Terça, 18 de Setembro de 2018 - 10:00

Carreiras FTC: Caminhos para o profissional de Medicina

por André Nazar

Carreiras FTC: Caminhos para o profissional de Medicina
Quais são os caminhos mais habituais que os médicos percorrem logo após a graduação? Primeiramente, é preciso dizer que a quantidade de vagas disponíveis nas residências médicas hoje é escassa. Abrange apenas cerca de metade dos egressos dos cursos de Medicina das universidades do Brasil. Isso faz com que os concursos de ingresso nesses cursos sejam muito difíceis. Do ponto de vista técnico, é uma prova exaustiva e os candidatos estão cada dia mais bem preparados, o que aumenta a concorrência. Existem especialidades, como Dermatologia e Radiologia, nas quais 60 candidatos disputam uma vaga. Assim, diversos estudantes não conseguem ingressar nas residências médicas, o que gera angústia e insegurança. Entretanto, existem outros caminhos para os novos médicos.

Leia mais

Sábado, 15 de Setembro de 2018 - 16:00

Do incêndio no museu ao fogo à democracia

por Nilton José Costa Ferreira

Do incêndio no museu ao fogo à democracia
Quando em 2009 publicamos o Livro Polícia, Política, Justiça, Corrupção e Criminalidade, procuramos mostrar aos leitores, diante de evidências de pesquisa científica e dados empíricos, a prospecção de um cenário futuro no tangente à Segurança Pública no Brasil. Mostrávamos, à época, fatores preocupantes quanto a evolução de uma Organização Criminosa-OC em atuação no País. Más, confessamos a todos, que jamais imaginamos as dimensões que está organização ocuparia. O nosso parâmetro de organização criminosa era o da famosa Máfia. Só que, por mais famosa que fosse a Máfia, a mesma jamais chegou a dominar, através do seu MECANISMO, o Estado Italiano.

Leia mais

Quinta, 13 de Setembro de 2018 - 17:00

Por que votar?

por Francisco Viana

Por que votar?
Na Odisséia, no canto XII, Ulisses, o Odisseu,  é obrigado a fazer uma escolha indesejada para seguir sua rota de retorno à Ítaca: ou se aventura a seguir pela rochas ondulantes, por onde nem mesmo os pássaros conseguiam passar, ou leva seu barco pelo estreito onde tinha de uma lado , Cila, um monstro imortal de seis ocabeças e, de outro , Caribide, outro monstro imortal, que tragava as embarcações que o desafiava num redemoinho. Ulysses preferiu seguir pela lado do estreito dominando por Cila: perdeu seis marujos, mas salvou o barco e a vida dos demais tripulantes. 

Leia mais

Quarta, 05 de Setembro de 2018 - 16:00

O que fazer com os endividados?

por Francisco Viana

O que fazer com os endividados?
Os bancos existem para ajudar as pessoas, levando o crédito de onde há abundância para onde há escassez.  Passados mais de dois séculos desde que Adam Smith,  o pai do liberalismo, cunhou esse conceito, os bancos estão na berlinda e são vistos como responsáveis pela exploração das pessoas. Uma espécie de novos escravagista, devido ao elevado custo do dinheiro. E, como desdobramento, o endividamento da população que desafia a gravidade. 

Leia mais

Terça, 04 de Setembro de 2018 - 10:00

Carreiras FTC: O mercado está em movimento. Qual o seu movimento para estar no mercado?

por Alessandra Calheira

Carreiras FTC: O mercado está em movimento. Qual o seu movimento para estar no mercado?
Todo dia é uma novidade! Amigos, mentores e os meios de comunicação não cansam de informar sobre uma nova tecnologia, um novo método ou sistema que está transformando impiedosamente empresas e indústrias. De fato, as evoluções da ciência e tecnologia estão movimentando o mercado de trabalho numa intensidade nunca vista. A internet das coisas, a inteligência artificial, o blockchain, o machine learning são alguns dos tópicos relevantes que estão em discussão e que podem, dizem os analistas, ser responsáveis pela extinção de centenas de milhares de empregos em todo o mundo.

Leia mais

Sexta, 31 de Agosto de 2018 - 16:00

A Bahia, o Mar e a Marinha do Brasil

por Cláudio Portugal de Viveiros

A Bahia, o Mar e a Marinha do Brasil
A Bahia tem uma relação íntima com o mar, não somente por ser banhada pelo Oceano Atlântico, considerando-se o fato de possuir o maior litoral entre os estados brasileiros. Destaca-se antes de tudo ser este estado o “berço do Brasil”, citando Jorge Ben Jor, através do mar, por onde chegou a frota de Pedro Álvares Cabral em abril de 1500. O próprio nome do estado faz remissão ao acidente geográfico, uma baía. Neste caso, trata-se da Baía de Todos os Santos, a maior do Brasil, batizada durante a expedição de Américo Vespúcio e Gaspar de Lemos em 1501, no dia de Todos os Santos, dia 1º de novembro.

Leia mais

Terça, 28 de Agosto de 2018 - 16:00

Unidos pela liberdade

por Francisco Viana

Unidos pela liberdade
A liberdade de imprensa é essencial para assegurar a liberdade. A frase é de John Adams,segundo presidente dos Estados Unidos (1797-1801), e foi citada, em editorial pelo jornal The Boston Globe, como parte de um movimento em prol da liberdade de imprensa que reúne mais de três centenas de jornais norte-americanos. 

Leia mais

Sexta, 24 de Agosto de 2018 - 10:00

Avante Caxias!

por Nilton José Costa Ferreira

Avante Caxias!
Na data de 25 de agosto é celebrada o Dia do Soldado. Retoma esta data, uma homenagem ao nascimento em 1803 de um grande cidadão, patriota, cultuador das virtudes castrenses, que foi Luiz Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias, PATRONO DO EXÉRCITO BRASILEIRO.

Leia mais

Sexta, 17 de Agosto de 2018 - 11:30

Participação política das mulheres: balanço e desafios

por Brena Pinto

Participação política das mulheres: balanço e desafios
Após oito décadas da conquista ao direito de votar e serem votadas, as mulheres brasileiras ainda lutam pela efetivação da sua participação na política, sobretudo em cargos eletivos. Isso se reflete, por exemplo, na baixa participação das mulheres nas disputas eleitorais, ainda que a lei garanta que as chapas sejam compostas por no mínimo 30%, o número de mulheres eleitas está bem aquém desse percentual, o que significa que as mulheres, que somam mais da metade da população brasileira, não votam em mulheres.

Leia mais

Sexta, 10 de Agosto de 2018 - 16:00

Novos investimentos em mídia e entretenimento

por Carlos Giusti e Sergio Zamora

Novos investimentos em mídia e entretenimento
Após dois anos de retração, e um crescimento do PIB de 1% em 2017, o Brasil dá mostras de recuperação no médio prazo. Espera-se que o cenário econômico até 2022 seja marcado por um ritmo de crescimento mais consistente e equilibrado entre os setores da economia.

Leia mais

Histórico de Conteúdo