Cresce percepção de que classe política vai acabar com Lava Jato, aponta pesquisa
Foto: Divulgação

Uma pesquisa realizada pelo instituto Ipsos mostra crescimento na percepção dos brasileiros quanto ao fim da Operação Lava Jato. Entre julho e setembro, saltou de 19% para 33% o índice daqueles que acreditam que a classe política vai acabar com as investigações. Por outro lado, a Pesquisa Brasil mostra que 94% desejam que a Lava Jato continue com as investigações até o fim, "custe o que custar". O levantamento feito em setembro mostra ainda que 76% dos entrevistados acreditam no fortalecimento da democracia braisleira com a operação - em maior, no entanto, esse índice chegou a 86% dos entrevistados. Além disso, 71% avaliam que a Lava Jato pode transformar o Brasil em um país sério; 56% acreditam que todos os partidos são investigados, mas 40% sentem o "cheiro de pizza" saindo do forno. "É provável que as próximas pesquisas ainda mostrem um crescimento desse receio de que a classe política acave com a Lava Jato. Fatores como a recusa em aceitar a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer e a vitória do senador Aécio Neves no Senado podem aumentar a desconfiança da população", observou o diretor da Ipsos Public Affairs, Danilo Cersosimo, em entrevista ao Estadão. A pesquisa ouviu 1,2 mil pessoas entre 1º e 12 de setembro. 

Histórico de Conteúdo