversa com Bial. Na ocasião, ele fez referência à apresentadora Hebe Camargo.



"Me faz menos macho, mas não me faz menos homem", disse Bial sobre o beijo, segundo divulgou a página oficial do programa.

 

Na entrevista, o apresentador tratou de assuntos como política e bullying, trazendo histórias mais íntimas de Pablo, como o seu sonho antigo de participar do Big Brother Brasil. 



A entrevista ainda não tem data oficial para ir ao ar, mas o programa deve ser exibido em breve.

Continuação do filme sobre a Lava Jato pode receber até R$ 13,7 mi em leis de incentivo
Foto: Divulgação

A segunda parte do filme “Polícia Federal – A Lei é Para Todos”, sobre a operação Lava Jato, foi autorizada a captar R$ 13, 7 milhões por meio da Lei do Audiovisual. Os detalhes sobre o projeto foram publicados no site da Agência Nacional do Cinema (Ancine). 

 

A inscrição do filme nas leis de incentivo do governo, no entanto, vai contra ao que ocorreu no primeiro filme, quando os produtores abriram mão do financiamento público após receberem várias críticas.

 

De acordo com o site UOL, na época o diretor do filme Marcelo Antunez, disse ser favorável às leis de incentivo, mas queria evitar conflito de interesses. “Usar dinheiro público para falar mal do uso de dinheiro público nos deixaria presos e alvo de críticas”, disse ele na ocasião. 

 

Tomislav Blazic ,  produtor do longa, disse ao site que desta vez não irá negar o financiamento e falou sobre a importância dele para área audiovisual. “Sem ela, não se faz filmes. No primeiro filme, quando tomamos a decisão de não usar a lei, fiquei com medo de não conseguir bancar. O filme foi muito criticado. A gente sabia que iria sofrer ataques, mas hoje sabemos que estamos no caminho certo”, contou. 

 

A história da segunda parte do “Polícia Federal” irá mostrar eventos como o impeachment da então presidente Dilme Rousseff, a prisões do ex-presidente da Câmera dos Deputados, Eduardo Cunha, e do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral. 

 

Além disso, a morte do Ministro do Supremo Teori Zavascki e a gravação da conversa entre Joesley Batista e Michel Temer também serão mostradas, além das acusações contra o senador Aécio Neves. “Quando o Lula foi preso, nós estávamos na porta da Polícia Federal, em Curitiba, e gravamos, do lado de fora, a chegada do ex-presidente. Possivelmente usaremos essas cenas no final do filme”, adiantou Blazic. 

 

O produtor de “Polícia Federal – A Lei é Para Todos”, ainda falou ao site que pretende fazer uma terceira continuação do filme, mas desta vez mostrando a eleição de Jair Bolsonaro e a ida de Sérgio Moro para o Ministério da Justiça.

 

O orçamento deste terceiro filme deverá girar em torno de R$ 16 milhões, valor semelhante gasto nas partes 1 e 2. Marcelo Antunez será o diretor, e Gustavo Lipsztein vai escrever o roteiro. O elenco ainda não foi escolhido. No primeiro filme, o papel de Sérgio Moro foi interpretado por Marcelo Serrado, mas o nome dele está descartado na continuação. 

 

A segunda parte do filme já está em desenvolvimento e deve ser lançado no segundo semestre de 2019. Já a terceira parte deve estrear em 2020. 

Quarta, 14 de Novembro de 2018 - 16:50

Musical ‘Elza’ é eleito melhor espetáculo pelo Prêmio Reverência

por Maria Luísa Barsanelli | Folhapress

Musical ‘Elza’ é eleito melhor espetáculo pelo Prêmio Reverência
Foto: Divulgação

O musical “Elza”, baseado na biografia da cantora, venceu na categoria melhor espetáculo do Prêmio Reverência de teatro musical. A montagem também levou os troféus de melhor direção (Duda Maia), autor (Vinicius Calderoni) e especial (Letieres Leite, pelos arranjos).

 

O mesmo número de estatuetas foi dado a “Romeu e Julieta ao Som de Marisa Monte” -cenário, design de som, iluminação- na cerimônia que aconteceu na noite de terça (13) no Teatro Alfa, em São Paulo. A apresentação foi do ator Tiago Abravanel, e a edição teve a cantora e atriz Bibi Ferreira como homenageada.

 

Apesar do clima tenso, foram poucos os comentários políticos. Um ou outro discurso saiu em defesa da Lei Rouanet, alvo de críticas recentes, e da resistência da classe artística.

 

O diretor Zé Henrique de Paula, ao subir ao palco para receber o troféu de voto popular para “Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812”, lembrou da frase “Ninguém solta a mão de ninguém”, que tem circulado nas redes sociais, pedindo paz e resistência durante o próximo governo. Ao fim da cerimônia, também ouviu-se da plateia gritos de “Ele não” -contra o presidente eleito, Jair Bolsonaro.

Rafael Portugal apresenta comédia ‘Eu Comigo Mesmo’ nesta sexta em Salvador
Foto: João Caldas / Divulgação

Conhecido pelo seu trabalho no Porta dos Fundos, o ator Rafael Portugal desembarca em Salvador com a comédia “Eu Comigo Mesmo”, em cartaz nesta sexta-feira (16), às 21h, no Teatro Sesc Casa do Comércio. No palco, o artista alia a rapidez do stand up à criatividade na composição de um personagem inusitado para entreter e fazer o público se divertir.


Na ocasião, o público poderá conferir um pouco das histórias mais engraçadas que aconteceram na vida de Rafael Portugal, como quando ele se alistou no exercito e não tinha nenhuma noção do que iria acontecer lá dentro ou quando era adolescente e  passava o dia na casa de praia. Os ingressos custam R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia).

 

SERVIÇO
O QUÊ:
“Eu comigo mesmo” com Rafael Portugal
QUANDO: Sexta-feira, 16 de novembro, às 21h
ONDE: Teatro Sesc Casa do Comércio – Salvador (BA)
VALOR: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia)

Tributo a Chris Cornell terá participação de Foo Fighters, Metallica, Soundgarden e Audioslave
Foto: Divulgação

O show “I Am the Highway: A Tribute to Chris Cornell”, que acontecerá no dia 16 de janeiro de 2019, em Los Angeles, para homenagear o ex-vocalista do Audioslave, morto em maio do ano passado, reunirá um time de peso. De acordo com anúncio da viúva do músico, Vicky Cornell, o evento contará com a participação de integrantes do Soundgarden, Audioslave e Temple of the Dog, além de apresentações especiais do Foo Fighters, Metallica e Ryan Adams. "É uma honra juntar todos esses artistas e amigos incríveis para homenagear o Chris, sua música e a marca que ele deixou no mundo. Estamos ansiosos para compartilhar essa noite com todos os fãs", disse ela, em comunicado.

Teatro Vila Velha recebe quinta edição do Fórum Nata de Africanidade 
Foto: Divulgação

O Núcleo Afrobrasileiro de Teatro de Alagoinhas (Nata) realiza a quinta edição do Ipadê – Fórum Nata de Africanidade, no dia 25 de novembro, a partir das 17h, no Teatro Vila Velha, em Salvador. Com a temática “Cadê a mulher negra para a gente ver? Feminilidades e representatividade”, o evento propõe a discussão sobre a presença de mulheres negras em espações sociais e suas formas de representação.


Participam do encontro Adriana Quilombos, mulher negra, ekedi filha de Oxum e historiadora formada pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc); e Fran Demétrio, mulher trans, negra, filha de Oxum, doutora em Saúde Coletiva pelo ISC/Ufba, professora adjunta e pesquisadora da Ufrb. 


O evento contribuirá no processo de pesquisa sobre feminismo negro e a divindade Oxum, desenvolvido para a montagem Oxum, que estará em cartaz de 22 a 25 de novembro, no Teatro Vila Velha. As atividades fazem parte do projeto Oroafrobumerangue. 

 

SERVIÇO
O QUÊ:
V Ipadê – Fórum Nata de Africanidade
QUANDO: Domingo, 25 de novembro, às 17h
ONDE: Teatro Vila Velha – Salvador (BA)
VALOR: Gratuito

Juazeiro: V Festival Internacional da Sanfona terá exposição temática
Foto: Divulgação

Além das atrações musicais, o V Festival Internacional da Sanfona, que acontece desta quarta-feira (14) a sábado (17), no Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro, contará com uma exposição temática. Com entrada gratuita, a mostra integra a programação educativa do festival e contempla exibição de fotos de momentos marcantes das edições anteriores e obras de arte de artistas locais relacionadas ao universo da sanfona. Durante a exposição, o público poderá ainda observar como se dá o conserto, a afinação e a eletrificação do acordeom, e também acompanhar o processo de confecção de uma zabumba ao vivo. A visitação é de 9h às 12h e 14h às 21h.

 

"As fotos em exposição são de autoria da equipe responsável pelo registro do Festival em fotografia, composta por Ivan Cruz e Regina Lima e teremos o ponto para venda de camisas e lembranças da região, do festival que sempre é solicitada pelo público que comparece ao festival e quer levar para casa uma lembrança do evento e da cidade", explica Celso Carvalho, diretor geral do festival.

 
SERVIÇO
O QUÊ:
Exposição temática - V Festival Internacional da Sanfona
QUANDO: Quarta-feira a sábado, 14 a 17 de novembro, 9h às 12h e 14h às 21h
ONDE: Centro de Cultura João Gilberto – Juazeiro (BA)
VALOR: Aberto ao público 

Sylvia Patricia recebe Simoninha na próxima edição do Domingo no TCA
Foto: Laura Alvim / Divulgação

A cantora e compositora baiana Sylvia Patrícia é a próxima atração do projeto Domingo no TCA, que acontece no dia 25 de novembro, às 11h, na sala principal do Teatro Castro Alves, em Salvador. O público baiano poderá conferir o show “Samba Rock, Salvador!”, em homenagem ao gênero musical surgido no Brasil nos anos 1960. Na ocasião, a artista receberá Wilson Simoninha - filho de Wilson Simonal -, herdeiro e representante do estilo.


“Fui fortemente influenciada por esse gênero e sempre incluí algo com essa levada nos meus discos e nos meus shows. Quando comecei a fazer apresentações fora do Brasil, sentia cada vez mais forte a identidade da música brasileira com o samba rock. Daí nasceu a vontade de fazer uma homenagem a esse estilo musical que, nos anos 1940, já dava suas caras através de Jackson do Pandeiro, e que hoje é tão universal”, comenta Sylvia.


No repertório, clássicos do samba rock, como “Mas que Nada” e “Chove Chuva”, de Jorge Ben Jor; “Réu Confesso” e “Sossego”, de Tim Maia; e alguns novos sucessos, como “Burguesinha”, de Seu Jorge; “Fato Consumado”, de Djavan e “SOS Solidão”, de  Lulu Santos. O setlist terá ainda a canção inédita “Quisera”, um samba rock autoral gravado no box CD+DVD “Sylvia”, também está no roteiro do show.


Os ingressos custam R$ 1 (inteira) e R$ 0,50 (meia), vendidos apenas no dia do evento, a partir das 9h, com acesso imediato ao teatro.

 

SERVIÇO
O QUÊ:
Domingo no TCA - Sylvia Patrícia - Samba Rock, Salvador!
QUANDO: Domingo, 25 de novembro, às 11h
ONDE: Sala Principal do Teatro Castro Alves – Salvador (BA)
VALOR: R$ 1 (inteira) e R$ 0,50 (meia)

Quarta, 14 de Novembro de 2018 - 09:50

Estreia da Globoplay, 'Ilha de Ferro' tem mais duas temporadas confirmadas

por Cris Veronez | Folhapress

Estreia da Globoplay, 'Ilha de Ferro' tem mais duas temporadas confirmadas
Foto: Divulgação

Os 12 capítulos da série "Ilha de Ferro", produzida exclusivamente para o Globoplay, estarão disponíveis na plataforma de streaming nesta quarta (14).

Uma exibição especial do primeiro episódio irá ao ar também na TV Globo, no dia 19 de novembro, durante o "Tela Quente Especial". A estratégia é a mesma utilizada no lançamento de "Assédio" e de  "The Good Doctor", originalmente do canal americano ABC, que se tornou o maior sucesso da Globoplay em seus três anos. 

Em entrevista coletiva na noite desta terça (13), a autora Adriana Lunardi confirmou que as gravações da segunda temporada da série já estão sendo feitas e que a GloboPlay solicitou uma terceira, cujos textos ainda não começou a ser escrito.

A série conta a história de Dante (Cauã Reymond) e Júlia (Maria Casadevall). Assim como os demais petroleiros, vivem temporadas em terra e no mar, onde passam duas semanas inteiramente confinados na PLT-137, a ilha de ferro, localizada a uma hora de helicóptero da costa brasileira.

Os petroleiros enfrentam todo tipo de desafio para manter a produção em dia, e ao voltarem para casa dão de cara com seus dramas familiares. No caso de Dante, sua esposa Leona (Sophie Charlotte) lhe conta logo no primeiro capítulo que transou com o cunhado, Bruno (Klebber Toledo). Há uma briga entre os irmãos e Bruno fica em coma.

Animado com a estreia, Reymond afirmou: "Hoje em dia o que eu mais gosto de fazer é série".

Com supervisão de texto de Mauro Wilson e direção artística de Afonso Poyart, "Ilha de Ferro" Foi criada e escrita por Adriana Lunardi e Max Mallman, morto em 2016. "Quando estávamos no episódio oito, o Max [Mallman] faleceu. "Ilha de Ferro" é uma justa homenagem a ele", afirmou Lunardi.

A expectativa da emissora é a de que a produção atraia audiência parecida com a de "Carcereiros", que voltou a ser exibida em outubro. A minissérie reforça o catálogo de atrações do serviço de streaming do canal, iniciativa que contempla um público consumidor de conteúdo pela internet.

Vencedores do Prêmio Literário Biblioteca Nacional são anunciados
Foto: Divulgação

A Fundação Biblioteca Nacional 2018 anunciou, nesta terça-feira (13), os vencedores de suas nove categorias. A cerimônia de entrega acontecerá no dia 4 de dezembro, no Rio de Janeiro, dando a cada ganhador o prêmio do valor de R$ 30 mil. Concedido desde 1994 a autores, o Prêmio Literário Biblioteca Nacional tem como objetivo homenagear os tradutores e projetistas gráficos de obras impressas e publicadas no Brasil em língua portuguesa, que se destacam anualmente.


Confira os vencedores:

Categoria Conto – Prêmio Clarice Lispector
Gustavo Pacheco, com a obra “Alguns humanos”, Tinta-da-China
 
Categoria Ensaio Literário – Prêmio Mário de Andrade
Madalena Natsuko Hashimoto Cordaro, com a obra “A erótica japonesa na pintura & na escritura dos séculos XVII a XIX”, Edusp

 

Categoria Ensaio Social – Prêmio Sérgio Buarque de Holanda
Lilia Moritz Schwarcz, com a obra “Lima Barreto: triste visionário”, Companhia das Letras
 

Categoria Literatura Infantil – Prêmio Sylvia Orthof
Lúcia Hiratsuka, com a obra “Chão de peixes”, Pequena Zahar


Categoria Literatura Juvenil – Prêmio Glória Pondé
Lourenço Cazarré, com a obra “Os filhos do deserto combatem na solidão”, Cepe Editora


Categoria Poesia – Prêmio Alphonsus de Guimaraens
Francesca Angiolillo, com a obra “Etiópia”, 7 Letras
 

Categoria Projeto Gráfico – Prêmio Aloísio Magalhães
Gabriela Marques de Castro, Paulo André Chagas e Gustavo Marchetti com a obra “O nome do medo”, com organização de Lisette Lagnado, Museu de Arte do Rio / Instituto Odeon
 

Categoria Romance – Prêmio Machado de Assis
Evandro Affonso Ferreira, com a obra “Nunca houve tanto fim como agora”, Record

 
Categoria Tradução – Prêmio Paulo Rónai
Maurício Mendonça Cardozo, com a obra “De minha vida: poesia e verdade” (Johann Wolfgang von Goethe), Editora Unesp

Consciência Negra é celebrada com exposição ‘Negra Bahia’ no Palacete das Artes
Foto: Sinisia Coni

Em homenagem ao Dia da Consciência Negra, em 20 de novembro, o Palacete das Artes abre a exposição “Negra Bahia”, da fotógrafa Sinisia Coni. Neste dia, a partir das 19h, o público poderá conferir as 30 obras documentais e artísticas, que ficam em cartaz até o dia 27 de janeiro de 2019, com entrada gratuita. “Sou ‘street photographer’ e meu objetivo maior é capturar imagens de diferentes povos e culturas, principalmente na minha terra, a Bahia/Brasil, lugar possuidora de um cenário riquíssimo tanto no cotidiano do nosso povo como nos eventos populares, religiosos, cívicos e na nossa natureza. Em tudo que olho, vejo; Em tudo que vejo, sinto; Em tudo que sinto registro com minha alma ou com minha câmera. Fotografia é para mim um grande amor cuja essência é momento, sentimento e luz”, declara a artista, que é graduada em História e Design de Interiores.

 

SERVIÇO
O QUÊ:
Abertura da Exposição Negra Bahia
QUANDO: 20 de novembro de 2018 a 27 de janeiro de 2019
ONDE: Palacete das Artes – Salvador (BA)
VALOR: Aberto ao público

Governo instala comissão para apurar repasses de R$ 5,5 mi da União para São João da Bahia
Foto: Carla Ornelas/GOVBA

O governo da Bahia, através da Secretaria de Turismo da Bahia, abriu uma comissão de sindicância destinada à apuração minuciosa de todas as circunstâncias relacionadas à execução dos convênios celebrados pela Bahiatursa, com o Ministério do Turismo, nos exercícios de 2009 e 2010.

Conforme levantamento feito pelo Bahia Notícias, os seis convênios investigados totalizam R$ 5.523.000,00. Todos destinados ao São João do estado nos dois anos citados. À época, a Bahiatursa era presidida por Emília Maria Salvador Silva, que deixou o comando em 2011.

O repasse de R$ 3.726.000,00 para o São João de 2009 teve uma contrapartida de R$ 657.529,43. O evento Arraiá de São Tomé de Paripe ganhou repasse de R$ 300 mil e não deu nenhuma contrapartida. O lançamento da festa junina baiana na cidade de São Paulo revê R$ 189 mil de repasse, com uma contrapartida de R$ 21 mil. Já o Evento Cultural Junho da Liberdade teve R$ 268 mil e contrapartida de R$ 30 mil.

O forró do Terreiro de Jesus ganhou repasse R$ 870 mil e contrapartida de R$ 96,7 mil. Por fim, o convênio do lançamento do São João na cidade de Belo Horizonte teve repasse de R$ 170 mil e contrapartida de R$ 18.888,88.

Ainda segundo a portaria, o colegiado tem finalidade de “delimitar a responsabilidade dos agentes públicos que, mediante conduta comissiva ou omissiva, dolosa ou culposa, concorreu para a ocorrência dos fatos ilícitos detectados pelo Ministério do Turismo, ainda que estes não possuam mais vínculo com a Administração”.

Procurada, a Setur informou que a "comissão nomeada está incumbida de realizar a investigação administrativa que permite registro processual das informações obtidas, com a finalidade de esclarecer fato determinado, cuja apuração é de interesse da Setur". 

"Os documentos a serem obtidos ao longo do processo serão esclarecedores dos procedimentos relacionados à execução dos convênios pela extinta Bahiatursa. Essa medida visa ao estrito cumprimento do dever legal", diz nota enviada ao BN. (Atualizada às 6h50).

Jaden Smith diz que está namorando Tyler, The Creator e vídeo viraliza nas redes socias
Foto: Divulgação

Jaden Smith surpreendeu os fãs ao anunciar que estaria namorando o rapper Tyler, The Creator, nesta segunda-feira (12), durante seu show nos Estados Unidos. 

 

Os fãs gravaram o momento da declaração do cantor e o vídeo viralizou nas redes sociais. O filho do ator Will Smith disse: “Eu só quero dizer que o Tyler, The Creator é o meu melhor amigo do mundo inteiro. Eu amo demais o Tyler e quero dizer uma coisa para vocês. Eu quero dizer. O Tyler não quer contar, mas eu vou: ele é a p**** do meu namorado”. 

 

Com a repercussão dos internautas, Jaden escreveu em sua conta do Twitter: “Sim, Tyler, eu disse para todos. Você não pode negar agora”.  O rapper respondeu: “Você é um homem louco”. 

 

Os fãs dos artistas estão divididos sobre a declaração de Jaden. Parte acredita que foi uma brincadeira e outra acha que pode ter sido uma revelação verdadeira.

 

 

Em homenagem ao Mês do Doador, Hemoba lança campanha em parceria com a Osba
Foto: Divulgação

Em alusão ao Mês do Doador de Sangue, a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) lançou a campanha "Sua Doação Toca o Coração", em parceria com a Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba). Em função disso, todas as unidades da Hemoba terão ações em homenagem aos doadores, com a música como destaque.

 

Além de integrar o conteúdo da causa do sangue na programação de redes sociais e impressos, a Osba realizará apresentações no Hemocentro Coordenador, localizado na Ladeira do Hospital Geral do Estado (HGE). Nos dias 21 e 22 de novembro, serão apresentadas as Cameratas Opus Lumen e Quadro Solar, respectivamente.

 

Haverá ainda uma ação de coleta, em 24 de novembro, na Red Burger N Bar (Barra), das 8h às 17h. Denominada "Meu Sangue é Red", a campanha busca conscientizar o público-alvo sobre a importância de ser um agente transformador.

 

Para doar sangue, os candidatos devem ter entre 16 e 69 anos de idade, sendo que os menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal e as pessoas com mais de 60 anos só poderão doar caso já tenham realizado uma doação anteriormente. Além disso, o voluntário deve portar documento oficial com foto, estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 quilos e estar bem alimentado.

Banda carioca Baleira se apresenta no Rio Vermelho nesta sexta
Foto: Divulgação / Felipe Abrahão

A banda carioca Baleia se apresenta em Salvador nesta sexta-feira (16), no Portela Café, no Rio Vermelho, a partir das 23h. 

 

O repertório do show conta com as músicas do EP recém-lançado, “Coração Fantasma”, como “Eu Estou Aqui”, “A Mesma Canção” e “Lulu”. Além de canções dos dois álbuns anteriores da banda “Quebra Azul” e “Atlas”, e também de covers de artistas como Dorival Caymmi, Radiohead e Rodrigo Amarante. 

 

As bandas baianas Tangolo Mangos e Astralplane também irão se apresentar antes do show do grupo carioca. 

 

Baleia é formada por Sofia Vaz (voz, teclados e guitarra), Gabriel Vaz (voz, bateria e guitarra), Felipe Pacheco Ventura (guitarra e violino) e Caire? Rego (baixo). 

 

SERVIÇO
O QUÊ: Baleia 
QUANDO: Sexta-feira, 16 de novembro, às 23h 
ONDE: Portela Café, Rio Vermelho, Salvador-BA
VALOR: R$ 25 

'Mulher com a Palavra' recebe referências do feminismo negro no Brasil
A filósofa Djamila Ribeiro é uma das convidadas | Foto: Reprodução / Instagram

Em sua última edição neste ano, o "Mulher com a Palavra" recebe um trio de pensadoras do feminismo negro brasileiro: a filósofa Djamila Ribeiro, a assistente social e pesquisadora de gênero Carla Akotirene e a arquiteta e escritora Joice Berth para uma conversa com o público baiano. O bate-papo acontecerá no dia 21 de novembro, às 20h, na Sala Principal do Teatro Castro Alves e terá mediação da apresentadora Rita Batista.

 

O evento ainda contará com uma performance da escritora baiana Lívia Natália, que irá compartilhar alguns dos seus poemas, presentes em livros como Água Negra e Dia Bonito para Chover, entre outros. A noite de encerramento do Mulher com a Palavra segue discutindo sobre a diversidade dos modos e expressões do feminismo contemporâneo, agregando personalidades de diferentes trajetórias profissionais e experiências.

 

Em 2018, a presença de mulheres negras se destacou, reunindo nomes como Conceição Evaristo, Karol Conká, Gaby Amarantos (lembre aqui), Zezé Motta, Maíra Azevedo, além de artistas como Daniela Mercury, Marina Lima, Elza Soares, Taís Araújo, Camila Pitanga, Marina Lima, Zélia Duncan, Márcia Tiburi, Preta Gil, MC Carol e Elisa Lucinda ao longo dos três anos de evento. O projeto é uma iniciativa da Maré Produções Culturais e Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia, recebe as duas grandes personagens, com o intuito de valorizar a trajetória pessoal e profissional das mulheres.

 

SERVIÇO

O QUÊ: Mulher com a Palavra  – Djamila Ribeiro, Carla Akotirene, Joice Berth e Lívia Natália

QUANDO: Quarta-feira, 21 de novembro, às 20h

ONDE: Teatro Castro Alves

QUANTO: R$ 10 (inteira) e R$5 (meia)

Os ingressos podem ser comprados no site, na bilheteria do teatro e nos balcões SAC do Shopping Barra e Bela Vista.

Terça, 13 de Novembro de 2018 - 19:50

Iza canta em homenagem à banda Maná no Grammy Latino

Iza canta em homenagem à banda Maná no Grammy Latino
Foto: Divulgação / Pino Gomes

Iza, junto com outros artistas, irá realizar uma homenagem para a banda mexicana Maná na Gala, promovida pelo Grammy Latino, que acontece nesta quarta-feira (14), em Las Vegas. 

 

De acordo com informações do site da Revista Quem, a cantora foi anunciada pela própria Academia Latina de Gravação como uma das performances. Iza falou com o site sobre a novidade: “O Grammy é tipo o selo que você está no caminho certo. Quantos outros álbuns eles não devem ter analisado para chegar nesse grupo tão pequeno, de cinco! Eu me sinto lisonjeada, é que algo que eu sempre sonhei. O Grammy é a premiação máxima da música, eu realmente não esperava que isso acontecesse agora”. 

 

A cantora carioca está concorrendo pela primeira vez ao Grammy Latino na categoria de Melhor Álbum Pop em Língua Portuguesa pelo seu disco de estreia, “Dona de Mim”. A cerimônia do Grammy acontece nesta quinta-feira (15), nos Estados Unidos. 

Terça, 13 de Novembro de 2018 - 18:50

Guilherme de Sá, vocalista do Rosa de Saron, anuncia saída da banda

por Lara Teixeira

Guilherme de Sá, vocalista do Rosa de Saron, anuncia saída da banda
Foto: Divulgação

O vocalista Guilherme de Sá da banda de rock católico Rosa de Saron anunciou nesta terça-feira (13) que está deixando o grupo. 

 

A notícia foi revelada por meio de uma transmissão ao vivo realizada pela banda em sua página do Facebook. No vídeo o cantor confirmou sua saída e justificou o motivo citando “três ‘Guilhermes’ diferentes”. “O Guilherme antes de entrar no Rosa, com grandes sonhos. O Guilherme após a entrada na banda, com outros sonhos enormes e realizações, e o terceiro, Guilherme pai, que após a paternidade construiu uma família linda e com outros objetivos e responsabilidades”. 

 

O vocalista ainda destacou que irá se afastar do grupo para se dedicar à família, mas não abrirá a mão da música. “Vou abrir minha agenda para casamentos e eventos privados e não vou abandonar minha carreira solo”, contou. 

 

O guitarrista Eduardo Faro garantiu no vídeo que a banda irá seguir em “sua missão religiosa”. “A nossa missão se confundiu com a nossa vida. O rosa continua sim. Triste pela saída de uma pessoa querida e importante. Uma renovação, uma nova proposta de vida”.

 

 

Última temporada de ‘Game Of Thrones’ estreia em abril de 2019
Foto: Divulgação

A HBO anunciou nesta terça-feira (13) que a estreia da oitava e última temporada de “Game Of Thrones” será em abril de 2019.

 

O mês de lançamento da série baseada nas obras do autor George R. R. Martin foi revelada através de um vídeo promocional divulgado na conta do Twitter de GOT e mostra os conflitos que ocorream ao longo dos últimos sete anos. 

 


 

Terça, 13 de Novembro de 2018 - 16:40

Silvio Santos será tema de série de TV produzida pela Fox

Silvio Santos será tema de série de TV produzida pela Fox
Foto: Divulgação

A Fox anunciou, em parceria com a Gullane Filmes, que irá produzir uma série de televisão baseada na vida do apresentador e empresário Silvio Santos. 

 

Ainda sem nome, a atração está em fase de desenvolvimento e já foram encomendadas duas temporadas de oito episódios cada. As filmagens da série irão começar no segundo semestre de 2019 e a previsão de estreia é para 2020 em toda a América Latina.

 

Aos 87 anos, Silvio Santos é proprietário do Grupo Silvio Santos, que inclui empresas como a Liderança Capitalização, administradora da Tele Sena, e o SBT – Sistema Brasileiro de Televisão.

 

No sábado (10), o apresentador, que já tem uma carreira de mais de 60 anos na TV, se envolveu em uma polêmica na qual os internautas o acusaram de ter assediado Claudia Leitte. Durante a campanha do Teleton, o proprietário do SBT negou abraçar a cantora baiana pois disse que ficaria “excitado” (veja aqui).    

Terça, 13 de Novembro de 2018 - 15:50

Salvador recebe pela primeira vez Mostra de Cinemas Africanos

Salvador recebe pela primeira vez Mostra de Cinemas Africanos
Foto: Divulgação

Com curadoria de Ana Camila Esteves (Brasil) e Beatriz Leal Riesco (Espanha/ Estados Unidos), chega pela primeira vez a Salvador a Mostra de Cinemas Africanos, que fica em cartaz de 22 a 28 de novembro, no circuito Saladearte Cinema do Museu. A mostra reúne 20 filmes, entre curta e longas-metragens de ficção e documentário, dirigidos por cineastas de países como Senegal, Sudão, África do Sul, Nigéria e Quênia. A programação conta também com cinco sessões comentadas por especialistas em cinema, África e temas relacionados ao evento.


A abertura da mostra acontece às 18h30 do dia 22 de novembro, com a exibição do filme "Rafiki", primeiro longa-metragem dirigido por uma mulher no Quênia, a cineasta Wanuri Kahiu. Também primeiro filme a representar o país no Festival de Cannes, no início deste ano, a obra foi banida no seu país de origem, onde a homossexualidade é crime, já que o longa-metragem conta a história de amor entre duas adolescentes. A sessão contará com um bate-papo com Taís Amordivino e Loiá Fernandes, realizadoras da Cinequebradas, evento que busca dar visibilidade a filmes realizados por e para mulheres negras LBTQs.


SERVIÇO
O QUÊ:
Mostra de Cinemas Africanos 
QUANDO: De 22 a 28 de novembro 
ONDE: Saladearte Cinema do Museu - Salvador
VALOR: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Terça, 13 de Novembro de 2018 - 14:50

Avril Lavigne e Chad Kroeger colocam casa à venda por R$ 30 milhões

por Leandro Vieira | Folhapress

Avril Lavigne e Chad Kroeger colocam casa à venda por R$ 30 milhões
Foto: Divulgação

A cantora Avril Lavigne e Chad Kroeger, vocalista da banda Nickelback, colocaram a casa deles à venda. Eles se separaram em 2015, mas só agora decidiram pela venda.

A casa, que fica em Los Angeles, na Califórnia, foi avaliada em US$ 7,9 milhões, cerca de R$ 30 milhões. Tem 10 mil metros quadrados, seis quartos, sete banheiros e escadaria dupla na sala principal.

A residência fica em Sherman Oaks, distrito que hospeda outros famosos, como a cantora Demi Lovato, as atrizes Lena Headey e Jennifer Aniston e a socialite Paris Hilton.

Avril e Kroeger foram casados entre junho de 2013 e setembro de 2015. Eles não tiveram filhos.

Salvador recebe Virada Sustentável com shows de Larissa Luz, Tássia Reis e ÀTTØØXXÁ
Foto: Andrea Possa Mai / Divulgação

Reunindo cultura, mobilização e educação para a sustentabilidade, a Virada Sustentável, que foi criada em 2011 em São Paulo, aporta em Salvador com mais de 120 atividades gratuitas, em mais de 30 espaços, de 29 de novembro a 2 de dezembro. A programação prevê shows, debates, palestras, painéis, rodas de diálogos, oficinas, apresentações de dança e teatro, projeções mapeadas, exibição de filmes, contação de estórias, exposições, mutirões de grafite, recitais poéticos, atividades de yoga e meditação, além de feiras de arte, artesanato e economia criativa. 


Um dos destaques do evento são as atrações musicais: Pedro Pondé, Tássia Reis, Zuhri, Larissa Luz, OQuadro e ÀTTØØXXÁ, que se apresentarão no Parque da Cidade. A programação completa está disponível na internet (clique aqui).

 

SERVIÇO
O QUÊ:
Virada Sustentável Salvador 2018
QUANDO: 29 de novembro a 2 de dezembro
ONDE: Parque da Cidade, Centro Cultural da Barroquinha, praças e museus do Centro Histórico de Salvador, Casa da Música, Lagoa do Abaeté, Parque das Dunas, Centro Cultural Edson Souto, Casa do Maestro, Parque São Bartolomeu, Comunidade do Solar do Unhão e da Ladeira da Preguiça, Praia do MAM, Forte de Santa Maria, entre outros
VALOR: Grátis

Sussuarana sedia VIII Noite da Beleza Negra e Caminhada do Samba no fim de semana
Foto: Genilson Coutinho / Divulgação

Com o objetivo de valorizar a cultura afro, o bairro de Sussuarana sedia a oitava edição da Noite da Beleza Negra, neste sábado (17), a partir das 18h30, em frente ao Colégio Ruth Pacheco, em Nova Sussuarana. O concurso de dança afro que visa a afirmação da identidade e resgate dos valores culturais através da dança e da estética negra, contará com um júri formado por personalidades ligadas a luta antirracista de todo o país.

 

Já no domingo (18), a festa fica por conta da Caminhada do Samba, que sairá da Casa do Caminho às 13h. As camisas custam R$20 e podem ser adquiridas com a produção dos eventos, através do e-mail comissao.sussuarana@gmail.com ou pelo whatsapp: (71) 99318-4452.

Secult divulga resultado de seleção do Projeto Jovens Empreendedores
Foto: Divulgação

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult), nesta segunda-feira (12), o resultado da seleção do Projeto Jovens Empreendedores. Voltado para jovens de 18 a 29 anos com interesse em trabalhar na área cultural, a iniciativa realizará ciclos de formação em Vitória da Conquista, de 19 de novembro a 6 de dezembro, no Centro de Cultura Camilo de Jesus Lima (28 Vagas); e Ilhéus, de 22 de novembro a 9 de dezembro, na Universidade Estadual de Santa Cruz (34 vagas).


A execução do projeto é do Escritório Bahia Criativa - Superintendência de Promoção Cultural, da Secult, que tem por diretriz atuar na concepção, planejamento e execução de ações voltadas à gestão, empreendedorismo e inovação de negócios criativos da área da Cultura. 


A lista de selecionados está disponível na internet: 
Vitória da Conquista

Ilhéus

Elza Soares ganha biografia autorizada escrita por Zeca Camargo
Foto: Divulgação

Depois de documentário e musical, Elza Soares acaba de ganhar uma biografia autorizada, escrita por Zeca Camargo. O livro é resultado de uma série de entrevistas com a cantora, que somam mais de 40 horas de depoimentos. “A nossa opção, minha e da editora, foi focar na própria Elza. A biografia de uma pessoa viva é uma coisa preciosa, porque ela está lá para contar a história dela”, explicou o jornalista, ao jornal O Globo, revelando que começou a escrever a publicação após ler a outra biografia de Elza, “Cantando para não enlouquecer” (1997), de José Louzeiro. “O que eu usei, e bastante, foi o livro que ela própria escreveu, ‘Minha vida com Mané’, que é muito raro. Mas ali também é uma biografia muito pessoal, impressionista. Cerca de 90% do que usei vieram do que ela me falou”, contou Zeca Camargo.


A ideia da nova biografia, segundo o autor, é também contextualizar fatos já conhecidos do público. “Todo mundo já leu milhares de entrevistas com ela, e alguns episódios são muito conhecidos, a ponto de terem ficado desgastados. Você sabe que ela foi no programa do Ary Barroso e que ele perguntou de que planeta ela vinha [“do planeta fome”, respondeu Elza, classicamente]. A ideia era pegar episódios muito conhecidos e recontá-los de uma maneira mais rica. Quem estava na plateia? O que ela sentia? Com que roupa estava? Como era a voz do Ary Barroso? A Elza tem uma memória prodigiosa para quem, como a gente brinca, tem algo entre 85 e 88 anos de idade”, explicou, Zeca, que durante as entrevistas acabou conseguindo revelações da artista. Para ele Elza falou pela primeira vez abertamente sobre a entrada ao mundo das drogas, após a morte do filho, em 1986. “No dia seguinte, a Elza pediu para retirar aquilo do livro, porque se sentia vulnerável. Eu disse que ia escrever o episódio dentro de um contexto e dar para ela ler. Ela leu e disse que estava legal. No fim, mesmo os episódios mais dramáticos e talvez mais constrangedores que ela contou entraram”, lembrou Zeca Camargo. 

Terça, 13 de Novembro de 2018 - 09:50

Ana Cañas lança clipe de ‘TODXS’, faixa-título de novo disco; veja vídeo

por Jamile Amine

Ana Cañas lança clipe de ‘TODXS’, faixa-título de novo disco; veja vídeo
Foto: Reprodução / Youtube

A cantora e compositora paulista Ana Cañas lançou, nesta segunda-feira (12), o videoclipe de “TODXS”, faixa-título de seu mais novo disco, lançado no dia 6 de novembro, de forma independente. Gravado nas ruas de São Paulo e dirigido pelo coletivo Farpa, o clipe - assim como a letra da música - tem um forte cunho político e social, com um apelo pela defesa da diversidade da tolerância, evidenciado pelo protagonismo das minorias marginalizadas, como negros, gays, lésbicas, e transexuais. 

 

“Acredito no amor/ Na lâmina da vida/ Na beleza dos rolê/ Na luz/ Na luz, na poesia/ No bem sem ver a quem/ Na vereda louca da esquina/ E ainda que nem sempre/ Dos homens/ Na justiça/ Na beleza das cores/ Na liberdade das crenças/ A alma desconhece/ As diferenças”, diz parte da canção, assinada por Ana Cañas em parceria com o rapper Sombra, que também participa do clipe.  

 

Veja o clipe de "TODXS":

Após se isolar do mundo, Tiago Iorc é encontrado em praia de Salvador
Foto: Divulgação

Enquanto muita gente achava que o cantor Tiago Iorc estava morando nos Estados Unidos para viver longe dos holofotes, o artista foi encontrado na Bahia. De acordo com o colunista Leo Dias, do jornal O Dia, o cantor ficou alguns meses no Morro de São Paulo e atualmente está hospedado em uma pousada simples, próxima a uma praia em Salvador. Nem a família do ex-namorado de Isabelle Drummond sabia o seu paradeiro e o motivo dele ter decidido se isolar.

Tiago Iorc na Bahia. Foto: Reprodução / Instagram 

 

Ainda segundo a publicação, Tiago se cansou “de ser rodeado de pessoas interesseiras e que nunca quis nada além da simplicidade”. Portanto, o cantor estaria se sentindo feliz atualmente, e em paz consigo mesmo. O músico de 32 anos declarou ainda que talvez volte para São Paulo, onde sua família mora, antes do fim do ano. Contou, ainda, que pretende lançar um livro, cujo tema deverá causar polêmica.

Histórico de Conteúdo