Governo faz recontagem de votos nesta quinta para pautar reforma da Previdência
Foto: Alan Santos / PR

O presidente Michel Temer deve fazer na tarde desta quinta-feira (7) uma recontagem dos votos que acredita ter para a aprovação da reforma da Previdência. Segundo informações do jornal O Globo, a intenção é conferir se o texto pode ser colocado na pauta da Câmara durante a próxima semana. Uma reunião no Palácio da Alvorada durante a noite desta quarta (6) contou com a participação do presidente da Casa, Rodrigo Maia, além de ministros, presidentes de partidos da base e líderes das legendas. O líder do Governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) ficou encarregado de recolher os votos de cada bancada para apresentar a Temer um panorama do apoio à reforma. Para o relator da proposta na Câmara, deputado Arthur Maia (PPS-BA), o governo precisa colocar a matéria em pauta mesmo sem os votos necessários. "Entre votar e perder e não votar, a gente prefere votar e perder. Se não votar, fica aquela coisa de que não tentamos", disse o relator, segundo o jornal O Globo. A reforma precisa de 308 votos para ser aprovada. Na reunião desta quarta, foi levantada a estimativa de que o governo tem apenas 270 votos.

Histórico de Conteúdo