Com Samuel Celestino

Receba Notícias do BN

Nome
E-mail *

Curtas do Poder

Curtas do poder

Essa semana, a gente viu que Tony Brito não ficou feliz com o fim do financiamento das campanhas, e muita gente na torcida para que Bruno Reis não dê nem o primeiro passo. Já o Rui “Correria” Costa está sendo atrasado por gente de sua própria equipe. E eu aproveito para solucionar a maior parte desses problemas com uma sugestão de troca. Quer ver mais?

Veja mais

Pérola do dia

ACM Neto

"Padrão de qualidade que nada deixa a desejar a qualquer escola da rede privada de ensino."

Prefeito de Salvador ao inaugurar escola de tempo integral que leva o nome do ex-governador Eduardo Campos.

Veja mais

Comentários

Senador tucano recolhe assinaturas para criação da CPI dos Fundos de Pensão

Meu Deus!! Esse país é um mar de lama. Onde tem dinheiro publico tem corrupção. E pensar que tem muita gente que canta: Eu sou brasileiro com muito orgulho....coitados!

27/03/2015 - 08:18

José Carlos Brito

Luiza Maia diz que professora tem ?interesse financeiro? ao criticar divulgação de agressores

Como devo proceder para doar um exemplar da Constituição Federal para a nobre deputada? Propor um projeto de lei sabidamente inconstitucional é uma vergonha.

27/03/2015 - 00:54

Pedro

Veja mais

Entrevistas

Silvio Pinheiro

Responsável por tocar o Plano Diretor Desenvolvimento Urbano (PDDU) e a Lei de Ordenamento do Uso e da Ocupação do Solo (Louos), o secretário de Urbanismo de Salvador, Silvio Pinheiro diz tomar “todas as medidas” para que as duas leis – que ordenam a vida na cidade – não sejam judicializadas após o envio para a Câmara Municipal de Salvador – que deve acontecer no final de julho. “Nós estamos adotando todos os cuidados, pegamos as lições do PDDU de 2012, tudo que foi questionado pelo Ministério Público, para não repetir os erros. Estamos fazendo um processo limpo, transparente, rígido – do ponto de vista da legalidade- para que não tenha questionamento”, afirmou, em entrevista ao Bahia Notícias. De acordo com Pinheiro, outro ponto chave na sua pasta, atualmente, é a análise do impacto do Metrô de Salvador na Avenida Paralela. “O que nós estamos querendo assegurar é que o metrô na Paralela posso ser harmônico. Que se dê de um modo menos grave para o município para a cidade e para quem trafega pela via”, contou. Filiado, recentemente, ao Solidariedade, o secretário voltou a refutar que seu partido busque mais espaço na administração de ACM Neto (DEM). Além disso, afirmou que não foi chamado pelo prefeito para debater se será o candidato a vice-prefeito na chapa dele em 2016, como é ventilado no meio político.

Veja mais

Multimidia

Veja os gols de Bahia 4x0 Galícia

Veja mais

Terça, 05 de Janeiro de 2010 - 10:35

HOMICÍDIOS QUADRIPLICAM EM VALENÇA

por (Rafael Albuquerque)

Ao que parece, as críticas que o governo Wagner tem ouvido da oposição com relação à falta de segurança pública na Bahia são fundamentadas. É que além dos casos de violência da capital e Região Metropolitana, geralmente mais abordados pela imprensa, as cidades do interior também apresentam índices alarmantes. O município de Valença, no baixo-sul baiano, por exemplo, tinha uma média - que já era considerada alta – de dois homicídios por mês há cerca de três anos e meio. Atualmente esse o número subiu para oito por mês, ou seja, quadruplicou. Isso sem falar na frota sucateada de viaturas composta por três veículos, o mesmo contingente de 30 anos atrás. As informações são da Coluna Tempo Presente, de Levi Vasconcelos, que curtiu férias e está de volta ao jornal A Tarde.


Comentar

   

Histórico de Conteudo

Site Auditado pelo IVC - Bahia Noticias

Enquete

Qual pauta vai ser excessivamente repetida nas manifestações em 2015?

Artigos

Professor Garrido
Perdi o emprego. E agora? As 7 Dicas para não perder a cabeça junto

Ser demitido do emprego é sempre uma experiência dolorosa. Sentimentos como rejeição e medo do futuro se confundem, afetando a nossa paz interior e auto estima. Para que voce possa enfrentar este momento, com mais equilíbrio, segue algumas dicas!

Veja mais

Viagem no tempo

Samuel Celestino, anos atrás
Publicada no Jornal A Tarde em 12 de agosto de 1995: A Justiça e os corruptos

O clima entre os poderes Legislativo e Judiciário baianos é cordial, mas nem tanto. Não há guerra declarada entre os dois poderes, mas exigências colocadas sem as satisfações das quais nada, absolutamente nada, tramitará na Assembléia do interesse da Justiça. A Assembléia só aprovará matérias do interesse do Poder Judiciário se, reciprocamente, o Judiciário tiver boa vontade com os assuntos que o Legislativo deseja ver resolvidos.

Veja mais