Com Samuel Celestino

Receba Notícias do BN

Nome
E-mail *

Curtas do Poder

Curtas do poder

Esses dias estava analisando o menino Silvio Pinheiro, da Sucom, e acabei lembrando do velho ACM. O cabra é retado, não come reggae e manda derrubar mesmo. Tal qual o falecido senador na época do bico de ferro, quando ele mesmo dirigia o trator durante as demolições. Para você ter uma ideia, o homem da Sucom já é chamado pelos colegas de Silvinho – O Terrível. Falando em terrível, tem políticos dando uma recauchutada no visual. O filho do ex-prefeito João Henrique poderia dar uma mexida no visual, mas não o fez. Continuou daquele jeito. Não deixe de ler as Curtas do poder!

Veja mais

Pérola do dia

Edson Valadares

"A prefeitura diz que não tem terreno para construir creches e escolas, mas quer vender esses terrenos. Tem mais coisa aí."

Presidente do PT em Salvador, sugerindo que houve interesses particulares na votação da desafetação de terrenos em Salvador

Veja mais

Comentários

Pesquisas de opinião deixam campanhas em alerta nesta quarta-feira

ontem no debate Dilma diz que o brasil anda bem como é que anda bem a 6 meses atras 100,00 comprava uma feira boa hoje compra uma feira pessima.abres os olhos brasil.

27/08/2014 - 07:14

sivanilsonra rodrigues araujo

Juiz nega impugnação de pesquisa Ibope/ TV Bahia solicitada por coligação do PT

Nosso judiciário é o mesmo de sempre: tendencioso igual ao ibope. Farsantes!

26/08/2014 - 22:33

Rosalvo Junior

Veja mais

Entrevistas

Marcos Mendes

O candidato ao governo do estado pelo PSOL, Marcos Mendes, foi o segundo postulante a conceder entrevista ao Bahia Notícias. Planos de cargos e salários para os funcionários públicos de diversas áreas, a reestruturação das políticas públicas para o semiárido e a crença na possibilidade de um governo isento de amarras partidárias e parceiros privados estão dentre os assuntos discutidos. “Nós temos que discutir um novo modelo de sociedade, então o seu voto tem três desdobramentos. Primeiro, você pode ser omisso, não votar em ninguém, votar nulo ou votar em branco, mas o PSOL está dando uma alternativa real, então não anule o seu voto. 72% das pessoas estão desacreditadas da política, mas o PSOL tem demonstrado que é o partido dos sonhos de qualquer ser humano. Segundo ponto: você pode ser conivente ou cúmplice e votar no que está aí. Paulo Souto, Lídice da Mata ou Rui Costa, mas saiba que daqui a quatro anos vai acontecer as mesmas coisas, porque eles são financiados pelas mesmas grandes empresas e o dinheiro público vai ser encaminhado para elas. O terceiro ponto é você acreditar em um projeto que vai ter ampla participação popular, ampla transparência, com dinheiro público que vai ser encaminhado para políticas reais. Esse é o modelo defendido pelo PSOL. No primeiro turno a gente volta nas melhores ideias e nas melhores propostas, por isso que tem dois turnos, nós somos uma alternativa real. Quero deixar uma frase de Simone de Beauvoir, escritora e pensadora francesa, que dizia: ‘O opressor não seria tão poderoso se não tivesse cúmplices entre os próprios oprimidos’. Não alimente esse sistema com essas pessoas que estão cada vez mais destruindo o nosso estado”, afirmou Mendes.

Veja mais

Multimidia

Veja o lance do gol de Bahia 1x0 Corinthians

Veja mais

Quinta, 29 de Novembro de 2012 - 00:00

Prefeito de Cansanção contratou empresa em nome de sobrinho; vereador acusa gestor de montar esquema

por Rodrigo Aguiar

Prefeito de Cansanção contratou empresa em nome de sobrinho; vereador acusa gestor de montar esquema
O prefeito reeleito de Cansanção, Ranulfo Gomes (PSD), contratou por diversos meios de licitação a empresa G. S. Informática – de nome empresarial G. S. de Oliveira ME – para prestar uma série de serviços à administração municipal, desde o fornecimento de material de expediente ou didático até aparelhos de ar condicionado, ou mesmo suprimentos de informática. Nos contratos com a prefeitura, a empresa é representada por Gabriel Santos de Oliveira, sobrinho da primeira-dama Vilma Rosa de Oliveira Gomes, também secretária de Saúde. Uma publicação do Diário Oficial da prefeitura de Cansanção no dia 6 de abril de 2011 dá uma ideia da quantidade de recursos obtidos pela G. S. Informática. De acordo com homologação do pregão presencial 021/2011, a empresa foi vencedora de 10 lotes para “suprir necessidades das secretarias municipais”, o que representava aproximadamente R$ 385 mil. A proximidade entre o gestor e seu sobrinho é tanta que, em 2 de dezembro de 2009, Gabriel constituiu Ranulfo seu procurador e lhe conferiu autoridade para movimentar sua conta bancária no Banco Bradesco, segundo certidão do Cartório 1º do Tabelionato de Notas com Funções de Protestos da Comarca de Cansanção. O fato levantou a suspeita de que Gabriel poderia atuar como laranja do político, que seria o verdadeiro proprietário da G. S. Informática. Em extrato do contrato 003/2011, o endereço informado como sede da empresa (Avenida Monte Santo, 346) é o mesmo do prefeito e de Gabriel. Segundo o vereador Cirilo Damasceno (PSDC), em entrevista ao Bahia Notícias, o gestor montou um esquema que incluiria outras empresas para se beneficiar em contratos com a prefeitura. “Todas as licitações são vencidas pelas empresas do próprio gestor, que estão em nomes de laranjas. Ele está beneficiando ele e a família; compra dele mesmo. É um prefeito procurador”, acusou Damasceno, que entrou com representações no Ministério Público Estadual e uma notícia-crime no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). De acordo com o vereador, também fariam parte do esquema as empresas M Neves de Oliveira – contratada para locação de veículos – e a E. S. de Oliveira ME, que forneceu combustível para a prefeitura.

Comentar

   

Histórico de Conteudo

Site Auditado pelo IVC - Bahia Noticias

Enquete

Qual a importância das pesquisas eleitorais durante a campanha?

Artigos

Tiago Correia
O renascimento da Barra

Veja mais