Indenização da Petrobras nos EUA é 6,5 maior que valor devolvido pela Lava Jato
Pedro Parente, presidente da Petrobras | Foto: José Cruz / Agência Brasil

O valor que a Petrobras se comprometeu a pagar para encerrar uma ação coletiva contra a empresa nos Estados Unidos é cerca de 6,5 vezes maior que o montante devolvido aos cofres da petroleira como resultado da Operação Lava Jato. De acordo com informações do G1, o Ministério Público Federal já recuperou aproximadamente R$ 1,4 bilhão por meio de acordos de leniência e de delação premiada. No acordo fechado pela Petrobras para encerrar a ação coletiva que corre em Nova York, a empresa se propôs a pagar US$ 2,95 bilhões a investidores estrangeiros que compraram ações da estatal, o equivalente a R$ 9,6 bilhões. Em nota divulgada nesta quarta-feira (3), a Petrobras ressalta que o acordo ainda será submetido à apreciação da Justiça norte-americana. Ainda segundo o G1, o montante que deve ser pago para encerrar a ação coletiva corresponde a quase o total dos recursos que a Lava Jato estima recuperar por meio de 163 delações premiadas e 10 acordos de leniência homologados pelo juiz federal Sérgio Moro, no Paraná, e pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Histórico de Conteúdo