Tráfico decreta toque de recolher na Av. Jorge Amado; policiamento foi reforçado na região
Foto: Reprodução / Google Street View

Criminosos vinculados à facção criminosa do traficente Marcelo Batista dos Santos, o 'Marreno', decretaram toque de recolher na Av. Jorge Amado, no Imbuí/Boca do Rio, na manhã desta sexta-feira (11). O líder do tráfico morreu em troca de tiros com a polícia na última quarta-feira (9), na Via Parafuso (veja aqui). "Chegaram alguns elementos de motocicletas e eles mandaram que fechasse o comércio que estava aberto logo cedo, que era em luto ao companheiro deles, o tal do Marreno", explicou o Major Edson Lima, comandante da 39ª CIPM/Boca do Rio. De acordo com o oficial, o policiamento já foi reforçado com guarnições da companhia e de unidades especializadas, como Rondesp Atlântico, Gêmeos e Apolo, não só na Av. Jorge Amado. Os agentes da Polícia Militar ocupam também as localidades Irmã Dulce, Bate Facho e Alto do São Francisco, além de Pituaçu. "Marreno, embora estivesse morando em Maceió [capital de Alagoas], era daqui, e o pai dele é morador de Pituaçu. O nicho dele é justamente essa área da Boca do Rio, Pituaçu. Ele tem ascensão sobre algumas localidades", acrescentou. Ainda conforme explicação do major Edson, o incêndio ao ônibus do consórcio Salvador Norte, no Centro de Convenções (veja aqui), também foi em represália à morte do líder do tráfico. 

Histórico de Conteúdo