Terça, 06 de Agosto de 2019 - 18:30

Salvador dá salto na qualidade do transporte público

por Tiago Correia

Salvador dá salto na qualidade do transporte público
Foto: Divulgação

Desde 2013, a Prefeitura tem trabalhado intensamente para garantir conquistas à população que depende do transporte público em Salvador para se deslocar ao trabalho ou nos momentos de lazer. Se os desafios ainda são grandes, ninguém pode negar que houve avanços significativos no setor. Um novo salto na qualidade do transporte está prestes a acontecer quando, com a necessária e eventual aprovação dos vereadores, os novos ônibus com ar-condicionado começarem a circular e as obras do BRT, cujo edital para construção do segundo trecho publicamos nesta quarta-feira, dia 7, estiverem concluídas.

 

A circulação de novos ônibus com ar-condicionado, ao preço da tarifa comum, é um desejo antigo dos soteropolitanos. Até 2022, serão mil novos ônibus com climatização, assegurando mais conforto aos usuários do transporte público. Este ano, serão 250. Isso graças à mudança de postura adotada pelo prefeito ACM Neto em relação aos empresários do setor de transportes, que passaram a ser cobrados a oferecer contrapartidas à cidade e até mesmo a promover um diálogo mais profícuo, do ponto de vista do trabalho, com os próprios rodoviários, inclusive nas campanhas salariais.

 

Essa mudança na relação ficou evidente este ano, quando os empresários queriam elevar o valor da tarifa da passagem em janeiro, o que foi vetado pelo prefeito ACM Neto até que se chegasse a um acordo sobre a definição da tarifa, condicionada à renovação da frota. O acordo, com o acompanhamento e participação do Ministério Público, de forma transparente, só foi fechado em março, sendo que a Prefeitura impediu uma majoração da passagem acima de R$4, abrindo mão de recursos para subsidiar o sistema, que passa por uma crise demonstrada em auditoria, e garantiu os novos ônibus com ar-condicionado.

 

Voltando um pouco mais no tempo, vale lembrar que foi no primeiro momento desta gestão que benefícios como o Domingo é Meia e o Bilhete Único foram implantados. Iniciativas, por sinal, que deveriam ser copiadas no transporte metropolitano, por exemplo, que é de responsabilidade do Estado. Além disso, graças aos incentivos oferecidos pela Prefeitura atual que o metrô se tornou uma realidade e funciona 100% integrado aos ônibus comuns.

 

Olhando para o futuro, a médio prazo a população também poderá contar com o BRT, ônibus articulados com capacidade para 170 passageiros por veículo e que vai trafegar em pista exclusiva e segregada, beneficiando 340 mil pessoas que diariamente circulam de transporte coletivo entre as avenidas Vasco da Gama, Juracy Magalhães e ACM. Todas essas pessoas poderão se deslocar de forma mais rápida e segura. O primeiro trecho, entre a Estação da Lapa e a região da rodoviária, está 15% concluído. O segundo, entre a Lapa e o Parque da Cidade, está em fase licitatória.

 

Em uma metrópole como Salvador, assegurar um transporte público de qualidade e integrado nos seus diversos modais é fundamental para que as pessoas vivam melhor no dia a dia. É com essa mesma filosofia que a Prefeitura realiza as obras de infraestrutura para promover avanços na mobilidade e estimular o uso do transporte coletivo, de uma maneira cada vez mais sustentável e socialmente justa.  

 

*Tiago Correia é deputado estadual pelo PSDB

 

*Os artigos reproduzidos neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do Bahia Notícias

Histórico de Conteúdo