Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Terça, 05 de Abril de 2022 - 10:50

Doutor Pet: Entenda tudo sobre buldogue francês e inglês e as 'dobrinhas de amor'

por Bruno Dantas - Veterinário da CENTERVET

Doutor Pet: Entenda tudo sobre buldogue francês e inglês e as 'dobrinhas de amor'
Foto: Shutterstock

Musculatura robusta e dobrinhas fofas são duas palavras para definir o combo que compõe os cães da raça dos Buldogues. São musculosos e ao mesmo tempo apresentam baixa resistência a atividades físicas. Contradições não, é? E elas não param por aí. Esses doguinhos ostentam a expressão de bravos, mas são brincalhões.

 

É uma raça com características bem definidas, mas também abrange variações diversas. Contudo, vamos nos atentar para as mais conhecidas e queridinhas dos brasileiros.

 

Entre pequenas diferenças físicas na coloração, direção das orelhas e quantidade de dobrinhas, a inteligência e carinho são identificados em ambos. Nos Frenchies, apelido da variação francesa, e nos ingleses.

 

Os primeiros são menores e mais engraçadinhos, já os que descendem do segundo carregam mais músculos e demonstram aparência mal encarada. Mas é apenas o semblante mesmo.


Frenchies ou buldogue francês
Enquanto os frenchies exibem pelagem nas cores preta, branca, fulvo e creme, olhos arredondados e protuberantes entre orelhas eretas. Aquelas orelhinhas que expressam curiosidade e um estado de alerta constante, comportamento estabanado e insistentes, arriscam a rebeldia.  

 

Para acalmar essa rebeldia são indicados estímulos físicos e mentais com brincadeiras e atividade física de baixo impacto. Vai um alerta para tutores! Uma rotina empobrecida de estímulos físicos e mentais são propícios a desenvolver problemas comportamentais.

 

Outras características são:

*Corpinho bem forte e compacto, com ruguinhas pela cabeça, quadradas e robustas.

*Facilmente confundido com cães da raça Boston Terrier pela descendência parecida (os dois descendem da variação inglesa). 

 

Buldogues Ingleses
Os buldogues ingleses são animais de estimação mais calmos, ideais para viver em apartamentos e não precisam de quintal.

 

Tanto quanto os frenchies são cães com baixa resistência física e exercícios físicos moderados também são indicados.
Um pouco diferentes, os ingleses possuem comportamentos mais previsíveis. Doces confiáveis e excelentes com crianças.


Outro alerta para os tutores: os buldogues ingleses carregam mais dobrinhas que os frenchies, que precisam de limpeza regular para evitar infecções de pele.

 

Cuidados 
Os buldogues tendem a fazer barulho ao respirar como roncar e chiar, além de ter excesso de saliva. São sintomas preocupantes em virtude da origem do animal que com frequência desencadeia uma condição séria, tratável com intervenção cirúrgica: a síndrome do braquicefálico. 

 

São bichinhos prontos para receber muito amor. Ainda mais por serem raças originárias de uma origem dolorosa: das bull baiting. Foi uma raça criada através de cruzamentos com o intuito de preencher requisitos para as bull baiting, uma atividade violenta que utilizava cães para derrubar bois em competições populares na Inglaterra do século XII. A prática servia para fins recreativos do humanos e amaciar carne bovina comercializada nos açougues da região. 

 

Bruno Dantas (CRMV 4118) é formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), especialista em cirurgias de pequenos animais e responsável técnico do grupo CENTERVET. 

Histórico de Conteúdo