Espetáculo 'Pele negra, Máscaras Brancas' é atração do próximo Domingo no TCA
Foto: Adeloyá Magnoni

O espetáculo "Pele negra, Máscaras Brancas", da Companhia de Teatro da Ufba, é a atração da próxima edição do projeto Domingo no TCA, realizado no dia 14 de julho, às 11h, na sala principal do Teatro Castro Alves, em Salvador, com ingressos a R$ 1 (inteira) e R$ 0,50 (meia).


Inspirada na obra de Frantz Fanon, influente psiquiatra e pensador negro do século XX, a peça tem texto de Aldri Anunciação, direção de Onisajé (Fernanda Júlia) e co-direção de Licko Turle. O enredo aborda os impactos gerados pelo racismo na vida de pessoas negras e o elenco é formado majoritariamente por atores negros.


Para Onisajé, “o convite para ir ao TCA é a possibilidade de abrir um equipamento público para uma plateia que, geralmente, não se vê representada em grandes palcos”.

 

SERVIÇO
O QUÊ:
"Pele negra, Máscaras Brancas" – Domingo no TCA
QUANDO: Domingo, 14 de julho, às 11h
ONDE: Sala principal do Teatro Castro Alves – Salvador (BA)
VALOR: R$ 1 (inteira) e R$ 0,50 (meia) | Vendas somente no dia, a partir de 9h, com acesso imediato do público ao teatro

David Miranda denuncia censura em mostra LGBTI+ no Centro Cultural da Câmara 
Foto: Michel Jesus / Câmara dos Deputados

“Só podemos chamar de censura”, afirmou o deputado David Miranda (Psol-RJ), sobre a proibição do uso da palavra “ditatura” em um painel exposto no Centro Cultural da Câmara dos Deputados. 


De acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, a obra em questão integrava uma homenagem aos 50 anos de Stonewall, um marco na luta LGBTI+. 


Em entrevista à publicação, o deputado atribuiu o veto à diretora do espaço, Isabel Flecha de Lima. David disse ainda que ela teria proibido também o uso da frase “tempos obscuros e de mentiras que vivemos”. 


Procurada, Flecha de Lima afirmou que a Casa “evita que polêmicas políticas e juízo de valor façam parte de exposições promovidas pelo Centro Cultural”.

Para 'desafogar' São João no Pelourinho, governo discute ter palco na orla ou Cajazeiras
Foto: Lucas Arraz / Bahia Notícias

A alta demanda de público nos cinco dias de São João no Pelourinho pode fazer a Bahiatursa criar mais um palco para a festa junina promovida pelo governo no estado em Salvador.

 

O superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado, comentou que um terceiro palco será estudado como alternativa para “descentralizar” o público do Centro Histórico, que superou expectativas e superlotou os largos. A alternativa poderia levar um palco da festa para a orla da capital ou Cajazeiras.

 

“O espaço físico do Pelourinho tem algumas limitações, mas qualquer alteração na organização será discutida para tentar melhorar a questão no próximo ano”, disse Medrado. 

 


Medrado dissse que Bahiatursa pode discutir criação de palco na orla ou em Cajazeiras | Foto: Bahia Notícias

 

A Bahiatursa estima que, em média, até 50 mil pessoas foram ao Centro Histórico (saiba mais aqui) nos cinco dias de festa e outras 60 mil foram à praça João Martins, em Paripe, na apresentação de Simone e Simaria no último domingo (23). 

 

“Vamos melhorar a festa a cada ano, nos adequando às necessidades do público”, defendeu Medrado. Para driblar a superlotação no palco principal e nos largos do Pelourinho nesta edição, a Bahiatursa introduziu na festa manifestações artísticas e o São João Itinerante. A proposta, com ares de Carnaval, colocou bandas locais de forró em cima de microtrios que fizeram o trajeto circular do Terreiro de Jesus (veja aqui). 

 


Alternativa para largos com capacidade máxima foi São João Itinerante | Foto: Divulgação
 

“Vamos aprimorar essas intervenções e tentar adequar o espaço, descentralizando o público no Centro Histórico, como já fizemos com a criação do palco em Paripe”, argumentou Medrado. 

 

No São João deste ano cerca de 130 atrações se dividiram nos palcos dos largos do Pelourinho, Quincas Berros d´Água, Tereza Batista, Pedro Archanjo e do Cruzeiro de São Francisco, no Terreiro de Jesus e em Paripe.

Após fim da Copa do Mundo, Didá quer manter apoio à seleção feminina para 'fortalecer a luta'
Foto: Divulgação

A Didá Banda Feminina, com sua percussão, foi responsável por animar os intervalos dos jogos da seleção brasileira na Copa do Mundo Feminina de 2019. Já conhecido e reconhecido internacionalmente, o grupo ganhou mais projeção com a participação nas transmissões oficiais. Mas foi um erro que ampliou ainda mais esse alcance. 

 

A banda, composta apenas por mulheres, foi fundada há 25 anos pelo Mestre Neguinho do Samba, criador do samba reggae. "O Neguinho tem um papel fundamental, não só para a música, mas para a política e para o movimento negro da Bahia. Quando ele pensou na Didá, grupo só para mulheres, muitos chamaram ele de doido. Mas ele dizia para mim e para as meninas que a ideia que ele tinha desde menino de mãe, tia, irmã era de muita força. Então ele acreditava no grupo", contou Viviam Caroline, diretora da Didá. 

 

Viviam revelou que Neguinho do Samba, ao criar a Didá, estava fazendo um preenchimento de uma "lacuna histórica", que inviabiliza o corpo e o discurso da mulher negra. "É como se nós não tivéssemos potencialidade ou vontade de fazer algo. Hoje eu caracterizo a Didá como uma tecnologia de resgate. Ela é um dispositivo que a gente aciona para se posicionar, para elaborar uma narrativa, para dizer quem nós somos, como nós nos vemos e não como os outros vêem". 

 

Com cerca de 80 integrantes femininas e sem contar mais com a presença física de Neguinho, que faleceu em 2009, a banda realiza um trabalho não só de fortalecimento das mulheres, mas também de preservação do trabalho e da memória do mestre. 

 

Durante a transmissão da TV Globo da primeira partida do time brasileiro, a Didá foi chamada pelo narrador Galvão Bueno de "Olodum feminino". "O Galvão cometeu uma gafe, mas que foi revertida em acesso", disse Caroline. Após o erro cometido pelo jornalista esportivo, muitas mulheres decidiram realizar publicações para corrigir a fala do apresentador. Inconformadas, as fãs do grupo marcaram as redes sociais da Didá e explicaram a diferença do grupo em relação ao Olodum. "Antes que a gente corresse para se defender, tinham centenas de pessoas fazendo isso, ligando e comentando nas redes sociais. Nós só pensamos: ‘que lindo, que rede bonita de proteção que aconteceu com a Didá’. Então, para a Didá enquanto banda e instituição, foi uma carinho enorme", disse Viviam.

 

"Todo mundo estava na defesa de um trabalho de 25 anos e as pessoas ficaram aborrecidas, falando: ‘não é possível que as meninas estão aí há tanto tempo e o cara não reconheça isso’. E a gente sabe que ele (Galvão) recebeu o material com tudo certinho. Então de repente ele faz uma comparação... e nada contra o Olodum, nós o admiramos muito, nada contra mesmo, mas por que para ele o único signo de estar fazendo aquela apresentação era de um grupo masculino? Nós sabemos que ainda existem essas amarras no pensamento dele e de tantos outros. A grande lição disso tudo foi no acesso, na rede de proteção e na força da internet. Nossas alunas, até as que moram em outros países, sinalizaram o erro nas redes sociais. Foi um presente para a gente, os seguidores na conta da Didá subiram e até começaram uma hashtag chamada 'Somos Todas Didá'”. 

 

A diretora da banda destaca que a banda já vem apoiando a seleção feminina desde os Jogos Olímpicos do Rio 2016 e pretende manter a tradição com as próximas Copas do Mundo. "Foi uma experiência boa, mandamos um vídeo mostrando a nossa torcida, porque pensamos que o que elas passam no esporte não é muito diferente do que nós passamos com a música. Cada um no seu universo, enfrentandos suas dificuldades e sobretudo somos nós por nós. Nós, mais do que qualquer outro grupo, entendemos as dimensões dessas dificuldades".

 

Viviam afirma que esse momento em que a imagem feminina está ganhando mais destaque é importante principalmente pelo fato de poder "ensinar algumas coisas aos homens, porque eles foram educados em uma circunstância de machismo", além de ceder espaço para todas as mulheres que estão ligadas ao esporte de uma forma geral.  

 

"Agora a gente não quer mais interlocução. A gente quer que a seleção seja mais apoiada, que os salários se equiparem, que existam treinadoras, narradoras... Porque as mulheres têm competência para todas as áreas do mercado de trabalho. Então eu acho que, mais do que nunca, esses jogos serem veiculados nos canais abertos, ter um número maior de pessoas assistindo, é uma conquista do nosso meio de mulheres, mesmo que ainda precise melhorar", aponta a diretora. 

 

“O futebol nesse momento é uma vitrine para as mulheres que estão em todas as outras áreas do esporte, porque a gente sabe como é difícil. Até porque esse corpo feminino encontra preconceitos, abusos, violências, a gente sabe bem o que aconteceu com a jogadora francesa [Wendie Renard, que sofreu ataques racistas por causa do seu cabelo]. Então, ao mesmo tempo que a gente celebra, a gente também tem uma imagem muito nítida do que ainda precisa ser conquistado. Mais do que tocar, e ter a parte da torcida, tem uma construção política acontecendo no mundo, a nossa ação de tocar é para fortalecer essa luta”, finalizou. 

Deputado quer Virada Cultural Gospel na Bahia com até 31h de duração paga pelo estado
Foto: Reprodução / Instagram

Deputado estadual mais jovem eleito, Rogério Andrade Filho (PSD) sugeriu a criação de uma Virada Cultural Gospel para a Bahia. O projeto de lei enviado à Assembleia Legislativa (AL-BA) estabelecerá, caso aprovado, até 31 horas de programação gratuita e paga pelo estado voltada a comunidades evangélicas, das 15h do primeiro sábado do mês de setembro até às 22h do domingo seguinte.

 

Procurado para responder sobre detalhes do projeto e suas motivações ao apresentar a proposta, Rogério Andrade Filho se recusou a falar com o Bahia Notícias. 

 

O texto da matéria prevê que o Poder Executivo poderá firmar convênios com prefeituras municipais e entidades privadas da sociedade civil na captação de recursos para a Virada Gospel. Mas, como parte do calendário oficial, caberá ao governo do estado garantir a realização da maratona de acontecimentos voltados à cultura evangélica. A proposição sugere apresentações de filmes, teatro, musicais, danças, palestras, workshops e oficinas que trabalhem valores da cultura gospel baiana.

 

SANGUE DE CRISTO
O projeto permite que os organizadores e participantes vendam pequenos adereços religiosos de uso pessoal e camisetas com a marca da Virada Cultural durante o evento. Na justificativa da matéria, Rogério cita que a “fé move montanhas e também muitos turistas pelo território brasileiro”, o que poderia aquecer as economias e o turismo de municípios baianos durante o período da celebração cristã. 

 

Apesar da liberação de vendas dos adereços de uso pessoal, o projeto veda a  comercialização de bebidas de qualquer teor alcoólico durante as 31 horas que podem compor a virada. 


COMPARTILHANDO A FÉ E A IDEIA
Deputado novo não só em sua idade - 21 anos - como pelo fato de estar no primeiro mandato, Andrade Filho não teve o que se chama de “ideia original” ao tentar regulamentar, via AL-BA, o evento evangélico na Bahia. 

 

O projeto apresentado na AL-BA copia teor e citações da justificativa encontrada no Projeto Lei N° 1132, apresentado em 2015, na Assembleia Legislativa de São Paulo, pelo deputado estadual Milton Vieira (PSD).

 

No legislativo paulistano, a proposta ainda não foi arrebatada para a pauta de votação e segue paralisada até que alguém a ressuscite. 


EM NOME DO PAI, DO FILHO E DO ESPÍRITO SANTO
Filho do prefeito de Santo Antônio de Jesus, Rogério Andrade, o deputado Rogério Andrade Filho é um dos 90 mil santoantoniense contabilizados pelo último censo. De toda a população, segundo o IBGE, cerca de 20 mil pessoas se declaravam como evangélicas no município em 2010 e outras 53 mil como católicas. Caso fosse realizada no município que leva o nome de Cristo, a Virada Gospel poderia agradar 80% da população da cidade. 

Acusado de assédio, Cuba Gooding Jr. alega que suposta vítima tem problemas mentais
Foto: Divulgação / Getty Images

Por meio de seus advogados, o ator Cuba Gooding Jr. pede que a acusação de assédio feita por uma mulher contra ele seja arquivada. Segundo os advogados de Gooding, Mark Heller e Peter Toumbekis, a suposta vítima sofre de problemas mentais.

 

Em pesquisa feita sobre a mulher, os profissionais teriam encontrado um blog em que ela desabafa sobre problemas como depressão e ansiedade. "Depois de ler e revisar a moção para encerrar o caso na justiça, fiquei profundamente surpreso que a promotoria não avaliou a história dessa mulher antes de me processar à luz de seu estado mental problemático como revelado em seu blog", contou Cuba ao site americano TMZ.  

 

No blog, ela relata diagnósticos que recebeu ao longo dos anos. "Fui diagnosticada com depressão, déficit de atenção, transtorno de ansiedade e pós traumático e basicamente aprendi que meu cérebro era uma grande massa gorda. Mas sou orgulhosa, preciso vencer", escreveu a suposta vítima.

 

As publicações feitas no blog foram anexadas ao processo a pedido dos advogados de Gooding. Os advogados do ator ainda reforçam que os vídeos do circuito de vigilância que mostram o suposto momento do assédio são inconclusivos. O ator se declara inocente.

 

No último dia 13 de junho, Gooding se apresentou à polícia voluntariamente, segundo informou a CNN (veja aqui).  A mulher, cujo nome não foi revelado, afirmou à polícia que estava com amigos em um bar de Manhattan, na noite de domingo (9), quando foi apalpada pelo ator na região dos seios. Ela teria reclamado, o que gerou uma discussão entre ela e Gooding Jr. Ela diz que então deixou o local e acionou a polícia. 

 

O ator já havia se envolvido em outro caso de polícia em 2012, quando foi acusado de empurrar uma garçonete em um bar de Nova Orleans. Na ocasião, a mulher afirmou que ele ficou agitado ao ser reconhecido por alguns fãs e acabou empurrando-a quando ela pediu calma. Ela, no entanto, desistiu da acusação. 

 

Cuba Gooding Jr. venceu o Oscar de melhor ator coadjuvante em 1997, por sua interpretação em "Jerry Maguire: A Grande Virada". Mais recentemente, ele esteve na série americana "American Crime Story", em que interpretou o jogador de futebol americano O.J. Simpson, 71, acusado de matar a ex-mulher. 

Terça, 25 de Junho de 2019 - 19:00

Giro: Expo na França

por Adriana Barreto e Cris Montenegro

Giro: Expo na França
Adriana Régis/Foto: Fernando Torquatto
A marca Thereza Priore rompeu fronteiras, cruzou o oceano e desembarcou em Nantes, na França, para participar do evento artsy “Brasil Plural”, que acontece até o dia 13 de julho. A marca da empresária Adriana Régis, que tem se internacionalizado, está ao lado de ateliês, galerias de arte a lojas eleitas para gerar novos negócios através da exportação e no intercâmbio entre o Brasil e a França, visando ampliar o networking dos participantes. A Thereza Priore, que já se tornou referência na moda contemporânea pela singularidade das suas coleções e inventividade das suas peças está sendo um dos destaques do espaço cultural Cosmopolis. Por lá, além de prospectar potenciais clientes, a marca reafirma a presença da Bahia no mundo fashion. (Por Cris Montenegro)
 

 

'Vingadores: Ultimato' será relançado com conteúdos inéditos
Foto: Divulgação

O presidente da Marvel Studios confirmou que "Vingadores: Ultimato", será relançado nos cinemas com novos conteúdos, que serão exibidos após os créditos do longa. 

 

A Marvel anunciou em sua conta do Twitter nesta terça-feira (25), que o relançamento terá uma introdução do diretor Anthony Russo, uma cena deletada "não finalizada" e uma "curta prévia" de "Homem-Aranah: Longe de Casa". Segundo o site MCU Cosmic, a nova transmissão contará também com um tributo para Stan Lee. E também terá uma cena que foi deletada, que será estrelada pelo Hulk, de Mark Ruffalo, mas não revelou os detalhes de seu conteúdo. 

 

 

 

"Vingadores: Ultimato" está próximo de ultrapassar a bilheteria de "Avatar" e o relançamento deve fazer com que a meta seja superada.

Estão abertas as inscrições para o 17º Festival de Música Educadora FM
Foto: Divulgação

As inscrições para o 17º Festival de Música Educadora FM estão abertas até o dia 25 de julho. O projeto oferece espaço para obras musicais inéditas. Os artistas interessados podem receber prêmios que variam de R$ 1.000,00 a R$ 12.000,00.

 

Na primeira etapa do Festival serão selecionadas as 50 gravações que serão exibidas na Rádio Educadora. Após isso, serão escolhidas 14 finalistas, sendo sete músicas com letra e as outras sete instrumentais, todas serão escolhidas pela Comissão Julgadora. As 14 músicas selecionadas irão integrar o CD do XVII Festival. 

 

Os ouvintes poderão escolher,  por meio da internet, uma única obra na categoria "A Música Mais Votada pelos Ouvintes", que integrará o CD do Festival com as 14 finalistas. 

 

No final do projeto, a Comissão Julgadora irá selecionar os 6 vencedores, que receberão os seguintes prêmios em dinheiro, conforme a categoria: melhor música com letra (R$ 12.000,00), melhor música instrumental (R$ 12.000,00), melhor intérprete vocal, cantor (a) ou grupo vocal, (R$ 6.000,00), melhor intérprete instrumental (R$ 6.000,00), melhor arranjo para música instrumental (R$ 6.000,00) e melhor arranjo para música com letra (R$ 6.000,00).

 

Os interessados devem entregar a documentação de inscrição na sede da Rádio Educadora FM, em Salvador, ou enviada através dos Correios sendo, aceitas aquelas enviadas até o dia 25 de julho, devendo chegar à sede da rádio no prazo de até cinco dias corridos, úteis ou não, após a data limite de inscrição. O edital e as informações completas estão disponíveis no site da Educadora (acesse aqui).

Zeca Pagodinho passa por cirurgia e deve ficar três dias internado em hospital do Rio
Foto: Divulgação

Zeca Pagodinho, 60, deu entrada no Hospital Copa Star no Rio de Janeiro por volta das 16h desta segunda-feira (24), onde permaneceu internado para um procedimento cirúrgico previsto para a manhã desta terça (25). Segundo a assessoria do cantor, Pagodinho sofre de uma obstrução nasal crônica de longa data, que estava sendo acompanhado pelo seu médico.

 

O problema afetava a respiração do artista e poderia piorar com o passar do tempo, o que o fez optar pela cirurgia de septoplastia e turbinoplastia, para que tivesse uma "qualidade de vida melhor". "Foi tudo bem planejado, não teve urgência", diz a assessoria, que relatou que o cantor estava bastante tranquilo antes do procedimento. "Ele estava animado, rodou o hospital inteiro, conversou com todas as enfermeiras, falou um monte de coisas".

 

O hospital é o mesmo em que o filho de Luciano Huck, Benício, ficou após o acidente que sofreu neste sábado (22) (veja aqui). A cirurgia de Pagodinho ocorreu dentro do horário previsto, começando entre 7h30 e 8h, com duração de uma hora.

 

O cantor está em recuperação no quarto do hospital, acompanhado por sua esposa, Mônica Silva, ?e sob os cuidados do otorrino Jair de Castro e do pneumologista Marcelo Kalichsztein. Por ter sido necessário o uso da anestesia geral, a previsão de alta de Pagodinho é para sexta-feira (28). Por enquanto, a equipe médica proibiu visitas ao paciente.

Astoria Pink Floyd Cover faz duas apresentações no Café-Teatro Rubi
Foto: Divulgação

O grupo baiano Astoria Pink Floyd Cover faz duas apresentações nesta sexta-feira (28) e sábado (29), às 20h30, no Café-Teatro Rubi, situado no Wish Hotel da Bahia, em Salvador. 


Formada por João Victor (voz), Igor Galindo (bateria), Claudio Diolu (baixo) e Ton Oliveira (guitarra, violões e samplers), a banda apresenta o show “Pink Floyd e seus Grandes Sucessos”, reunindo os maiores hits do grupo britânico.


A inspiração para o nome da banda baiana é da Astoria, embarcação pertencente ao guitarristaDavid Gilmour, que foi cenário da gravação de diversos sucessos, dentre eles o aclamado disco “The Division Bell”.

 

SERVIÇO
O QUÊ:
Astoria Pink Floyd Cover – Pink Floyd e seus Grandes Sucessos             
QUANDO: Sexta-feira e sábado, 28 e 29 de junho, às 20h30
ONDE: Café-Teatro Rubi - Wish Hotel da Bahia – Salvador (BA)
VALOR: Couvert artístico de R$ 50

Sem Rui, Cerimônia transfere sede do governo para Cachoeira pelo 12º ano consecutivo
Foto: Reprodução / Carol Garcia / GOVBA

A cidade de Cachoeira, no Recôncavo baiano, se tornou sede do Governo do Estado nesta terça-feira (25) pelo 12º ano consecutivo. A cerimônia homenageia a libertação baiana do domínio português, em 2 de julho de 1823, e destaca a importância do município nas batalhas travadas pela conquista da independência do Brasil, que tiveram início no dia 25 de junho de 1822.

 

O ato é realizado desde 2007 e foi instituído pelo ex-governador Jaques Wagner (PT), que participou da cerimônia enquanto comandou o estado. Desde que assumiu a Bahia, o sucessor Rui Costa (PT) nunca esteve presente da cerimônia. 

 

Representante do governador, a secretária estadual de Cultura, Arany Santana, participou dos atos tradicionais da ocasião, como o hasteamento da bandeira, o Te Deum - cerimônia religiosa realizada na paróquia da cidade -, e a sessão solene na Câmara Municipal. 

 

De acordo com Arany, a data é importante não somente para Cachoeira e para a Bahia, mas para o Brasil. “Hoje, a cidade de Cachoeira relembra o 25 de junho de 1822, quando autoridades e o povo cachoeirano e de cidades vizinhas tiveram a adesão da Igreja e seguiram para a Câmara, para aclamar Dom Pedro I como príncipe regente do Brasil. Esse foi o primeiro passo para a luta da nossa independência. A heróica Cachoeira tem o privilégio de ter dado o primeiro passo para a independência do país”, ressaltou a secretária.

 

Ainda segundo a Arany Santana, desde o dia 1º de junho, a Secretaria de Cultura do Estado (Secult) vem realizando uma série de atividades históricas e culturais nas cidades do Recôncavo, na Rota da Independência, com rodas de conversa nas escolas e exposições. 

 

"O Governo se faz presente e celebra todo o mês de junho, especialmente na comemoração do 25 de junho. O objetivo é destacar que a data é um momento de orgulho para todos nós”, explicou.

 


Foto: Divulgação / GOVBA
 

Aos 92 anos, conhecida e reconhecida como doutora do samba, Dalva Damiana de Freitas se produziu toda para a data, com roupa de baiana e colares de contas e búzios. "Cachoeira é tudo para mim. Sou operária, criei meus filhos e me sinto orgulhosa com este reconhecimento, que é trazer a sede do Governo para Cachoeira. Isso fortalece a cidade", opinou.

 

Natural de Feira de Santana, o professor Francisco Freitas também prestigiou o evento.  “Vejo esta celebração como uma forma de passar para os mais novos sobre esse fato histórico na cidade. A cerimônia resguarda a tradição”, destacou.

Netflix anuncia nova série brasileira; 'Boca a Boca' tem lançamento previsto para 2020
Diretor Esmir Filho é o criador da nova série | Foto: Reprodução / Facebook

A Netflix anunciou, nesta terça-feira (25), “Boca a Boca”, uma nova série original brasileira, com lançamento prevista para 2020. 


Com roteiros assinados por Esmir Filho, ao lado de nomes como Juliana Rojas, Marcelo Marchi, Jaqueline Souza e Thais Guisasola, a atração contará com seis episódios de 45 minutos. A direção também será assinada por Ermir e Juliana.


A história será ambientada no interior do Brasil e irá explorar a dinâmica das relações de uma juventude hiperconectada, quando uma doença contagiosa desconhecida começa a alterar o cotidiano da pacata comunidade.


“Em uma cidade pecuarista do interior, adolescentes entram em pânico quando são ameaçados por um surto epidêmico causado por uma infecção contagiosa transmitida pelo beijo. Em uma trama contemporânea e misteriosa, a série retrata os desejos de uma juventude conectada em uma realidade física repleta de medo e desconfiança”, diz a sinopse.

Terça, 25 de Junho de 2019 - 14:00

Giro: Empresa baiana inaugura primeiro Life Center do Brasil

por Adriana Barreto e Cris Montenegro

Giro:   Empresa baiana inaugura primeiro Life Center do Brasil
Naildo Macedo, Edison Rezende, Mirela Cubilhas e Alexandre Manzalli/João Quesado
A empresa baiana Enashopp, gestora de empreendimentos como os shoppings Barra e Piedade em Salvador, acaba de inaugurar em São Paulo o Shopping Parque da Cidade, primeiro Life Center do Brasil. Um túnel feito com mais de 15 mil origamis e kirigamis deu as boas-vindas e encantou centenas de convidados que compareceram à inauguração, trazendo o novo conceito de shopping, fruto das transformações no comportamento do consumidor, que valorizam a experiência, convivência, sustentabilidade e estão sempre atrás do propósito das marcas. O SPDC é voltado às melhores práticas globais no quesito sustentabilidade, e está situado dentro de um futuro parque de 62 mil m² de área aberta para a população e 22 mil² de área verde.
Com estrutura para cerca de 100 operações, o Shopping Parque da Cidade tem um mix de lojas voltado para conveniência e praticidade, com ênfase nos segmentos de gastronomia, serviços e entretenimento. Uma de suas âncoras é a Clínica Einstein, do Hospital Albert Einstein, que ocupa uma área de mais de 2,5 mil m² e é o maior espaço de saúde dentro de um shopping center no país. Outra operação âncora é a Rede Kinoplex que traz um cinema de última geração, com seis salas vips. (Por Cris Montenegro)
 
 
Claudinho e Buchecha: História da dupla será contada no filme 'Nosso Sonho'
Foto: Divulgação

Claudinho e Buchecha ganharão uma cinebiografia. De acordo com informações da coluna de Leo Dias, a história da dupla será contada no longa-metragem “Nosso Sonho”, com lançamento previsto para o final de 2020, pela Urca Filmes.


"Será um filme que conta toda a trajetória da dupla. Pegaram histórias da minha família, coisas que eu contei sobre nós, da família do Claudinho, relatos de fãs. Está bem completo. Tenho certeza que será muito premiado e vai emocionar e surpreender", garantiu Buchecha, revelando ainda que sempre lembra com emoção do ex-parceiro, morto em 2002, vítima de um acidente de carro. "Fica marcado na minha memória a primeira vez que cantamos juntos, ele indo na minha casa para escrevermos a primeira música, para participarmos de festival. São muitas lembranças", disse o artista.

Jorge Vercillo critica sistema 'montado para emburrecer as pessoas' no Brasil
Foto: Divulgação

O cantor e compositor Jorge Vercillo, que em seu mais recente disco gravou uma música em parceria com Ronaldinho Gaúcho, com letra política e apelo contra corrupção, comentou sobre o panorama brasileiro em entrevista ao programa Impressões, da TV Brasil.


“Eu tô falando muito nisso, nas entrevistas e nos shows, porque é onde eu posso ajudar”, disse o artista, em referência à polarização partidária, o clima hostil nas internet e os processos de mudança no país. “Nas minhas redes eu aprendo muito, mas sem agressividade. Vamos trocar informação. Senão, tanta gente inteligente fica sendo mais burra do que um animal, que é muito mais inteligente”, avaliou o músico, para quem “cidadania é você entender que não é o dono da verdade”.


Para Vercillo, só o povo brasileiro é capaz de melhorar o país, e não os políticos. "É um povo sobrevivente de uma chuva de meteoros. Mas existe toda uma artimanha, um sistema de poder, montado para emburrecer as pessoas. E é isso que a gente tem mudado”, alertou. “Porque são pessoas que entram pra política na boa intenção, mas que se veem dentro de um sistema podre. O modus operandi, a maneira de fazer política, é muito arcaica no Brasil”, acrescentou.


O cantor apontou ainda uma solução para melhorar o clima no Brasil: “é só a população deixar dessa coisa infantil, inútil, dessa briga entre esquerda e direita”.   

Guitarra de David Gilmour é leiloada por US$ 3,9 milhões e é a mais cara da história
Foto: Reprodução / Instagram

O guitarrista, cantor e compositor David Gilmour, do Pink Floyd, arrecadou mais de US$ 21 milhões (cerca de R$ 80 milhões) com o leilão de mais de 120 instrumentos e artefatos musicais, no dia 20, em Nova York.

O dinheiro arrecadado foi doado para a ClientEarth, uma organização que atua no combate às mudanças climáticas.

O grande destaque do leilão realizado na Christie's foi a guitarra Black Strat, uma Fender Stratocaster, que foi arrematada pelo valor recorde de US$ 3,9 milhões (R$ 14,9 milhões). A Black Strat foi usada nas gravações de clássicos como "Wish You Were Here" e "The Dark Side of the Moon" 

Até então, o mais alto valor pago por uma guitarra era US$ 2,7 milhões, em um leilão de 2005 no Qatar para arrecadar recursos para as vítimas do tsunami.

Diferentemente da Black Strat, o instrumento não havia pertencido a nenhuma estrela, mas contava com autógrafos de diversos astros como Mick Jagger, Keith Richards, Eric Clapton, Paul McCartney e David Gilmour.

O músico descreveu o resultado do leilão como "brilhante e inacreditável". 

Descrito pela casa de leilões Christie's como a "mais valiosa coleção de instrumentos musicais vendida em leilão", o evento atraiu lances de mais de 2.000 interessados de 66 países.

Nos meses que antecederam o leilão, mais de 12 mil fãs visitaram os locais onde os lotes que foram expostos em Londres, Los Angeles e Nova York e mais de 500 mil pessoas visitaram o site da Christie's para contemplar os instrumentos.

No dia marcado, o leilão começou com uma hora de atraso para acomodar o número de interessados, que formaram grandes filas para acompanhar a venda.

Terça, 25 de Junho de 2019 - 11:00

Utopia Pop: 10 anos sem Michael Jackson

por Deivide Sacramento

Utopia Pop: 10 anos sem Michael Jackson
Foto: Divulgação

Hoje é dia de tributo no mundo pop, ou pelo menos deveria ser, afinal, neste dia 25 de junho completam-se dez anos desde que Michael Jackson deu adeus aos seus súditos. Aqui vou deixar as “polêmicas” de lado, o foco será homenagear o grande legado do Rei do Pop que deixou precocemente este mundo. 

 

Lembro-me como ontem do trágico 25 de junho de 2009, dia chocante e amargo. Estava me preparando para uma reunião semanal com minha família, quando aquela informação que ninguém queria acreditar foi veiculada pela MTV, ainda nos tempos de MTV na Rua apresentado por Penélope Nova. Mal sabia eu que dali em diante a TV, o rádio e a internet não iriam parar mais de falar do Michael Jackson, celebrar seus grandes feitos na música e atos filantrópicos. Bem diferente do que vemos agora com os dez anos de sua morte. No fundo, acho que todo mundo tem uma história diferente de como recepcionou a notícia da morte do astro.

 

Apesar de não ser um ávido e declarado fã de Jackson, sou apaixonado por suas músicas, tenho amigos que amam seus “hits” e, como todo mortal amante de música pop, coleciono grandes sucessos da Lenda. Então aproveito para listar alguns dos momentos na carreira de MJ que merecem ficar para sempre vivas na nossa memória.

#1 Videoclipe de “Billie Jean” 
“Billie Jean” é sem dúvida alguma a minha música/vídeo preferido do MJ. A canção foi lançada como segundo single do platinado álbum “Thriller” de Michael Jackson, e contou com a produção do próprio Michael em parceria com Quincy Jones. Foi com esse vídeo também que Jackson quebrou as barreiras raciais na MTV, sendo o primeiro videoclipe de um artista negro a ser exibido pelo canal. 

#2 Motown 25: Yesterday, Today, Forever 

Foi durante o especial de TV ‘Motown 25’ que Michael Jackson apresentou mundialmente ao som de “Billie Jean” o seu mais famoso passo de dança: Moonwalk. O movimento é conhecido pelos passos de dança de popping onde o dançarino se move para trás. Você já tentou fazer o moonwalk? Quem nunca, não é?

#3 Grammy de 1984

Foi durante o Grammy Awards de 1984 que Michael Jackson venceu um recorde de oito prêmios Grammys, incluindo o de Álbum do Ano por “Thriller”, este que é considerado pelos grandes da indústria fonográfica o “maior álbum da história”. O disco sozinho já vendeu mais de 100 milhões de copias mundialmente.

#4 Dangerous (Álbum)

Não sei o de vocês, mas “Dangerous” é o meu álbum preferido do Michael. O disco marca o fim da parceria com o produtor Quincy Jones, e talvez seja esse o motivo de eu gostar tanto dele. Jackson estava em uma vib bem diferente dos seus últimos trabalhos, e reuniu temas como racismo, pobreza, mundo melhor e bem-estar das crianças. A faixa título (apesar de não ter sido lançada como single) é de longe uma das minhas canções favoritas do MJ.

#5 Performance de "The Way You Make Me Feel" no  Michael Jackson: 30 Anniversary Special 

O terceiro single do álbum “Bad”, "The Way You Make Me Feel", já é um R&B/ Pop bastante especial, mas Michael conseguiu dar um toque ainda mais icônico a música no aniversário de 30 anos de sua carreira quando se juntou a Princesa do Pop, Britney Spears. O público foi à loucura com os passos de dança, a troca de olhares entre as realezas do pop e a atmosfera sexy entre os dois. Sem dúvida alguma, é um momento para lembrar eternamente na carreira do Rei do Pop. 

 

E você, quais os momentos na carreira do Michael Jackson considera inesquecíveis?

Documentário sobre MC Carol será exibido no VI Comúsica em Cachoeira
Foto: Fernando Schlaepfer/Divulgação

O documentário “Sou Mc Carol, 100% feminista”, que narra a trajetória da cantora e compositora de funk MC Carol, será exibido gratuitamente na próxima quarta-feira (3), em Cachoeira, no Recôncavo baiano, dentro da programação do VI Congresso de Comunicação e Música (Comúsica).


A sessão do filme acontece às 18h30, no Auditório Maestro Tranquilino Bastos, localizado no prédio do Centro de Artes, Humanidades e Letras (Cahl) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB).


Concebido a partir do projeto de pesquisa da professora Simone Pereira de Sá, da Universidade Federal Fluminense (UFF), e realizado pelo LabCult, da mesma instituição, o documentário busca pensar as articulações entre música, ativismo político, feminismo e periferia na trajetória da artista.


O documentário ganhou o prêmio Elipse de 2018, atribuído aos três melhores curtas financiados pelo edital de mesmo nome.

 

SERVIÇO
O QUÊ: Exibição do documentário “Sou Mc Carol, 100% feminista”
QUANDO: Quarta-feira, 3 de julho), às 18h30
ONDE: Auditório Maestro Tranquilino Bastos – Centro de Artes, Humanidades e Letras (Cahl) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) – Cachoeira (BA)
VALOR: Gratuito

Elisa Lucinda lança 'Livro do Avesso, o pensamento de Edite' em Salvador
Foto: Divulgação / Caio Basilio

A poeta, cantora, atriz e escritora Elisa Lucinda desembarca em Salvador no dia 1º de julho para lançar seu segundo romance, “Livro do Avesso, o pensamento de Edite”. O evento de lançamento acontece no Teatro Gregório de Mattos, a partir das 18h.


Publicada pela Editora Malê, a obra é uma prosa poética que reúne os pensamentos mais livres e plurais da artista, uma brasileira, adulta, negra, que vive os dilemas e paradoxos da sociedade contemporânea.


No romance, Elisa Lucinda propõe desnudar, com graça e leveza, o íntimo de sua personagem narradora-protagonista, Edite, que é também uma aficionada pelas palavras e toma notas de suas vivências e sonhos.

 

SERVIÇO
O QUÊ:
Elisa Lucinda lança “Livro do Avesso, o pensamento de Edite”
QUANDO: Segunda-feira, 1º de julho, às 18h
ONDE: Teatro Gregório de Mattos – Salvador (BA)

Terça, 25 de Junho de 2019 - 08:50

Helloween vai substituir Megadeth na noite do metal do Rock in Rio

por Amon Borges | Folhapress

Helloween vai substituir Megadeth na noite do metal do Rock in Rio
Foto: Divulgação

O Helloween vai substituir o Megadeth em 4 de outubro no Rock in Rio deste ano na programação do palco Mundo, o principal do evento. A noite do metal foi a primeira data a ter ingressos esgotados e recebe nomes como Iron Maiden, Scorpions, Sepultura e Slayer, que faz sua turnê de despedida.

O festival na capital fluminense será realizado nos dias 27, 28 e 29 de setembro e 3, 4, 5 e 6 de outubro na Cidade do Rock montada no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro.

A banda alemã também vai entrar na programação do Rockfest que, em São Paulo, está marcado para 21 de setembro no Allianz Parque. O evento reúne grandes nomes do rock como Scorpions, Whitesnake e Europe. Os ingressos estão disponíveis no site da Ingresso Rápido com preços que variam de R$ 150 a R$ 580.

Há shows similares ainda em Uberlândia (23/9), Brasília (25/9), Florianópolis (28/9) e Porto Alegre (1º/10).

O Megadeth teve de adiar a turnê após o vocalista Dave Mustaine anunciar na segunda-feira (17) que está em tratamento de um câncer na garganta. Na tarde desta segunda (24), ele publicou um breve vídeo no Instagram com uma mensagem aos fãs. “Quero agradecer minha família, meus amigos e os melhores fãs do mundo por todo todo o apoio e amor nesses últimos dias. Nós vamos vencer isso juntos.”

Na última semana o artista fez o anúncio da doença também pelas redes sociais. “É claramente algo a ser respeitado e enfrentado —mas já enfrentei obstáculos antes. Estou trabalhando de perto com meus médicos e mapeamos um plano de tratamento que eles acham que tem uma taxa de sucesso de 90%. O tratamento já começou”, afirmou Mustaine em comunicado.

“Infelizmente, isso requer que cancelemos a maioria dos shows deste ano. O Megacruise 2019 vai acontecer, e a banda fará parte de alguma forma. Todas as informações atualizadas estarão em megadeth.com conforme o entendermos. O Megadeth estará de volta à estrada o mais rápido possível”.

A banda conta com o brasileiro Kiko Loureiro na guitarra, Dave Ellefson no baixo e Dirk Verbeuren na bateria. Mustaine afirma que os trabalhos para o novo disco deve continuar.

“Enquanto isso, Kiko, David, Dirk e eu estamos no estúdio, trabalhando no sucessor de ‘Dystopia’. Eu sou muito grato por toda a minha equipe —família, médicos, membros da banda, treinadores e muito mais.”

Diretor bolsonarista que propôs 'guerra cultural' recebeu R$ 7 mil para quitar dívidas
Foto: Rogério Viana/Divulgação

Apoiador de Jair Bolsonaro (PSL), o diretor Roberto Alvim disse ter recebido R$ 7 mil em doações, em um único dia, para quitar as dívidas de seu teatro, o Club Noir. Ele pretende arrecadar um total de R$ 30 mil para pagar aluguel e contas do imóvel. 


“No final de maio, por conta do boicote que sofremos, que gerou o cancelamento de um espetáculo que íamos estrear numa grande instituição aqui de São Paulo, e que também gerou o desaparecimento de nossos alunos (por conta da pressão que sofreram por parte da classe teatral para que parassem de estudar conosco), entramos em falência e decidimos fechar o Club Noir, nosso teatro que existia há 12 anos”, escreveu do diretor, em uma postagem em suas redes, nesta segunda-feira (24), para explicar os motivos de pedir doações. 


“Estamos entregando o imóvel ao proprietário amanhã (terça). Mas ficamos com dívidas de 2 meses de aluguel, mais contas e IPTU. Essas dívidas somam um total de 30 mil reais (28 mil de aluguel e IPTU + multas, e 2 mil de conta de luz). Passamos os últimos dias vendendo todo o nosso acervo no teatro, mas isso só gerou cerca de 15 mil reais, o que será suficiente apenas para nossas despesas pessoais e mudança pra Brasília em julho. Ainda por cima, tive um caso de doença e internação na família, que consumiu cerca de 6 mil reais essa semana... Ou seja: continuamos devendo os 30 mil reais de aluguel e contas do Club Noir. e como muitos amigos se prontificaram a nos ajudar, venho aqui, humildemente, solicitar essa ajuda para a quitação da dívida”, escreveu o bolsonarista, que após alegar estar sendo perseguido pela classe artística, ganhou o cargo no governo, como diretor do Centro de Artes Cênicas da Funarte, e por isso vai precisar se mudar para a capital federal. “Em Brasília, vou lutar pela reconstrução da cultura brasileira - mas isso não é um mérito ou um favor, e sim o meu dever”, afirmou Alvim, que recentemente convocou os “artistas conservadores” para a criar uma “máquina de guerra cultural” (clique aqui e saiba mais).

Terça, 25 de Junho de 2019 - 03:00

Em balanço da edição 2019 do São João de Irecê, prefeito comemora 'sucesso da festa'

por Fernando Duarte, de Irecê

Em balanço da edição 2019 do São João de Irecê, prefeito comemora 'sucesso da festa'
Foto: Camila Costa/ Bahia Notícias

Depois de mais de 80h de música, o São João de Irecê foi avaliado pelo prefeito Elmo Vaz, na madrugada desta terça-feira (25), como "um sucesso absoluto". "Nosso balanço é de reconhecimento do trabalho", afirmou o gestor, em entrevista ao Bahia Notícias. 

 

"Temos a gratidão por saber que a Bahia, o Nordeste e o Brasil entenderam e reconheceram que Irecê é diferente", celebrou Elmo. Segundo ele, novidades podem ser esperadas para o próximo ano, como uma fogueira vertical na Praça Cleriston Andrade, principal palco da festa na cidade. 

 

A festa em Irecê tem dois circuitos oficiais, ligados pelo "Corredor do Forró", animado por um "Trator do Forró" durante todo o dia. Além das apresentações musicais no palco principal, o Circuito Zé Bigode, no Mercadão, tem uma programação diária que começa às 6h e segue até aproximadamente 20h - quando começam os shows na Praça Cleriston Andrade.

 

"Do Mercadão, passando pelo Corredor do Forró, até a Praça Cleriston Andrade, a gente vive o São João. Obrigado a todos os turistas, que acreditam no nosso projeto e a certeza que ano que vem vai ser melhor. Um São João alegre, de diversidade e acima de tudo de muita paz", avaliou o prefeito.

Terça, 25 de Junho de 2019 - 01:11

São João de Irecê 'faz questão de preservar a tradição', garante Elmo Vaz

por Fernando Duarte, de Irecê

São João de Irecê 'faz questão de preservar a tradição', garante Elmo Vaz
Foto: Adriano Cardoso/ Divulgação

A poucos instantes de encerrar a edição de 2019 do São João de Irecê na madrugada desta terça-feira (25), o prefeito Elmo Vaz garante que a programação "faz questão de preservar a cultura e a tradição". "A gente quer fazer um São João que traz o sucesso de artistas renomados, mas não abre mão da tradição", reforça o gestor. 

 

"Vamos continuar dando valor à cultura raiz, ao forró pé de serra e às culturas tradicionais. A Vila Caraíbas representa isso, a quadrilha junina representa isso. São as tradições do Nordeste e a gente faz questão de continuar lutando para preservar a cultura do São João. Irecê é isso", assegura Elmo. A Vila Caraíbas é um espaço cenográfico com "vendas", "delegacia", "armazém" e até mesmo um "cabaré".

 

Para o prefeito, investir na tradição é uma maneira de valorizar não apenas a festa de Irecê, mas também uma forma de manter viva a cultura nas novas gerações. "A gente busca atender a juventude, aquelas pessoas que querem o que está mais em evidência no país, como Zé Neto e Cristiano, e ao mesmo tempo traz Dorgival Dantas. Ano que vem aqui na praça vai ter fogueira em pé, para que as crianças e os jovens saibam que a fogueira representa o São João, representa o Nordeste, representa a nossa história", antecipa Elmo.

Segunda, 24 de Junho de 2019 - 23:06

Irecê: 'Vou fazendo minha parte', diz Dorgival sobre representar forró 'clássico'

por Fernando Duarte, de Irecê

Irecê: 'Vou fazendo minha parte', diz Dorgival sobre representar forró 'clássico'
Foto: Camila Costa/ Bahia Notícias

Grande estrela do último dia do São João de Irecê, o sanfoneiro Dorgival Dantas assegura que "toca por amor". No entanto, ele admite a responsabilidade de representar o forró pé de serra, considerado a origem do ritmo. "Eu vou fazendo a minha parte, o forró do jeito que eu gosto de tocar, às vezes de um jeito, às de outro. Mas sempre com muito amor, carinho e respeito", defendeu o músico.

 

"Eu sou um sanfoneiro nordestino, nascido no Sertão e que ama tocar. E foco bastante nisso, em tentar deixar as pessoas felizes, seja com a sanfona ou sem ela também. Sempre pedindo a Deus orientações, para que isso aconteça sempre", afirmou Dorgival, em entrevista ao Bahia Notícias nesta segunda-feira (24).

 

Para ele, servir de "inspiração para quem está começando" é uma das motivações para continuar fazendo forró "com muito amor, carinho e respeito". Ele define isso como ser não apenas um representante do ritmo tipicamente nordestino, mas também "uma ideia".

 

"Eu sou aquela pessoa que toca realmente por amor, que ama tocar; e que esse amor começa quando estou tocando sozinho, mas se for para uma multidão, o amor é do mesmo jeito", garantiu.

Segunda, 24 de Junho de 2019 - 22:10

Último dia do São João de Irecê tem forró de Dorgival Dantas

por Fernando Duarte, de Irecê

Último dia do São João de Irecê tem forró de Dorgival Dantas
Rayane Martins antecede show de forrozeiro | Foto: Camila Costa/ Bahia Notícias

Depois de quatro dias de muita diversidade musical, o São João de Irecê chega ao último dia nesta segunda-feira (24) com a apresentação do forrozeiro Dorgival Dantas. O sanfoneiro é a principal estrela da programação do derradeiro dia de festejos, que durou mais de 80h - o Circuito Zé Bigode iniciava os trabalhos às 6h da manhã e "entregava" o público para o palco principal antes de reabrir novamente no dia seguinte.

 

O São João de Irecê teve atrações como Zé Neto e Cristiano, Lambasaia, Amado Batista, Cicinho e Julie de Assis, Tayrone e Limão com Mel, entre as mais de 160 bandas contratadas para se apresentar durante os quatro dias de festa.

 

Além de Dorgival, o último dia do São João de Irecê tem nomes como Forró Zumbalê, Rayane Martins, Allan Júnior, Banda Cabine Dupla e Espalha Brasa.

Segunda, 24 de Junho de 2019 - 19:00

Giro: Lançamento no Tivoli

por Adriana Barreto e Cris Montenegro

Giro: Lançamento no Tivoli
Foto: Divulgação

A próxima edição da Revista Yacht será lançada em grande estilo com um evento para 150 convidados que será realizado no dia 29 de junho, sábado, a partir das 13h, no restaurante Sombra do Coqueiral, do Tivoli Ecoresort, em Praia do Forte. Na programação, a equipe da revista vai oferecer uma deliciosa feijoada all inclusive com uma série de atrações especiais. A principal delas é a apresentação de um desfile exclusivo de 30 looks da marca Cholet, com um preview inédito das coleções Verão 2020 – assinado pelas lojas Martha Paiva, Andrea Carvalho Acessórios e a Murano Jóias. A coordenação geral e style do desfile será do coletivo PROJETO SSA de Almir Jr, Marcelo Gomes e Tininha Viana – além da beleza de todas as modelos que será feita pelo Espaço Performance, de Ana Lídice Costa. (Por Cris Montenegro)

 

Segunda, 24 de Junho de 2019 - 18:40

Iphan deseja declarar forró como patrimônio imaterial

Iphan deseja declarar forró como patrimônio imaterial
Foto: Reprodução / São João na Bahia

O forró pode ser declarado como patrimônio imaterial do Brasil até meados de 2020. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) iniciou pesquisa nos nove estados do Nordeste, mais o Distrito Federal, Rio de Janeiro e São Paulo para identificar a forma de expressão que além de gêneros musicais diz respeito a festas e interações sociais ao som da sanfona, zabumba e do triângulo.

 

A iniciativa foi bem acolhida entre os músicos como o maestro Marcos Farias, filho da cantora Marinês (1935-2007) e afilhado de Luiz Gonzaga (1912-1989), o Rei do Baião. Segundo ele, muitos grupos e artistas que se denominam “de forró” fazem adaptações de cumbia e zouk (de países hispânicos sul-americanos e caribenhos), segundo a Agência Brasil.

 

“Tiraram o nosso nome. A gente foi usurpado do título e jogado para essas músicas de características latinas”, reclama. Conforme Farias, o que ocorre é “apropriação indevida”, e esses grupos fazem “oxente music”, brinca.

 

De acordo com Hermano Queiroz, diretor do Departamento de Patrimônio Imaterial do Iphan, o trabalho de registro do forró permitirá “mapear as vulnerabilidades, os riscos, a necessidade de promoção do bem”. Ele, no entanto, assinala que “o objetivo do registro não é dar autenticidade a uma narrativa”, e ressalta que há várias narrativas em circulação: “o patrimônio cultural é dinâmico”, explica.

 

Segundo Queiroz, não é preocupação central saber exatamente em que lugar teria surgido o forró. “A raiz não é o grande problema. O que o registro traz é o potencial de diálogo intercultural entre diversas manifestações”, crê. Ele assinala que a pesquisa do Iphan vai “mapear todos olhares e narrativas sobre esse bem imaterial’ e permitir que músicos de diferentes lugares se conheçam e passem a “ter a compreensão de que embora espraiados em todo o território cultural são irmãos”.

Segunda, 24 de Junho de 2019 - 15:00

GastrôBahia: Entrega de troféus

por Cris Montenegro

GastrôBahia: Entrega de troféus
Tereza Paim e Gatito Fernandez

Os chefs de cozinha Caco Marinho, do DOC,  e Tereza Paim, da Casa de Tereza, foram convidados pela cervejaria Brahma para fazer a entrega do troféu Brahma Man of the Match aos melhores jogadores das duas últimas partidas da da CONMEBOL Copa América Brasil 2019, que aconteceram em Salvador.

Na partida Equador x Chile, que aconteceu na ultima sexta-feira, 21, o melhor jogador, segundo os torcedores foi o chileno Alexis Sánches, responsável pelo golaço que desempatou a partida dando a vitória pro Chile. Caco Marinho fez a entrega do troféu Brahma Man of the Match. 

“Foi uma boa partida com direito a pênalti, o empate, a reação do Equador e, finalmente, o golaço do Alexis Sanches que rendeu a vitória para o Chile. O herói do jogo foi também o eleito pelo público como o melhor em campo. Foi uma grande honra participar desta homenagem”, afirmou o chef de cozinha.

Alexis Sánches e Caco Marinho

Após a partida da Colômbia contra o Paraguai, neste domingo (23), pela terceira partida consecutiva, o colombiano Junior Fernandez (Gatito Fernandez), ex-goleiro do Esporte Clube Vitória, foi condecorado com o premio de melhor jogador e recebeu o troféu Brahma Man of the Match das mãos de Tereza Paim.

A votação acontece no site da CONMEBOL e no perfil do Twitter da Brahma. Começa no intervalo de cada jogo e termina com o apito final. Além dos dois chefs, mais dois baianos participaram da entrega do prêmio: Carol Peixinho e Bell Marques.

Segunda, 24 de Junho de 2019 - 14:00

Giro: Novas lojas e serviços

por Cris Montenegro

Giro: Novas lojas e serviços
Foto: Divulgação

O Shopping Barra continua ampliando seu mix de lojas e serviços para oferecer a melhor experiência de compra aos seus clientes. Antes do São João, foi aberta a loja Bem Pet, especializada em produtos para animais domésticos. Recentemente, foi inaugurada também a Natura, uma das maiores empresas de produtos de perfumaria e beleza, com a sua primeira loja física do Norte e Nordeste.  

Também abriram no Barra, no primeiro semestre, as lojas Polishop, de itens e soluções inteligentes para casa, saúde e beleza; a Les Chemises, de vestuário feminino e masculino; a casa de vinhos Grand Cru, a marca Millon, a loja de sapatos e acessórios Ana Capri e uma unidade da rede de restaurantes Taco Shakes. A loja colaborativa Mix Jardim também volta a ter uma unidade no shopping, enquanto a academia 4Body, que traz no seu portfólio de serviços a eletroestimulação, se prepara para inaugurar ainda este ano. (Por Cris Montenegro)

Histórico de Conteúdo