Defesa de Lula afirma que procuradores da Lava Jato erraram na avaliação dos recibos
Foto: Reprodução/ EBC

A defesa do ex-presidente Lula garantiu ter apresentado nove motivos que demonstram um suposto erro por parte dos procuradores da Operação Lava Jato na afirmação de que os recibos entregues pelos advogados ao juiz Sergio Moro continham informações inconsistentes. A força-tarefa da Operação Lava Jato abriu uma investigação por meio de incidente de falsidade sobre os recibos de aluguel do apartamento vizinho ao que mora o ex-presidente, em São Bernardo do Campo (veja aqui).

Histórico de Conteúdo