Quarta, 13 de Setembro de 2017 - 17:33

Moção de repúdio apresentada por vereadora causa confusão na Câmara

por Guilherme Ferreira / Jade Coelho

Moção de repúdio apresentada por vereadora causa confusão na Câmara
Foto: Guilherme Ferreira / Bahia Notícias

A vereadora Cátia Rodrigues (PHS) apresentou uma moção de repúdio à exposição "Queermuseu – cartografias da diferença na arte da brasileira”, promovida pelo Banco Santander e fechada após polêmica com o Movimento Brasil Livre (MBL), porém acabou frustrada pelos companheiros de casa. Durante discurso, a vereadora "do pessoal da igreja" defendeu a moção. "Eu sei que esta casa honra o nome, os vereadores honram seu nome e trabalham em favor da sociedade e da família", bradou a edil. Não havia acordo para votar essa moção na sessão desta quarta-feira (13) e, em protesto, a oposição se ausentou do plenário. Apesar de muitos vereadores terem saído, havia quórum para votação. O presidente da Câmara Léo Prates não vota, e Zé Trindade (PSL), o único vereador da oposição que estava presente votou contra. Com a queda da moção, os vereadores Isnard Araújo (PHS) e Joceval Rodrigues (PPS) se irritaram e fizeram discursos duros no plenário, em defesa da matéria apresentada pela vereadora - ambos são da bancada cristã da Câmara de Salvador.

Histórico de Conteúdo