Chefe do FBI confirma investigação de interferência russa nas eleições americanas
Foto: Reprodução / Político

O diretor do FBI James Comey confirmou nesta segunda-feira (20) que a agência de investigação apura a possibilidade de interferência russa nas eleições americanas de 2016. Em audiência no Congresso sobre atividades da Rússia no pleito, Comey disse que os agentes apuram qualquer ligação entre os indivíduos associados à campanha de Donald Trump e o governo russo. O diretor do FBI, no entanto, evitou dar mais detalhes sobre a investigaçaõ. "Não posso dizer mais sobre o que estamos fazendo e quais condutas estamos apurando porque ainda é uma investigação aberta, em curso", ponderou, de acordo com a Reuters. 

Histórico de Conteúdo