Homem é preso e indiciado por estupro após assediar duas colegas na Unifacs
Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Um aluno do curso de Design Gráfico, na Universidade Salvador (Unifacs), identificado como Douglas Mendes Lopes, de 30 anos, foi preso em flagrante na última sexta-feira (10) e indiciado por estupro, após se masturbar na frente de, pelo menos, duas colegas. Douglas teve a audiência de custódia realizada nesta segunda (13) e a prisão convertida em preventiva. De acordo com a Polícia Civil, Douglas, que é ex-aluno do Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge), foi  acusado por duas colegas de colocar o órgão genital para fora da calça e se masturbar. "Ontem, duas estudantes da Unijorge telefonaram. Falando que ele teve este mesmo procedimento quando estudou por lá", contou a titular da 16ª Delegacia Territorial (Pituba), delegada Selma Reis que disse ainda que seguranças da Unifacs acompanhavam o caso através das câmeras e avisaram aos policiais da 16ª DT. "Nossa equipe foi até ao local e prendeu Douglas em flagrante", disse Selma.

Histórico de Conteúdo