Quinta, 01 de Fevereiro de 2018 - 13:40

Ana Rita pode faltar abertura da CMS para ir a audiência de processo movido por Marcell

por Ailma Teixeira

Ana Rita pode faltar abertura da CMS para ir a audiência de processo movido por Marcell
Fotos: Antonio Queirós / Reprodução / Notícia Livre / Montagem BN

A Câmara Municipal de Salvador (CMS) inicia os trabalhos do Legislativo em cerimônia na manhã desta sexta-feira (2). No entanto, o evento pode não contar com a presença da vereadora Ana Rita Tavares (PMB). Em mensagem enviada para um grupo de WhatsApp da CMS, a edil explica que às 10h30 estará no Juizado de Pequenas Causas da Liberdade, que fica na Lapinha, na audiência preliminar do processo que o deputado estadual Marcell Moraes (PV) move contra ela. A vereadora conta que o processo foi iniciado depois que ela deu uma declaração para um portal de notícias da capital baiana, meses atrás. “O jornalista me perguntou se Marcell Moraes tinha me agredido fisicamente alguma vez e eu disse a verdade, que ele não tinha me agredido, mas que em uma reunião do PV, ele avançou pra mim e foi contido na época por Célia Sacramento, que não deixou que ele consumasse a agressão”, relata ao Bahia Notícias. O caso em questão teria ocorrido no ano de 2013. Questionado pelo BN sobre os motivos da ação, o deputado disse que prefere não falar sobre a vereadora e o processo, mas pontuou que a atitude é decorrente da "implicância" de Ana Rita, que costuma atacá-lo com postagens no Facebook. "Eu não rebato mais ela nas redes sociais, nem rebato na imprensa. Eu só estou dizendo que a justiça é o melhor lugar", ressalta, acrescentando que não vai deixar ninguém destruir sua honra.

Histórico de Conteúdo