Ex-governador do MS é suspeito de receber R$ 20 mi em dinheiro e doações eleitorais da JBS
Foto: Reprodução/ MS Notícias

Em troca de favorecer a JBS e outras empresas do grupo o ex-governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), recebeu propinas em dinheiro vivo e mais de R$ 20 milhões em doações eleitorais, de acordo com uma investigação da Polícia Federal. Segundo a Folha de S. Paulo, parte do dinheiro teria sido recolhido em São Paulo e levado em caixas e mochilas por um suposto operador do PMDB. As suspeitas desencadearam nesta terça (14) a 5ª fase da Operação Lama Asfáltica. O ex-governador e o filho dele, André Puccinelli Júnior, foram presos preventivamente em Campo Grande por envolvimento no esquema investigado.

Histórico de Conteúdo