Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Segunda, 29 de Novembro de 2021 - 17:51

Foco na Meta!: Ainda dá tempo de começar o projeto verão?

por Dr. Rusthenes Jr. - Medicina Personalizada - CRM-BA 29950

Foco na Meta!: Ainda dá tempo de começar o projeto verão?
Foto: Divulgação

O verão na Bahia chegou, e com ele vários pacientes decidem que é a hora de preparar o seu "projeto verão". Geralmente o objetivo é emagrecer, e favorecer o shape, para curtir o verão com saúde, agora que as coisas estão entrando nos trilhos novamente com a flexibilização das restrições que foram necessárias para combate ao COVID-19. Infelizmente essa decisão às vezes vem com certo atraso... Porque depois de muito tempo em condição de sedentarismo, o projeto verão revive o lado atleta das pessoas. Minha consideração aqui é: Nunca é tarde para buscar saúde!


Então vamos partir para o caminho mais saudável para iniciar o projeto, e tornar ele parte da sua vida.


1º) Projeto indvidualizado
É preciso ter noção do estágio físico e nível de atividade que você desempenhava previamente, para compatibilizar o treino com essa condição. Com isso vamos diminuir o risco de lesão e evitar que se faça um overtraining. Não se compare com outras pessoas e busque constância sempre, comece de maneira gradativa que o resultado vai chegar! 

 

A dica aqui é o seguinte: faça uma atividade que desafie o seu corpo. Chegar e sair da atividade sem  sentir esforço para fazê-la pode ser um sinal de que você precisa de mais.


2°) Equilíbrio na dieta
Para ajustar a composição física e reduzir o excesso de peso é necessário equilibrar a dieta e trabalhar em déficit calórico. A balança energética do seu corpo tem ação direta para o ganho ou a perda de peso. Para quem quer emagrecer, é fundamental consumir menos calorias do que as que você gasta diariamente, é nesse ponto que entra o déficit calórico. É preciso primeiro definir a sua taxa metabólica basal (TMB), que nada mais é do que a energia que você gasta para a manutenção da vida diariamente. Somamos aqui a energia gasta no exercício que você escolheu, e agora com acompanhamento profissional se determina a sua dieta para trabalhar em déficit. 

 

Evitar alimentos calóricos e gorduras saturadas são vilões nesse sentido! Não se sinta desestimulado, você não vai precisar parar de comer tudo o que você gosta, porem precisa encontrar equilíbrio. Eu sempre falo o seguinte, encaixar dieta na sua rotina é mais fácil, pois quando você sai dela, a chance de deslizar é maior. Se essa chance existe, previna, faça as coisas certas a maior parte do tempo, porque quando você se permitir, o corpo aceitará melhor.


3°) Hidratação
Observe a sua rotina e quantifique sempre a ingestão de água. Uma garrafinha dentro da sua bolsa e/ou em cima da sua mesma de trabalho.

 

Tome uma quantidade suficiente de água para certificar que o seu corpo esteja hidratado – não existe um número ideal para todas as pessoas, mas a recomendação é de oito copos por dia. Isso é importante porque quando o seu corpo está desidratado, os músculos, órgãos e células não funcionam tão bem quanto deveriam, a eliminação de toxinas é menos eficiente, assim como o processo de queima de gorduras.


4°) Avaliação profissional
Às vezes você pode não entender porque está treinando bem, comendo bem mas não está alcançando o resultado que você espera. Mas será que o seu corpo está preparado ou recebendo os estímulos adequados para entregar o seu resultado? Ajustes finos, e encontrar o melhor caminho para otimizar esse processo não são obrigações suas... então busque o profissional que te ajude nisso. Hoje entender o metabolismo, condições fisiológicas e hormonais são de fundamental importância para o sucesso do seu projeto. Para alcançar o objetivo de maneira mais fácil, a intervenção profissional vem utilizando os recursos disponíveis para viabilizar o seu sucesso!


Entender melhor os seus objetivos vai ajudar a traçar o caminho de sucesso para o seu projeto verão. Saia da caixinha, faça escolhas que te agradam e que possam te trazer resultados. Volto a dizer aqui, nunca é tarde para começar, seja seu melhor projeto e foco na meta! 

Histórico de Conteúdo