Primeiro centro de treinamento em radioterapia do país prepara fábrica de acelerador linear
Foto: Erasmo Salomão

O Ministério da Saúde inaugurou, na última segunda-feira (20), o primeiro centro de treinamento de radioterapia do Brasil, localizado em Jundiaí, São Paulo. A unidade de capacitação faz parte do Acordo de Compensação Tecnológica (ACT) assinado entre a empresa Varian Medical e o Ministério da Saúde, que inclui ainda a instalação de uma fábrica no mesmo local, com previsão de operar no primeiro semestre do próximo ano. "Fizemos a maior compra pública de aceleradores lineares do mundo: são 100 equipamentos, eram 80 e adicionamos mais 20. Com a construção dessa Fábrica, em Jundiaí, alguns desses equipamentos serão fabricados aqui, mas, principalmente, teremos manutenção, horas/ técnicos e peças para reposição com valores em reais. Esse centro de treinamento é fundamental nesse início, para que as pessoas se qualifiquem para operar os equipamentos que já começaram a ser entregues este ano no país", afirmou o ministro da Saúde, Ricardo Barros. O acordo com o Ministério da Saúde prevê investimentos de R$ 500 milhões para a aquisição de 80 aceleradores lineares e realização de projetos e obras. A produção nacional desses equipamentos vai viabilizar uma economia de aproximadamente R$ 25 milhões em relação ao que era realizado por meio de convênios. Desde o início deste acordo, a empresa já conseguiu concluir 42% do cumprimento das obrigações assumidas.

Histórico de Conteúdo