Com Samuel Celestino

Receba Notícias do BN

Nome
E-mail *

Curtas do Poder

Curtas do poder

Enquanto Geddel diz que o PT quer chupar o PMDB, estou achando que o PMDB é quem vai chupar nessa história. E, em pleno Carnaval, fiquei sabendo que a presidente Dilma Rousseff almoçou no apartamento do Galego Wagner, que tá com cada vez mais moral no governo federal. Outro cheio de moral é Fábio Mota, que está se saindo melhor que a encomenda na prefeitura. Ainda teve ex-prefeito brigando com ex-secretário e vereador interessado em uma boa cervejinha. Quer ver mais? Clique aqui e confira as Curtas e Venenosas da semana!

Veja mais

Pérola do dia

Dilma Rousseff

"A tarifa de energia decorre das chuvas. Quando aumenta a chuva, diminui a tarifa de energia porque usamos mais a energia hidrelétrica. Quando diminui a chuva, diminui a energia hidrelétrica e aí a gente tem de contratar energia térmica. E térmica é mais cara"

Presidente da República em post explicativo no Facebook sobre a crise energética e o aumento de tarifa de luz no país.

Veja mais

Comentários

Primeiro casamento tríplice masculino é realizado na Tailândia no dia dos namorados

O que é uma "doença transgênica"?

02/03/2015 - 10:27

Daniela

Bolsa-auxílio beneficiou doadores de campanha, políticos e parentes de deputados baianos

O PRB é Dez! Com certeza DEZ-GRAÇADO. Se gritar pega ladrão!! Não fica um.... meu irmão.....

02/03/2015 - 09:44

José Carlos Brito

Veja mais

Entrevistas

Anselmo Brandão

Defensor de uma polícia mais próxima da sociedade, o comandante-geral da Polícia Millitar da Bahia (PM-BA), coronel Anselmo Brandão, quer que o policial não perca “a ternura”, citando a célebre frase de Che Guevara. “Não é o fato de você estar portando uma farda que vai deixar que você seja humano ou desumano”, afirmou o coronel, em entrevista ao Bahia Notícias. Segundo ele, a morte de 12 pessoas no Cabula, o deixou entristecido, porém as informações disponíveis confirmam a versão do enfrentamento apresentada por ele e pelo governador Rui Costa. Sobre o caso do Cabula, Brandão avaliou que “todo mundo dá uma de policiólogo”, porém naturalizou a repercussão do caso. Para ele, é importante “uma polícia que saiba diferenciar o traficante do dependente químico”.

Veja mais

Multimidia

Veja os gols de Vitória 1x1 Bahia

Veja mais

Segunda, 01 de Novembro de 2010 - 14:30

ITUBERÁ: TRAFICANTES IRIAM ASSASSINAR DELEGADO

Traficantes do município de Ituberá, no extremo-sul do estado, planejaram o assassinato do delegado Flávio Dias Neto, titular da Delegacia de Polícia do município. A operação não deu certo graças a uma denúncia anônima.  Na madrugada de sábado (30), policiais receberam um telefonema com a denúncia anônima, de que um grupo de traficantes estaria se dirigindo para a residência do delegado. De imediato, agentes retiraram o delegado e sua família da cidade e esperaram os traficantes na residência. O grupo de traficantes foi surpreendido pelos policiais. Houve confronto e um dos criminosos teria morrido. A tentativa de assassinato ao delegado Flávio, seria uma retaliação pela morte de dois traficantes em confronto com policiais de Ituberá no bairro da Prainha, ocorrido há duas semanas. Informações do portal do Baixo Sul.


Comentar

   

Histórico de Conteudo

Março / 2015

Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031
Site Auditado pelo IVC - Bahia Noticias

Enquete

Qual o ponto mais relevante da reforma política?

Artigos

Pastor Sargento Isidório
O sistema militar de ensino, ilhas de excelências na educação pública brasileira

Um dos grandes entraves do desenvolvimento sustentável do Brasil atende pelo nome de educação. Apesar dos governos afirmarem que a cada ano há mais recursos para a referida pasta, a sensação que nos invade é que nossas crianças e jovens estão saindo dos bancos escolares cada vez menos preparados.

Veja mais

Viagem no tempo

Samuel Celestino, anos atrás
Publicada no Jornal 'A Tarde' em 02 de março de 2005: Ironia ou sabedoria

Enquanto o País, atônito, perplexo e indignado, acompanha as estripulias do presidente da Câmara, Severino Cavalcanti, com a sua indecente proposta de aumentar em 67% os salários dos deputados, passando-os de pouco mais de R$ 12 mil para R$ 21,5 mil, além da verba do gabinete que sairia de R$ 35 mil para R$ 45 mil, o presidente Lula aparece em cena e propõe 0,1% de aumento para os servidores da União.

Veja mais