Segunda, 13 de Novembro de 2017 - 16:40

Ministro das Cidades, Bruno Araújo pede demissão em meio a racha no PSDB

por Bruno Luiz

Ministro das Cidades, Bruno Araújo pede demissão em meio a racha no PSDB
Foto: Fotos Públicas

Em meio ao racha instalado no PSDB em relação à permanência do partido no governo Temer, o ministro das Cidades, o tucano Bruno Araújo, entregou nesta segunda-feira (13) uma carta ao presidente, pedindo demissão do cargo. No documento, o pernambucano afirma que não tem mais apoio do partido para seguir como titular da pasta. “Agradeço a confiança do meu partido, no qual exerci toda a minha vida pública, e já não há mais nele apoio do tamanho que me permita seguir nessa tarefa”, justifica. A dissidência na sigla chegou ao ápice na última quinta (9), quando o então presidente licenciado da legenda, senador Aécio Neves, destituiu o também senador Tasso Jereissati do comando do partido, indicando o ex-governador de São Paulo, Alberto Goldman para o cargo (veja aqui). Tucanos contrários a Temer viram a digital do governo no ato de Aécio e intensificaram as pressões para que os ministros entregassem os postos. De acordo com informações do G1, o partido decide até o dia 9 qual será seu futuro na administração do  peemedebista. Veja a carta na íntegra:

Histórico de Conteúdo