Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Blog do Preto explica os cuidados que os 'pais solteiros de pet' devem tomar antes de adotar
Foto: Divulgação

O Blog do Preto conversou com o médico veterinário Igor Andrade sobre os cuidados que os pais de Pet, cada dia em número maior, têm que ter ao optar por adotar um bichinho sendo solteiro.

 

Homens solteiros estão escolhendo ser pais solo de pet. Qual a dificuldade desse tipo de adoção no sentido de saúde dos animais?

Dr: Ótima pergunta! Assim como um casal planeja ter filhos, assim é para os pais de Pet, é preciso ter planejamento e sobre tudo responsabilidade. 


Aconselho sempre ir antes ao veterinário, ele vai te conduzir: qual raça devo adotar ou comprar? Quanto vai me custar mensalmente? Qual a ração? E Vacinas?


Quando não existe esse planejamento, os pets sofrem, podem ficar doentes devido a uma não vacinação, escolha de ração incorreta, não vermifugação, ou seja, algumas negligências por falta de um planejamento.

 

Qual a rotina de cuidados estéticos e médicos ideais Para esses pets que vivem somente com um pai?

Dr: A rotina e cuidados são sempre os mesmos, quer pai solo ou não, principalmente nos primeiros 6 meses de vida, que envolve vacinação, vermifugação, remédio contra ectoparasitas (pulga, carrapato e mosquitos), uma avaliação geral através de exame de sangue.


É preciso averiguar: de quanto em quanto tempo preciso levar meu pet para o banho e tosa? Que tipo de shampoo é mais adequado? Alguns pets necessitam de um shampoo ou outro cuidado estético diferenciado, depende muito da raça em questão.

O apresentador Léo Sampaio e seu segundo filho, MacGyver

 

Quais serviços novos que oferecidos em clínicas e pet shop que podem amenizar o stress cotidiano desses animais?

Dr: Muitos pets odeiam quando chegam em um PetShop, pois na memória deles, eles vão se estressar novamente, principalmente no banho e tosa. 


Visando minimizar esses traumas e trazendo o bem-estar animal, alguns pets estão se adaptando com luzes de cromoterapia, musicaterapia, aromoterapia e dentre outras, afim de proporcionar um maior relaxamento para eles. Existem creches nas quais você pode deixar o seu pet se divertindo, durante seu árduo dia de trabalho, ele vai está se divertindo e se cansando, não tem tempo de se estressar.


Procure sempre esses diferenciais, tomem cuidado com preços muito promocional, na maioria das vezes o serviço não é de qualidade.

O médico Fábio Nunes e o seu filho: hóspede de amigo quando viaja

 

Quais as raças ideais para os pais solo e onde adquirir?

Dr: Essa é uma questão bem delicada. É preciso ouvir primeiro o pai em sua individualidade , sua rotina, onde mora, quanto tempo fica em casa aos finais de semana, se viaja muito ou não.


Procure sempre um veterinário para lhe indicar uma raça que se adapte a você, pois no final das contas é você que vai se adaptar às necessidades dele.

O publicitário Osvaldo Oliveira: filho baiano em SP com todas as precauções ao viajar

Adoção de pet SRD precisam de um cuidado na hora da escolha ou da convivência com esses bichinhos?

Dr: Qualquer adoção, seja ele SRD (sem raça definida) ou não, precisam de um olhar criterioso. Por ser abandonado, alguns cães podem ter seu lado de agressividade um pouco mais aflorado, ou outro que tem muita energia, outros muito quietos cheios de traumas. Na hora da adoção é preciso saber, se possível (sei que na maioria das vezes não sabemos), qual foi o trauma daquele pet, e proporcionar através desse gatilho negativo, reverter para algo prazeroso e cheio de amor. Mais uma vez defendo sempre a necessidade de fazer essas escolhas com um Veterinário.

 

Dr. Igor Andrade é Veterinário e especialista em Clínico Geral de Animais Domésticos.
Saiba mais no perfil do profissional: @petshopmaison

Histórico de Conteúdo