'Lula comandava o esquema', afirma Delcídio sobre petrolão; Dilma sabia de tudo
Foto: Geraldo Magela/ Agência Senado
O senador Delcídio do Amaral (sem partido-MT) afirmou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva "comandava o esquema" do petrolão. "O Lula negociou diretamente com as bancadas as indicações para as diretorias da Petrobras e tinha pleno conhecimento do uso que os partidos faziam das diretorias, principalmente no que diz respeito ao financiamento de campanhas", afirmou em entrevista à revista Veja. Presente na manifestação pró-impeachment do último domingo (13), Delcídio disse ainda que há uma tentativa "sistemática" por parte de Lula e da presidente Dilma Rousseff de obstruir os trabalhos da Justiça, "como ficou claro com a divulgação das conversas gravadas entre os dois". Apesar de comandado por Lula, Dilma foi diretamente beneficiada com o esquema. "A Dilma também sabia de tudo. A diferença é que ela fingia não ter nada a ver com o caso", completou. Delcídio ainda declarou que Lula e Dilma nem sempre atuaram em sintonia para abafar investigações. "A condenação dele seria a redenção dela, que poderia, então, posar de defensora intransigente do combate à corrupção. O governo poderia não ir bem em outras frentes, mas ela seria lembrada como a presidente que lutou contra a corrupção". De acordo com o senador, apenas o cerco da Operação Lava Jato ao Palácio do Planalto fez com que a presidente mudasse sua postura, em meados de 2015. "Acho que Lula e Dilma começaram a ajustar os ponteiros em meados do ano passado. Foi quando surgiu a ideia de nomeá-lo ministro".

Histórico de Conteúdo