Triste coincidência: Jovem morto no Nordeste de Amaralina era primo do menino Joel
O jovem de 22 anos que foi morto na manhã desta quinta-feira (13) no Nordeste de Amaralina, Carlos Alberto Conceição Júnior, era primo do menino Joel, de 10 anos, que morreu em 2010 durante uma ação da 40ª Companhia Independente de Polícia Militar, informa o Correio.  Devido à morte de Carlos, amigos, familiares e vizinhos fizeram protestos ao longo do dia na avenida Manoel Dias da Silva, e chegaram a bloquear o trânsito. No início da noite desta quinta, o grupo voltou a protestar, dessa vez na Visconde de Itaborahy, em Amaralina. Segundo a Central de Polícia, uma guarnição da polícia foi para o local. Carlos era casado e deixa um filho de 3 anos. Informações do Correio.  Em nota, a PM afirmou que os policiais realizavam rondas de rotina, quando foram recebidos a tiros por cerca de oito elementos e, no revide, Carlos foi atingido. 

Histórico de Conteúdo