Resultados: municipios / ibama

Exibindo resultados de municipios

Ibama diz que 10 toneladas já foram retiradas de áreas com manchas de óleo na Bahia
Foto: João Arthur / Tamar

Cerca de 10 toneladas de resíduos já foram recolhidas nas áreas atingidas por óleo no Litoral Norte baiano. A informação foi divulgada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) na tarde desta terça-feira (8). A Petrobras estaria responsável de fazer a remoção do material.

 

Conforme o G1, a destinação provisória do material está sendo definida pelo Ibama com as prefeituras das áreas atingidas. Até o momento, cinco cidades do estado foram atingidas pelas manchas de óleo que afetam o litoral do Nordeste.

 

Praia do Forte, que fica em Mata de São João, foi a última localidade em que as manchas foram vistas. Além da cidade, o problema já foi constatado em Jandaíra, Conde, Esplanada e Entre Rios. Desde a última quinta-feira (3), o Projeto Tamar suspendeu a liberação de tartarugas para o mar como precaução à vida dos animais (ver aqui).

Ibama encontra 260 ha de Mata Atlântica desmatados em 8 cidades do sul baiano
Foto: Divulgação / Ibama

Em torno de 257,9 hectares de Mata Atlântica desmatados foram localizados no sul baiano pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Conforme o instituto, via G1, a ação foi feita em oito municípios da região e gerou multa de R$ 1,4 milhão pelo crime. As multas foram aplicadas em áreas rurais de Alcobaça, Guaratinga, Jucuruçu, Itamaraju, Medeiros Neto, Canavieiras, Santa Luzia e Una. Não foi informado se os valores foram aplicados a pessoas físicas ou jurídicas.

 

Ao todo, 49 áreas desmatadas foram localizadas a partir de satélite do Núcleo de Geoprocessamento da Unidade Técnica do Ibama, em Eunápolis. Em 32 desses locais foram comprovadas a retirada de vegetação em estágios variados de regeneração. A fiscalização também encontrou vestígios de danos causados por incêndios em locais com vegetação que estão no mesmo processo.

 

Além do crime contra a vegetação, o instituto também autuou pessoas por crimes ligados à fauna. Na operação, o Ibama também encontrou animais silvestres em cativeiro e produto de caça. Em torno de 32 pássaros e carcaças de tatu, porco-do-mato e paca, foram também foram apreendidos.

Oeste: Ibama apreende 7,7 mil litros de agrotóxicos ilegais e embarga 22 aeródromos
Foto: Vinícius Mendonça / Ibama

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e o Ministério Público Federal (MPF) deflagraram a Operação Deméter (deus grega da agricultura e colheita) na última sexta-feira (20). A operação busca combater o uso ilegal de agrotóxicos por produtores rurais e empresas de aviação agrícola.  De acordo com a entidade, foram 7,7 mil litros de produtos com validade vencida apreendidas em propriedades rurais do Oeste baiano. Manter agrotóxicos em depósito é crime ambiental, sujeito a multa de R$ 500 a R$ 2 milhões, de acordo com o Ibama. Os agentes também embargaram ou suspenderam atividades em 22 aeródromos, que são espaços utilizados por aviões de pequeno porte que realizam pulverização de agrotóxico nas lavouras; além de dois postos de abastecimento que funcionavam sem licença ambiental ou sem as exigências necessárias e uma aeronave, que operava sem pátio de descontaminação, que são obrigatórios. No total, foram 12 notificações que exigem a comprovação e destinação ambiental adequada dos agrotóxicos mantidos em deposito pelas empresas vistoriadas.

Terça, 13 de Dezembro de 2016 - 11:20

Ibama anuncia fechamento da unidade de Vitória da Conquista

Ibama anuncia fechamento da unidade de Vitória da Conquista
Foto: Reprodução / Blog do Anderson
Com a extinção de 11 unidades do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), a sede de Vitória da Conquista integra o grupo de unidades desativadas. Segundo consta no Diário Oficial da União, publicado na última quarta-feira (7), a medida deve ser cumprida até o dia 31 de dezembro de 2017, no entanto, o processo de desativação da unidade de Conquista já foi iniciado. Os servidores que atuam na unidade deverão ser transferidos para as demais sedes da Bahia. Para o Ibama, essa medida atende a necessidade de "dar continuidade ao aprimoramento do modelo de gestão descentralizada" e de "adequar a atuação das Superintendências às vocações e demandas regionais, buscando reforçar a integração com as prioridades estratégicas da Instituição".
Segunda, 30 de Novembro de 2015 - 13:20

Chapada: MPF cobra que União, Ibama e ICMBio estruturem Parque

Chapada: MPF cobra que União, Ibama e ICMBio estruturem Parque
Foto: Reprodução
Uma ação do Ministério Público Federal (MPF), em Irecê, cobra estruturação do Parque Nacional da Chapada Diamantina (PNCD). A ação é direcionada à União Federal, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Por conta dos incêndios ocorridos no final de 2008, o MPF ingressou com ação civil pública e requereu dos três órgãos: recursos humanos e materiais para a fiscalização e monitoramento do PNCD, R$ 50 milhões por danos morais coletivos, além de reparação dos danos físicos provocados. Apesar de negar o pedido de indenização, a Justiça Federal condenou os três órgãos juntos a cumprirem medidas que pudessem estruturar o parque. Entre outras medidas, ficou determinado que, a partir de fevereiro de 2014, os órgãos terão de manter, no mínimo, 20 servidores no PNCD, com pelo menos três motoristas, comprar anualmente equipamentos de proteção individual para os brigadistas voluntários, manter cinco veículos e disponibilizar um avião de combate a incêndios e um helicóptero de transporte de brigadistas durante a temporada de incêndios no PNCD. Pela necessidade urgente da adoção das medidas pelos órgãos, o MPF requer que a sentença de 2014 seja cumprida imediatamente.

Histórico de Conteúdo