Pesquisadores alimentam Aedes aegypti com Whey Protein e sangue bovino em pesquisa
Foto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas

Uma dieta baseada em sangue bovino e soro do leite - conhecido como Whey Protein - facilita o controle do Aedes aegypti modificado com a bactéria Wolbachia, estratégia desenvolvida pela Fiocruz para controle da dengue no Brasil. A dieta especial ajuda no desenvolvimento da bactéria. Segundo o G1, os pesquisadores informaram que a nova alimentação elimina uma das etapas: não será mais necessário realizar testes prévios no sangue humano, que buscavam evitar transmissão de outras doenças para o mosquito. A dieta também poupa recursos da pesquisa. 

Histórico de Conteúdo