Dia da Pessoa com Alzheimer: Entidade alerta sobre importância de diagnóstico precoce
Foto: Shutterstock

A organização não governamental (ONG) Alzheimer's Disease International - ADI (Associação Internacional do Alzheimer) alertou nesta quinta-feira (21), Dia Mundial da Pessoa com Doença de Alzheimer, sobre a necessidade de conhecimento dos sinais de alerta da doença, para aumento da possibilidade de diagnóstico precoce. Segundo a Agência Brasil, a entidade ressaltou que o diagnóstico precoce da doença empodera a pessoa, seus familiares e cuidadores a estarem melhor preparados e informados para lidar com o avanço da doença. Nas fases iniciais, os sintomas do Alzheimer podem ser muito sutis. Frequentemente começam por lapsos de memória, dificuldade em encontrar as palavras certas para objetos do dia a dia, desorientação de tempo e espaço, guardar coisas fora de lugar, alterações de humor e isolamento social e do trabalho. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, Alzheimer é a forma mais comum de demência, responsável por 60% a 70% dos casos. A estimativa é de que, no mundo inteiro, 47 milhões de pessoas sofram de demência e, a cada ano, cerca de 10 milhões de novos casos sejam registrados. A ONG afirmou que duas de cada três pessoas acreditam que há pouca ou nenhuma compreensão da demência em seus países. A estigmatização e a desinformação que envolvem o Alzheimer continuam sendo um problema global.

Portugal identifica pela primeira vez mosquito transmissor da dengue
Foto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas

A Direção-geral de Saúde de Portugal anunciou nesta quarta-feira (20) que o mosquito Aedes foi detectado pela primeira vez no país. "À semelhança do verificado em vários países da Europa, foi agora identificada, pela primeira vez em Portugal, na região Norte, a espécie de mosquito Aedes albopictus", informou o órgão. Ainda assim, segundo o jornal O Globo, foi informado que "até o momento não há indícios de risco acrescido para a saúde da população". De acordo com a especialista da Direção-geral da Saúde no país, Paula Vasconcelos, "não há nenhuma indicação" de que o mosquito capturado pelo sistema de vigilância nacional de vetores esteja infectado por um agente biológico. A profissional pontuou ainda que a detecção do mosquito não é uma situação inesperada, já que ele já é encontrado em outros países europeus.

Quinta, 21 de Setembro de 2017 - 17:10

MP-BA apura irregularidades na USF de Sussuarana; SMS nega problemas

por Renata Farias

MP-BA apura irregularidades na USF de Sussuarana; SMS nega problemas
Foto: Divulgação

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) instaurou um inquérito na última segunda-feira (18) para apurar irregularidades na Unidade de Saúde da Família (USF) Raimundo Agripino, no bairro de Sussuarana. Uma das questões apuradas é a suposta insuficiência do controle de frequência dos servidores. No entanto, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informou que a unidade utiliza ponto biométrico para controle de frequência dos profissionais. O órgão ressaltou ainda que "todos os serviços que necessitam de equipamentos de informática como dispensação de medicamentos, marcação de exames e consultas e administração contam com computadores para o desempenho das atividades", já que foi apontada insuficiência de equipamentos de informática. O inquérito apura ainda ausência de bebedouro e ventiladores, negada pela SMS. "Profissionais e pacientes contam com água para beber disponibilizadas por garrafões.  Sobre os ventiladores um dos equipamentos apresentou problema, mas já foi solicitado o reparo", disse. A ausência de linha telefônica, por sua vez, foi justificada com um problema na fiação, já encaminhado para manutenção. A secretaria negou também a ausência de material básico e insuficiência de uniformes para os servidores.

Número de suicídios cresce 12% no Brasil em 5 anos; Ministério da Saúde anuncia ações
Foto: Shutterstock

O Brasil registrou um aumento de 12% no número de suicídios em cinco anos. Foram 10.490 mortes, em 2011, e 11.736, em 2015. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (21) pelo Ministério da Saúde, como resultado do primeiro Boletim Epidemiológico de Tentativas e Óbitos por Suicídio no Brasil. Um dos pontos ressaltados pela pasta foi a alta taxa de suicídio entre idosos com mais de 70 anos. Nessa faixa etária, foi registrada uma média de 8,9 óbitos por 100 mil habitantes. Também chamam atenção os altos índices entre jovens, principalmente homens, e indígenas. De acordo com o boletim, foram 48 mil tentativas de suicídio. Os homens concretizaram o ato mais do que as mulheres, correspondendo a 79% do total de óbitos registrados. O diagnóstico mostrou ainda que a maioria das mortes registrada no período foi por enforcamento (62%). Os solteiros, viúvos e divorciados, foram os que mais morreram por suicídio (60,4%). Na comparação entre raça/cor, a maior incidência é na população indígena. A taxa de mortalidade entre os índios é quase três vezes maior (15,2 por 100 mil) do que o registrado entre os brancos (5,9) e negros (4,7). Com base no documento, o Ministério da Saúde pretende expandir e qualificar a assistência em saúde mental no país. Existem no país 2.463 Centros de Apoio Psicossocial (CAPS) e, no último ano, foram habilitadas 146 unidades, com custeio anual de R$ 69,5 milhões do Ministério da Saúde. Por isso, a agenda estratégia prevê a expansão dessas unidades nas regiões de maior risco. Também será ampliada a parceria com o Centro de Valorização da Vida (CVV). A partir do próximo dia 30, além do Rio do Grande do Sul, o 188 ficará disponível sem custo de ligação para mais oito estados: MS, SC, PI, RR, AC, AP, RO e RJ. Está prevista ainda a elaboração de materiais de orientação para ampliar a comunicação social e qualificar a informação aos jornalistas, profissionais de saúde e a população. Já para profissionais de saúde, foi feito documento sobre a importância da notificação compulsória da tentativa de suicídio em até 24h e que traz informações técnicas sobre acolhimento na rede do SUS. Todos os documentos estão disponíveis para download no Portal da Saúde (clique aqui).

Quinta, 21 de Setembro de 2017 - 12:00

Salvador distribui 6 mil doses de vacina contra HPV para população de 15 a 26 anos

por Renata Farias

Salvador distribui 6 mil doses de vacina contra HPV para população de 15 a 26 anos
Foto: Venilton Kuchler / ANPr

A população de Salvador com idade entre 15 e 26 anos pode se dirigir aos postos de saúde da capital para vacinação contra HPV. Logo após recomendação do Ministério da Saúde para ampliação da faixa etária (saiba mais), devido à aproximação do prazo de validade dos imunizantes, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informou que não havia estoques a vencer nos próximos meses (veja aqui). No entanto, leitores do Bahia Notícias informaram que alguns postos estão oferecendo a vacina. De acordo com a SMS, há apenas 6 mil doses da vacina contra HPV distribuídas entre as 126 salas de vacina, com prazo de validade até janeiro de 2018. O imunizante será oferecido a homens e mulheres de 15 a 26 anos até janeiro ou até o fim dos estoques. A secretaria não informou quais unidades de saúde ainda possuem doses.

Campanha de vacinação antirrábica registra baixa procura; ação segue até o final do mês
Foto: Shutterstock

A menos de duas semanas para finalização da campanha de vacinação antirrábica em Salvador, apenas cerca de 44 mil animais foram imunizados. O número é considerado baixo pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS). A estratégia segue até 30 de setembro, com o objetivo imunizar pelo menos 200 mil animais contra raiva. "A vacina é a principal forma de prevenir a raiva, com 100% de letalidade zoonose. É importante que a população não deixe para última hora", alertou Aroldo Carneiro, veterinário do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). O profissional ressaltou ainda que três casos de raiva silvestre em morcegos foram confirmados este ano nos bairros de Massaranduba, São Cristóvão e Brotas. "Mesmo os animais que não saem de casa sozinhos e vivem mais isolados em apartamentos, devem ser vacinados, caso morcegos entrem nas residências e venham contaminar os animais de estimação", pontuou. Os donos podem levar seus bichos de estimação em um dos 250 postos de saúde, distribuídos em todas as regiões da capital baiana, para imunização. O serviço é oferecido gratuitamente de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h. Devem ser imunizados animais a partir dos três meses de idade, exceto os que estiverem doentes.

Anticorpo criado nos EUA protege macacos contra infecção por HIV
Foto: National Institute of Allergy and Infectious Diseases

Cientistas dos Estados Unidos desenvolveram um anticorpo "três em um" que se mostrou eficaz no combate ao vírus HIV em macacos. O avanço representa um passo na busca por uma vacina contra HIV. Conduzida em parceria entre os Institutos Nacionais de Saúde (NIH, sigla em inglês) e o laboratório Sanofi Pasteur, a pesquisa testou dezenas de combinações em laboratório para encontrar uma melhor resposta. O novo anticorpo e o vírus se unem a partir de três anticorpos únicos (VRC01, PGDM1400 e 10E8v4) que neutralizam as cepas do HIV de forma individual, segundo informações do G1. A criação foi inserida em oito macacos. Depois de cinco dias, os animais foram expostos a duas cepas do HIV, mas nenhum foi infectado. Os pesquisadores pretendem avançar agora para a fase de testes em humanos.

Oficinas de multiplicadores regionais chegam aos municípios de Feira de Santana e Ilhéus
Foto: Ana Nascimento / MDS / Portal Brasil

A Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) dá continuidade nesta semana ao "Zero Morte Materna por Hemorragia". Serão ministradas oficinas nos municípios de Feira de Santana, nesta sexta (22) e sábado (23), e em Ilhéus, nos próximos dias 26 e 27. Realizadas em parceria com o Ministério da Saúde, as oficinas têm o objetivo de formar multiplicadores regionais no manejo das hemorragias, bem como no uso do traje antichoque. A ação contemplará, até outubro, 62 municípios das regiões de saúde de Vitória da Conquista, Ilhéus, Porto Seguro, Feira de Santana, Jacobina, Juazeiro, Barreiras e Alagoinhas, além de Salvador. De acordo com a Sesab, a Bahia recebeu do Ministério da Saúde 64 trajes antichoques não pneumáticos (TAN), que serão entregues às unidades hospitalares, após a realização de cada oficina.

Peru dá primeiro passo para legalização de maconha para fins medicinais
Foto: Shutterstock

O Peru se aproximou nesta segunda-feira (18) da possibilidade de legalizar o uso medicinal da maconha. O Congresso aprovou um projeto de lei que permite a produção e importação da erva por razões médicas. Segundo o site Terra, a iniciativa foi proposta há alguns meses pelo governo, devido ao pedido de um grupo de familiares de portadores de epilepsia. "Estamos falando da aceitação da cannabis que se utiliza para enfermidades crônicas, não cura estas enfermidades, o que permite é que as pessoas que padecem delas tenham uma qualidade de vida digna e aceitável", afirmou o parlamentar governista e membro da Comissão de Defesa e de Luta contra as Drogas do Congresso, Alberto Belaunde. O projeto segue agora para o plenário do Congresso unicameral, controlado pela oposição, que deverá determinar uma data para seu debate e sua aprovação definitiva.

Dia do Bem: Venda de sanduíche da Subway será revertida para unidades de saúde
Foto: Divulgação

O Instituto Bahiano de Reabilitação (IBR) e Centro Pestalozzi de Reabilitação promovem nesta quinta-feira (21), em parceria com a rede de restaurantes Subway, o Dia do Bem. Na data, quando é lembrado o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência, toda a venda do sanduíche de frango nas unidades será revertida para as ações complementares de saúde da Fundação José Silveira. Esta quinta edição da campanha deve beneficiar cerca de 10 mil pacientes com deficiências atendidos nos centros de saúde. Artistas baianos como Gilmelândia, Adelmo Casé, Levi Lima, Felipe Pezzoni, da Banda Eva, Tatau, Ju Moraes, Ninha, EdCity, Márcia Freire, Reinaldo e a banda Alavontê fazem parte do time que veste a camisa do Dia do Bem de forma voluntária.

Histórico de Conteúdo