PMDB quer associar Zveiter a Sergio Cabral em retaliação a parecer contra Temer
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

A cúpula do PMDB articula um plano para prejudicar o deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ), após parecer favorável à denúncia contra Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Em retaliação ao que consideram traição ao presidente, a ala do PMDB quer associar Zveiter ao ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral. De acordo com a coluna Radar Online, de Veja, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS) é quem articula a punição para Zveiter. O plano é procurar Cabral na penitenciária onde está preso e pedir que ele prepare uma mensagem dizendo que considera Zveiter um dos seus homens de confiança. A intenção do grupo é fazer um vídeo de Cabral elogiando o deputado, que foi seu secretário, mas seria necessário uma autorização para a filmagem. Não se sabe ainda se o ex-governador do Rio tem interesse em ajudar os correligionários. Por outr lado, o PMDB pretende também substituir Zveiter na CCJ. 

Histórico de Conteúdo