Anvisa proíbe lote de leite condensado por bactéria que provoca vômito e dor de barriga
Foto: Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização de um lote do leite condensado da marca Fazendeira. Após interdição preventiva de 90 dias, o lote 0681M1 foi definitivamente proibido por não apresentar contraprova à interdição inicial. Laudo de análise emitido pelo Laboratório Central Noel Nutels, do Rio de Janeiro, constatou presença, em excesso de Estafilococos Coagulase Positiva. Essa bactéria pode provocar vômitos, dor de barriga e mal-estar. Segundo o jornal Extra, na época da interdição preventiva, a fabricante do produto, Baduy e Cia Ltda, de Ituiutaba (MG), divulgou nota pública na qual esclarecia que, preocupados com a qualidade e a segurança dos produtos que oferecem, exercem um severo controle em todas as etapas do processo de fabricação dos produtos, desde a seleção dos ingredientes até a fase final de embalagem e distribuição. "A qualidade e a uniformidade dos nossos produtos seguem rigorosamente os requisitos regulamentares pelo MAPA/DIPOA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento /Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal)", disse a empresa. A Anvisa determinou que a Baduy e Cia Ltda. promova o recolhimento de todo o estoque existente no mercado.

Histórico de Conteúdo